SEO

SEO para E-commerce: O Guia Completo para Impulsionar suas Vendas

Por Raquel Pereira

Aprenda as principais estratégias de SEO para elevar a visibilidade do seu e-commerce e conquistar mais clientes organicamente.

Raquel Pereira

Segundo dados e estimativas do portal InfraCommerce, o e-commerce brasileiro teve um faturamento de R$ 185,7 bilhões em 2023, representando um aumento significativo em comparação com o ano anterior.

Além disso, há uma projeção de que esse valor supere os 200 bilhões em 2024, com um ticket médio de quase R$ 500,00 e mais de 90 milhões de compradores virtuais. Mas, apesar do cenário positivo, a competitividade no setor não para de crescer.

Somente no último ano, foi registrado um crescimento de 16,5% no total de lojas virtuais no Brasil, alcançando quase 2 milhões de estabelecimentos.

Então, como aumentar a visibilidade da sua loja virtual para gerar novas vendas?

Para aumentar as vendas é necessário estabelecer algumas metas e usar ferramentas que ajudem a aumentar o tráfego e a conversão. As estratégias de conteúdo e SEO se tornaram ótimas soluções para potencializar resultados!

Neste artigo, você verá:

  • O que é SEO para E-commerce?;
  • Importância da Segmentação em estratégias de SEO para E-commerce;
  • Fundamentos do SEO Técnico para E-commerce;
  • Importância do Conteúdo Otimizado para SEO no seu E-commerce;
  • Integração de SEO na Jornada do Cliente;
  • SEO Local: Como os Resultados Locais podem Impulsionar o seu E-commerce;
  • Tendências de SEO para E-commerce;
  • Conclusão: Vale a pena usar o SEO no e-commerce?;
  • Como uma agência de marketing digital pode ajudar a aumentar as vendas do e-commerce?

O que é SEO para E-commerce?

O SEO para E-commerce é um conjunto de técnicas e estratégias de otimização de sites, utilizadas para elevar a visibilidade e a relevância de uma loja virtual frente aos principais buscadores (Google, Bing, Yahoo, etc), com foco em atrair mais usuários e, consequentemente, mais vendas de maneira orgânica – ou seja, sem investimento em anúncios.

Basicamente, o Search Engine Optimization é utilizado para que um site tenha um melhor posicionamento no Google e outros buscadores, atraindo a atenção dos usuários quando pesquisam por determinado assunto relacionado àquele nicho de mercado.

O que é SEO para E-commerce?

SEO para E-commerce: Entendendo como o Google funciona

Quando realizamos uma busca no Google, são exibidos alguns resultados orgânicos logo abaixo dos links patrocinados (que pagaram para estar ali). Esses primeiros links são os considerados mais relevantes para o buscador, significando que o conteúdo que está sendo exibido possui informações relevantes para a consulta do usuário.

Além disso, quando falamos de SEO para lojas virtuais, o Google pode apresentar outros conteúdos quando o usuário pesquisa sobre produtos, tais como os do exemplo abaixo:

SEO para E-commerce: Entendendo como o Google funciona

Como você pode ver, para a consulta “iphone 13”, o Google apresenta uma variedade de opções patrocinadas do Google Shopping na barra superior, resultados orgânicos e perguntas frequentes sobre o assunto e uma lista na lateral com mais opções de compra.

Afinal, quem busca por esse tipo de termo, representa uma intenção de busca comercial – ou seja, está pensando em comprar – mas também pode ser apenas um “curioso” sobre o assunto, que quer conhecer mais informações sobre o produto.

Como vender mais com SEO para E-commerce?

Como você viu anteriormente, o mercado de compras online está em crescente ascensão e – entre tantas opções de e-commerces – prender a atenção do usuário é um desafio que muitas lojas virtuais enfrentam. Logo, as estratégias de conteúdo e SEO se tornam algo interessante para esses vendedores.

