SEO

O que é SEO? Guia do Search Engine Optimization [2023]

Por Fábio Ricotta

Quer entender o que é SEO? Aprender como esta técnica pode ajudar o seu negócio/website a crescer o número de visitas? Criamos este guia para ajudar você hoje mesmo! CLIQUE e confira os detalhes neste artigo!

Fábio Ricotta

Você já se perguntou como alguns sites sempre aparecem no topo dos resultados de pesquisa do Google enquanto outros ficam perdidos nas páginas seguintes? Quer entender por que isso acontece?

A resposta é: Técnicas de SEO (Search Engine Optimization), uma arte e ciência estratégica de otimização do seu site para ser amigável aos mecanismos de busca. Ao adotar uma estratégia de SEO eficaz, você não apenas melhora o posicionamento do seu site nas páginas de resultados naturais (orgânicos), mas também atrai mais visitantes e aumenta suas chances de conversão.

O que é SEO - Descubra como Aplicar essa Estratégia para Crescer Organicamente no Google

Mas, o que exatamente você encontrará neste guia abrangente de SEO? Primeiramente, vamos desmistificar o complexo mundo das técnicas de SEO e otimização on-page, mostrando como pequenas mudanças em seu conteúdo e no código das suas páginas podem fazer uma grande diferença no seu ranking.

Além disso, você aprenderá a mestria da pesquisa de palavras-chave, a fundação de qualquer estratégia de SEO bem-sucedida. E não para por aí; também abordaremos as melhores práticas de link building, uma técnica de SEO essencial para fortalecer a autoridade do seu site aos olhos dos mecanismos de busca.

Quer mais? Vamos mergulhar na busca local e mostrar como otimizar seu site para atrair clientes da sua região, uma estratégia frequentemente ignorada, mas incrivelmente eficaz. Ao final deste guia, você terá em mãos um roteiro completo para transformar o seu site em uma máquina de geração de tráfego e conversões.

Então, se você está seriamente interessado em melhorar sua presença online no Google e levar seu negócio a novas alturas, este é o guia que você não pode deixar de ler. Siga a leitura e descubra como fazer o SEO trabalhar a seu favor!

Confira nesse artigo:

O que é SEO? Entendendo o Search Engine Optimization (SEO)

Search Engine Optimization (SEO), é um conjunto de técnicas, métodos e/ou estudos que visam melhorar o posicionamento de suas páginas no mecanismo de busca. Em português, o termo Search Engine Optimization é traduzido como “otimização para mecanismos de busca”, ou seja, formas de tornar o seu site mais “importante” para aparecer nos resultados de pesquisa:

Basicamente, quando um usuário digita no mecanismo de busca uma palavra-chave, o objetivo do SEO é fazer com que uma (ou várias) das páginas do seu website, apareça entre os primeiros resultados da busca orgânica.

SEO e Mídia Paga no Google

É muito importante não confundir os resultados orgânicos com os resultados patrocinados. Observe na imagem, na qual os resultados orgânicos estão marcados em azul, enquanto os patrocinados estão marcados em laranja:

Resultados do Google - Diferença de Resultados Pagos e Orgânicos

Apesar da diferença visual ser pouca, na prática, a diferença é muito grande. Hoje, para aparecer junto aos resultados patrocinados, a empresa ou pessoa precisa anunciar através da plataforma Google Ads. No entanto, para estar entre os primeiros resultados orgânicos, é necessário um trabalho real baseado em diversas técnicas de SEO.

Em 2022, 90% dos entrevistados pela Oberlo em uma pesquisa sobre estatísticas do Google afirmaram que “provavelmente clicariam no primeiro conjunto de resultados” do buscador. Basicamente, 93% do tráfego online provém do Google e – grande parte – está atrelado às buscas orgânicas.

Como o SEO funciona?

Entre estas técnicas e métodos, podemos dividir o SEO em duas frentes distintas: os fatores On-Page e os fatores Off-Page (ou link building). Pela tradução direta, os fatores On-Page caracterizam-se por técnicas que alteram ou melhoram aspectos internos do site (também chamado de “SEO for site”). Já os Off-page caracterizam-se pelos aspectos externos, como links.

Entre os principais fatores On-Page, podemos listar:

Com relação aos fatores Off-Page (link building), podemos listar:

Essas estratégias são essenciais para conduzir um bom trabalho de SEO. Segundo um estudo realizado pela HubSpot com analistas da Web em 2023, as principais estratégias de SEO estão fortemente relacionadas com otimização:

Mas, vale reforçar que os fatores mencionados acima são apenas a “ponta do iceberg”, uma vez que o próprio Google afirma que existem centenas de fatores que eles observam para classificar uma página ou site em seus resultados, conhecidos como “fatores de ranqueamento” ou Google Search Essentials

Por isso, criamos um e-book de SEO gratuito, com a finalidade de mostrar como você pode realizar SEO em seus projetos. Basta clicar aqui e solicitar o e-book.