Para quem deseja atrair novas pessoas, aumentar tráfego, ganhar mais visibilidade ou alcançar as principais metas do seu segmento, o marketing digital tem diversas ferramentas que podem ajudar com essas tarefas, ajudando a atrair leads qualificados e convertê-los em compradores de fato.

Para aumentar as vendas do e-commerce, existem alguns fatores básicos que merecem atenção. Vamos falar sobre eles:

Importância da Segmentação em estratégias de SEO para E-commerce

Apesar de parecer óbvio, muitos comércios online ainda não investem na segmentação correta do público e este é um passo muito importante para conseguir alcançar os clientes com maior assertividade e solucionar as suas dores.

O que é o público bem segmentado, afinal? Para definir este ponto, é necessário ter uma persona bem resolvida e descrita. Tendo todas as informações do seu consumidor ideal, você conseguirá seguir para os próximos passos e aprenderá a falar com ela e estimular a ação de compra.

Algumas informações que você deve reconhecer, são:

  • qual a idade;
  • onde moram;
  • quem é o seu potencial cliente;
  • que tipo de assunto interessa para ele sobre o seu setor;
  • quais são as atividades mais comuns que ele realiza;
  • qual seu nível de instrução.

Assim, todas as estratégias de marketing para e-commerce se tornam mais efetivas, certeiras e trarão os resultados esperados. Tenha isso em mente: definir a persona é o primeiro passo que se dá na escada para o sucesso do seu e-commerce.

Leia também: Conheça As Melhores Plataformas De Vendas Online

Fundamentos do SEO Técnico para E-commerce

O primeiro passo para integrar SEO no e-commerce é entender a sua página. Quando criamos uma página na Internet, existem alguns atributos muito importantes.

Leia também: Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

Pesquisa de palavras-chave considerando o funil de vendas

Quando falamos de SEO no e-commerce, estamos falando sobre usar uma pesquisa de palavras-chave. Usá-las em seu site torna o seu conteúdo encontrável pelo usuário e todos aqueles que fazem pesquisas no Google relacionadas a termos ligados ao seu nicho de negócio.

A pesquisa de palavras-chave precisa ser realizada com bastante cuidado para que o recolhimento de termos úteis seja eficiente para fazer o seu e-commerce aparecer nas primeiras posições do Google.

Isso vai garantir que o público encontre o seu e-commerce durante uma pesquisa de sites no Google.

Não realizar essa etapa, assim como a segmentação correta de público para a sua loja virtual, fará com que usuários não qualificados caiam em seu site e as estratégias não funcionem.

Se o seu e-commerce possui um canal no segundo maior buscador do mundo, o YouTube, confira como funciona a busca de palavras-chaves nessa plataforma:

Além disso, é muito importante realizar essa pesquisa de olho na jornada que o usuário fará em seu funil de vendas.

A sua loja virtual deve atrair tráfego para todas as etapas da jornada de compra, desde usando palavras head tail – quando o consumidor ainda está considerando fazer uma compra e está no início de suas pesquisas – até palavras long tail –quando ele já está mais decidido de sua compra.

Confira o vídeo abaixo e entenda melhor o que são as caudas longas do SEO para implementar em seu e-commerce:

Título da Página no E-commerce

Agora, o primeiro ponto de otimização que você deve observar é o título da página, ele é praticamente o carro chefe dos fatores on-page.

O fundamental é que você deve ter em mente que cada página é como um livro, ela deve ter o seu título único e condizente com o conteúdo apresentado.

Algumas outras dicas importantes, são:

  • keywords e nome do site: preferencialmente, o nome do site deve vir depois do título contextualizado da página;
  • quantidade de caracteres: maneirar no uso caracteres para que os usuários tenham visão de todo o título;
  • sopa de letrinhas ou manchetes?: crie um título chamativo e criativo, informativo e curioso, para, de fato, atrair o clique do usuário;
  • marca no título: antes ou depois do texto principal, depende do seu nicho e dos seus testes.