Qual a Vantagem do SEO?

A essência do trabalho de SEO é atrair novos visitantes e, com mais visitas, aumentam as suas chances de conversão (lead ou compra). Logo, com um bom trabalho de SEO, você pode aumentar as suas vendas, número de visualizações de página, número de leads, assinantes de feeds, ou qualquer que seja a sua métrica de conversão.

É importante frisar que SEO é um trabalho de médio/longo prazo que visa aumentar a quantidade de visitantes por meio de entendimento do seu website e confiança/autoridade percebida pelos mecanismos de busca. Uma vez feito o trabalho, quando o site aparecer bem nas pesquisas, será por credibilidade/entendimento.

Em média, notamos que um projeto de SEO começa a demonstrar resultados a partir de 4 meses de projeto. Antes disso, somente se o website tiver algum problema estrutural ou algo grave que impeça os mecanismos de busca de ler o conteúdo/website.

Como você pode notar abaixo, temos bons projetos de SEO com resultados a partir de 4 meses de projeto:

Projeto de SEO - Case de Sucesso

Benefícios da estratégia de SEO para o seu negócio

Além da atração de visitantes com potencial para se tornarem clientes, que já é um dos maiores benefícios de SEO para as empresas, a estratégia de SEO – quando bem aplicada – pode ser relevante para:

  • aumentar sua credibilidade e autoridade online: os usuários consideram que os sites que aparecem nas primeiras posições do Google são os mais confiáveis e, na prática, essa é a realidade, visto que o buscador possui diversos algoritmos para medir a relevância e confiabilidade da sua página; ou seja, quanto melhor posicionado, mais oportunidades de conquistar novos clientes;
  • experiência do usuário: esse é um dos fatores de ranqueamento mais relevantes para o buscador e, com os esforços para tornar sua página mais rápida e seu conteúdo mais legível, o usuário terá sempre uma experiência agradável e lembrará do seu site;
  • maiores taxas de conversão: o objetivo do SEO é gerar mais tráfego orgânico para o seu site, mas de forma qualificada. Com essa estratégia, você consegue aumentar sua relevância para os termos e palavras-chave relacionadas ao seu negócio e atrair pessoas verdadeiramente interessadas nos seus produtos ou serviços;
  • visibilidade sustentável: a publicidade online é uma estratégia muito eficiente e, quando combinada com SEO, pode trazer ainda mais resultados. No entanto, com a mídia paga, o seu negócio precisa estar sempre investindo para manter sua visibilidade online, enquanto a estratégia de SEO promove mais destaque para a sua marca de forma orgânica;
  • relacionamento com o público: as estratégias de SEO são construídas com o apoio do Marketing de Conteúdo, portanto, ela promove a geração de materiais e conteúdos relevantes que aproximam a sua marca dos consumidores, mesmo quando eles não estão intencionalmente buscando realizar uma compra.

Dessa forma, o nosso guia de SEO reúne um conjunto de técnicas que vêm da vivência dos profissionais da Agência Mestre em busca de sempre atingir os melhores resultados de busca, portanto, é muito importante que você sempre revise este guia pois novidades podem surgir ao longo do tempo.

Baseado na minha experiência e do que fazemos aqui na Agência Mestre, entendemos que a criação de conteúdo é um ótimo pilar, mas ainda precisamos de um ótimo trabalho de arquitetura da informação somado a bons títulos e meta descriptions. Vamos começar com os fatores on-page:

Técnicas de SEO: Fatores On-Page

Em SEO, os fatores de otimização On-Page objetivam a melhoria de pontos diretamente ligados ao seu site e ao seu código fonte, por isso, eles podem envolver alguma necessidade de programação ou toque de criatividade para obter os melhores resultados com estes fatores.

Os principais fatores on-page que a sua empresa precisa trabalhar para conquistar bons resultados com SEO são:

1. Título da página

De todos os fatores On-Page, o título da página, definido pela title tag (<title>), é o mais importante ponto a se trabalhar! Basicamente, é quase uma unanimidade que este seja o fator mais importante em um site (salvo o conteúdo, que não será tratado aqui como um fator, já que é o mínimo esperado de um site), por isso, a title tag merece toda a atenção do SEO. 

A “meta title” ou “title tag” é um elemento HTML do seu site que especifica qual é o título de cada página ativa (ou inativa) que existe. Esse título será exibido nos resultados de pesquisa dos mecanismos de busca e na barra de título do navegador do usuário.