Meta Description das suas Páginas no E-commerce

A meta description é um caso muito interessante, ela é uma meta tag que não possui nenhuma influência nos rankings, mas ao mesmo tempo ela é utilizada (quando relevante) na snippet do Google, fazendo com que o usuário possa ler a informação que você colocou e assim decidir se irá clicar no seu resultado.

O recomendável é que a meta description seja chamativa, interessante, informativa, curiosa e com um toque de call-for-action, além de ter a palavra chave. Em termos de tamanho, a sugestão é que não seja muito longa, para que o Google não adicione os famosos três pontinhos.

Assista ao vídeo abaixo e entenda a importância de monitorar títulos e meta descriptions e como fazer isso:

URL Amigáveis nas suas Páginas no E-commerce

Uma URL amigável é uma onde apenas ao olhar e ler a sua informação, você consiga entender sobre o que se trata aquela página. Ao analisar estas URLs amigáveis os mecanismos de busca também entendem facilmente a informação e “bonificam” a sua página por trazer isto de modo mais claro.

Existem várias formas de se construir uma URL amigável, dependendo da linguagem de programação. Consulte o seu time de TI para saber qual linguagem você utiliza e assim você poderá construir as suas.

Além disso, atente-se para:

URL de variantes de produtos

Cada variante de produto deve ter uma URL exclusiva, como parâmetros de consulta. Mas é importante que exista uma variante que deve ser a canônica.

Recentemente, o Google lançou uma atualização para pesquisas aprimoradas e variações de produtos. Confira a notícia: Como Utilizar Variações de Páginas para as Pesquisas Aprimoradas.

URLs de ofertas ou vendas

Datas comerciais e promoções anuais fazem parte da rotina de vendas. No entanto, algumas lojas virtuais acabam criando uma página para cada promoção ou evento. O especialista recomenda que as URLs das páginas sejam preservadas, dessa maneira poderão ser reutilizadas no futuro.

Produtos Relacionados em Páginas no E-commerce

Algo que não levamos em consideração em estratégias de SEO para outros tipos de sites, mas que é muito interessante no E-commerce, é que você tenha uma listagem de produtos relacionados na sua página de produtos, desta forma os seus usuários e os mecanismos de busca conseguem “enxergar” esta conexão.

Comparando com o SEO convencional, seriam as linkagens internas entre as páginas.

Quanto mais você relacionar os seus produtos, mais relevância e link juice – a parcela de otimização de rankeamento que cada link transmite para a página de destino – você irá levar para as suas páginas internas, ajudando a melhorar o seu posicionamento.

Use imagens otimizadas nas Páginas do E-commerce

Sabemos que as imagens são ferramentas essenciais para atrair a atenção e convencer usuários a adquirirem os seus produtos. Esses registros também são importantes para descrever o produto e falar sobre a qualidade deles. É interessante procurar inovar e oferecer aos compradores visões de ângulos diferentes.

Além disso, você deve preencher a tag com um texto otimizado com palavras-chaves que descrevem a imagem e também na tag o nome do artigo.

Esses pequenos cuidados contribuem para que o produto apareça primeiro nas pesquisas aumentando as suas vendas.

Importância do Conteúdo Otimizado para SEO no seu E-commerce

As estratégias de marketing de conteúdo são alternativas bem eficientes de atrair novos clientes e aumentar as vendas do e-commerce.

Através de interações e conteúdo de valor – que solucionam e respondem algumas dúvidas e dores do público – você terá maiores chances de fidelizar clientes e aumentar vendas.

Além disso, é essencial contar com canais de interação e conversação com a audiência (as redes sociais, por exemplo), que garantem a presença na mente do consumidor.

O conteúdo pode ter diversos formatos, sejam eles:

  • posts de artigo para blogs;
  • vídeos tutoriais;
  • infográficos;
  • e-books e outros materiais ricos.

No vídeo abaixo, temos algumas dicas que vão ajudá-lo a criar os conteúdos, deixando para trás a barreira das informações duplicadas para conseguir alcançar um bom resultado nas buscas orgânicas. Confira:

Além de garantir a presença na vida do usuário, você também tem a chance de se tornar autoridade no segmento em que atua. Algumas dicas que poderão ajudá-lo na implementação dessas estratégias para aumentar a venda do seu e-commerce são:

  • produzir conteúdos que tenham relação com o seu nicho e segmento ou que tenham algum tipo de correlação com a sua empresa;
  • criar conteúdo ou otimizar páginas dos produtos, colocando descrições e seguindo as técnicas de SEO;
  • é importante manter a consistência em suas publicações, ou seja, ter um cronograma de postagens e não ficar sem realizar algum tipo de interação com seus seguidores e compradores por muito tempo.

Por fim, existem alguns pontos que você deve ficar atento, como:

Cuidado com o Conteúdo da Descrição do Fabricante

Um dos grandes problemas, em termos de SEO, é que normalmente as lojas virtuais replicam as descrições que vem dos fabricantes, gerando uma enorme quantidade de conteúdo duplicado na Internet. Isso acontece até em grandes varejistas, como é o caso abaixo:

Cuidado com o Conteúdo da Descrição do Fabricante

Esta descrição é a mesma de várias outras lojas, ou seja, o Google deve decidir qual delas, que possuem o mesmo conteúdo, é a melhor para falar sobre o produto.

Cuidado com o Conteúdo da Descrição do Fabricante - Resultados de Pesquisa

A dica aqui é, sempre que puder, crie as páginas do seu produto, oferecendo:

  • informações técnicas do produto;
  • dúvidas frequentes sobre o produto; 
  • comparativos, vídeos e fotos.

Integração de SEO na Jornada do Cliente

A experiência do usuário é um fator de extrema importância para conquistar boas colocações no buscador. Garanta que seus produtos são facilmente encontrados por seus clientes e construa uma boa organização dentro das categorias de cada produto.

Também é crucial enriquecer seu site com conteúdos que abordem diferentes etapas da jornada do consumidor. Para que seu domínio apareça em diversas pesquisas, é preciso produzir conteúdos que auxiliem o consumidor a considerar seu produto como a melhor escolha para ele.

Algumas sugestões são:

  • ideias de presentes;
  • avaliações;
  • categorias.

Além dessas temas você pode abordar:

  • melhor produto para cada finalidade;
  • dúvidas frequentes;
  • recomendações de uso.

Uma ação muito recomendada é analisar o que seus concorrentes estão fazendo. Para quem está começando é uma excelente maneira do que deve ser o “básico”.

Aprenda a como criar um funil de conteúdo com nosso artigo Marketing de Conteúdo — Sua Importância no Funil de Vendas!

Você também pode optar por incluir alguns diferenciais em suas páginas para abordar o cliente em todas as etapas, tais como:

Utilize estratégias de SEO para ranquear em Datas Especiais

Tenha anotado quais são as principais datas do ano em que aumentam as vendas do seu nicho. Com base nisso, prepare o seu website para as principais datas do ano, oferecendo páginas especiais, que possuam:

  • produtos com descontos;
  • dicas para os usuários;
  • imagens ilustrativas;
  • comparativos.

Uma dica muito bacana nessa parte é que você pode utilizar o Google Trends para saber quando o seu nicho possui o maior tráfego e, assim, aproveitar que os usuários estão procurando mais sobre o seu assunto naquela época do ano.

Um detalhe: não pense em otimizar para uma data especial que está a menos de 15 dias do planejamento. O ideal é planejar todas as ações com pelo menos 3 meses de antecedência.

Otimize sua seção de Comentários e Reviews de Usuários

Sempre que alguém comprar um produto na sua loja virtual, solicite um review, pois isto faz com que você tenha uma ótima fonte de conteúdo único na Internet, deixando que os consumidores expressem as suas opiniões sobre os produtos através de comentários e avaliações.

Otimize sua seção de Comentários e Reviews de Usuários

Utilize um Guia de Compras de maneira estratégica

Uma forma muito interessante de se criar conteúdo para e-commerce é a criação de guias de compra, que educam os usuários, esclarecendo dúvidas sobre determinados produtos, ajudando-os a tomar a decisão de compra de um produto.

Em termos de SEO, estes guias são uma estratégia muito eficaz para atrair referências externas (links) de pessoas que discutem o tema, ou seja, se alguém possui uma dúvida que já foi sanada através do seu guia de compras, é bem provável que esta pessoa recomende para outras com a mesma dúvida.

Crie conteúdos com comparativos entre produtos

Uma outra forma de atrair a atenção e referência de usuários é a criação de comparativos entre produtos similares ou concorrentes. Estes comparativos, basicamente, exibem as qualidades e defeitos de cada um dos produtos em questão, ajudando os usuários na escolha do produto.

Em termos de SEO no e-commerce, os comparativos são os chamados ímãs de links, pois normalmente as pessoas gostam de linkar para estes produtos. Uma “sacada” muito legal é comparar produtos que acabaram de entrar no mercado com os produtos concorrentes, mostrando os pontos positivos e negativos de cada um.

Atente-se ao Desempenho e Velocidade das suas Páginas

Você sabia? Se você e seu concorrente estiverem utilizando a mesma copy para descrição de um produto, um fator decisivo para o ranqueamento da sua página é a velocidade de carregamento do seu site!

Descubra a velocidade e o tempo de carregamento do site!

SEO Local: Como os Resultados Locais podem Impulsionar o seu E-commerce

Aparecer nos resultados locais pode ser muito relevante dependendo do nicho de mercado abordado. O segmento de mercado de restaurantes é um exemplo clássico de onde aparecer nas buscas locais é essencial.

Um consumidor, quando tem a intenção de encontrar restaurantes em uma determinada região, provavelmente irá utilizar a busca: “restaurantes em ‘região’”, ao invés de apenas “restaurantes”.

SEO Local: Como os Resultados Locais podem Impulsionar o seu E-commerce

Com esta força de resultados locais, o pequeno e médio e-commerce pode se aproveitar desta facilidade de aparecer nos resultados de mapas e obter uma boa visibilidade no Google.

SEO além das Páginas de Produto

A construção de um blog para o seu e-commerce pode ser uma excelente estratégia para alcançar mais clientes em todas as etapas da jornada de compra, construindo uma relação de confiança antes de tentar realizar uma venda.

Além disso, é preciso utilizar os ensinamentos deste artigo para todas as páginas do seu site, desde a home até as páginas de produto. Afinal, o objetivo é oferecer a melhor experiência possível para o usuário.

Aprenda a escolher as categorias do seu site de forma estratégica no vídeo abaixo:

Tendências de SEO para E-commerce

Em 2022, a plataforma de SEO empresarial BrightEdge rastreou 6.000 palavras-chave relacionadas a e-commerces em 10 categorias para identificar tendências de pesquisa.

Confira dados importantes a partir dessa análise:

Concorrência dos E-commerces

O SEO está presente nas ações de marketing de grandes instituições, logo, as marcas não ficariam de fora. Mas, esse fato acirra a concorrência por um bom posicionamento quando pensamos nos e-commerces.

Outro fator que está tornando a briga pelas primeiras posições dos buscadores são os reviews de produtos, páginas especializadas nesse tipo de conteúdo também se mostram como um novo desafio aos varejistas.

Veja como isso é comprovado com dados, quando a pesquisa analisou as principais palavras-chave de comércio eletrônico:

  • os e-commerces, de fato, possuem apenas 57%, abaixo dos 70% em 2020.
  • as marcas ocupam 23%, acima dos 18% em 2020.

A análise comparativa de 2020 com 2022 é um sinal de alerta que mostra o aumento da presença das marcas nas pesquisas. Se os donos de lojas virtuais não tomarem ações estratégicas de SEO, vão ficar para trás! Descubra como uma Agência de SEO pode auxiliar nesse processo.

Como a Atualização de Conteúdo Útil do Google está impactando os E-commerces

Com a nova atualização do Google de conteúdo útil, muitos e-commerces serão impactados negativamente. Somente aquelas que já priorizam descrições de produtos detalhadas, reviews, comparativos e conteúdos no geral, que focam nas dores dos consumidores, não serão afetados.

Outro fator essencial, para garantir destaque entre a concorrência que não irá se preparar é a categorização correta de produtos. Ou seja, aqueles que implementarem ações pensadas na boa experiência do usuário, serão vitoriosos na batalha pelas primeiras posições.

Utilização de Schema está crescendo

As marcas e e-commerces estão adotando cada vez mais vários tipos de Schema (um vocabulário de dados estruturados que possibilita que os mecanismos de pesquisa entendam os significados dos assuntos que são abordados nas páginas) para marcar seu conteúdo em experiências de compras, como:

  • produtos;
  • ImageObject;
  • Item da lista.

Artigos sobre produtos têm taxas de cliques mais altas do que as próprias páginas de produtos

Se o seu e-commerce ainda não produz conteúdo sobre os produtos que vende, você está ficando de fora de uma grande oportunidade, segundo a pesquisa. Outro ponto interessante é que as páginas de categoria têm a maior taxa de cliques em 70% das vezes.

Conclusão: Vale a pena usar o SEO no e-commerce?

É importante lembrar que os projetos de SEO não são executados de uma única vez.

O SEO é uma estratégia de longo prazo, então, é necessário que existam implementações agora, mas, os resultados só serão colhidos ao longo do tempo.

Conclusão: Vale a pena usar o SEO no e-commerce?

Para resultados mais imediatistas, enquanto as implementações de SEO vão acontecendo, é indicado diversificar os meios de tráfego do site. Como a mídia paga por exemplo.

Sempre fique atento às oportunidades de otimização em SEO no e-commerce e sempre de olho em melhorar a experiência do usuário na sua compra.

Como uma agência de marketing digital pode ajudar a aumentar as vendas do e-commerce?

Contar com o auxílio de profissionais capacitados é essencial para garantir que os resultados esperados aconteçam de fato. Ao encontrar uma equipe capacitada para atender às suas necessidades, um e-commerce conseguirá otimizar os seus processos e acompanhar de forma mais efetiva os processos feitos pelos especialistas.

Os profissionais da Agência Mestre, por exemplo, estão 100% treinados para expandir as ideias para campanhas, com ideias criativas que vão proporcionar novos horizontes para o seu comércio virtual. Desta forma, você poderá confiar nas estratégias estabelecidas de olhos fechados.

Para você que busca uma agência que desenvolva ações otimizadas para melhorar os seus resultados e impulsionar o seu negócio, conta com a Agência Mestre!

Confira nosso serviço de SEO para e-commerce e solicite seu orçamento.

LEIA MAIS

Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

Você sabia que existem diferentes formas de ajudar o Google a encontrar o seu site? Coloque nossas dicas em prática e faça seu site aparecer no buscador!

Páginas 404 Não Devem Retornar o Código 200 de Status

Hoje em dia é muito comum que página de erro 404 sejam customizadas, mas o trabalho de qualquer profissional de SEO é que estas páginas façam realmente o seu papel. Veja como prevenir que suas páginas de erro 404 causem problemas com os seus rankings.

Redirecionamento 301: Guia Completo – PHP, .htaccess, WordPress e Python

Você quer saber como configurar o redirecionamento 301 no seu site? Veja como e mantenha sua relevância no Google!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?