Title Tag - Importância do Título da Página

O título da página é a primeira impressão que os usuários têm do seu conteúdo. É extremamente importante que esse elemento esteja alinhado ao conteúdo do seu site, portanto, ele deve ser único e exclusivo para cada página que você criar. Vamos conferir algumas práticas para criar títulos relevantes para o seu site:

Uso de palavras-chave e nome do site nos seus títulos

Na composição do título de cada página, é primário que sejam utilizadas as palavras-chave mais pertinentes ao conteúdo oferecido. Além disso, é interessante que o nome do site apareça também, assim, cultiva-se uma fixação da marca do site e, à medida que as pessoas se deparam com suas páginas nas ferramentas de busca, elas começam a reforçar a credibilidade do seu domínio e da sua marca frente àquele assunto.

Uma pesquisa realizada pela BrightEdge mostra que os títulos que contêm palavras-chave estão no Top 5 do Google em 85% das vezes. 

Preferencialmente, o nome do site deve vir depois do título contextualizado da página, de forma semelhante à procedida na Agência Mestre:

  • Guia de SEO | Agência Mestre
  • SEO na Title Tag – Melhore os Títulos do seu Site | Agência Mestre
  • Ferramentas de SEO | Agência Mestre

Quando a sua marca tem relação com o conteúdo, tem-se o benefício adicional de carregar mais uma ocorrência de uma palavra-chave importante no título da página. Quando não tem, ainda assim é válido utilizar o nome do site ou empresa para fixação/exposição da marca.

Quantidade de caracteres nos títulos das suas páginas

Além de observar a estrutura do título, outro ponto a se prestar atenção é a quantidade de caracteres utilizados no título das páginas. Não existe nenhuma regra definindo a quantidade ideal, mas o bom senso e um pouco de observação ajudam a chegar a um bom número.

Tradicionalmente, recomenda-se o uso de 58 caracteres, pois assim, assegura-se que cada palavra no título será mostrada por inteiro nos resultados de pesquisa. 

Mas, com um pouco mais de observação sobre o título, percebe-se que não há perda de posicionamento se a quantidade de caracteres ultrapassa essa quantidade. Claro, não interessa que sejam 100 ou 120 caracteres, mas cruzar a linha dos 60 e mantidos abaixo de 80, ainda consegue-se um bom efeito de SEO.

O ponto negativo de cruzar esses limites é que, embora o mecanismo de busca (Google por exemplo) capture a informação que está além dos 58 caracteres, o usuário não vai ver, pois, tipicamente, os mecanismos de busca utilizam reticências (…) quando o título fica grande demais. 

Meta Description - Otimização de Descrição para SEO

Se a perda for pequena para o usuário e houver vantagem para o mecanismo de busca, então vale a pena utilizar títulos maiores. Mas, lembre-se que a experiência do usuário é o principal fator de ranqueamento.

Sopa de letrinhas ou manchetes?

Mas antes de pensar na quantidade de caracteres, o papel do SEO é pensar em um título chamativo e criativo, informativo e curioso, para, de fato, atrair o clique do usuário. 

Não é interessante montar um título com uma pura e simples repetição de palavras-chave:

  • SEO, Otimização de Sites, Search Engine Optimization, …

Essa ação, além de apresentar uma péssima experiência para o usuário, pode ser entendida como uma estratégia para “burlar” os fatores de ranqueamento dos buscadores e gerar uma penalização para o seu site.

É muito mais pertinente que o título seja informativo sobre o que será encontrado no conteúdo de tal página e não uma salada de palavras-chave. O ideal é que ele seja como uma manchete de jornal, de modo a fazer o usuário se interessar e querer saber mais sobre o conteúdo da página. 

Esta é a hora de exercer a criatividade e produzir títulos inteligentes, misturando a necessidade de palavras-chave para o SEO com a transmissão de informação.

2. Meta Tags

Seguindo com os fatores on-page, existem mais meta tags se prestar atenção, como a meta description tag e a meta keywords. Com certeza, muitos vão torcer o nariz ao ler isso e pensar em outras meta tags que, inclusive, têm funcionalidade em SEO, como a meta tag robots. Mas vale frisar: vou falar das meta tags mais importantes para o SEO!

Muitos profissionais ou iniciantes perguntam sobre a importância da meta keywords, já que, hoje em dia, ela é irrelevante para os principais mecanismos de busca, pois eles as ignoram, mas vou mantê-las aqui por razões de educação da audiência.

Um dos pontos a destacar quando se está fazendo a otimização on-page de um site é a criação de meta tags para cada uma de suas páginas. Quando falamos da meta description, é válido e deve ser uma regra:

Criar meta descriptions únicas, criativas e que seu conteúdo seja fortemente relacionado ao conteúdo da página em questão.

Isso faz toda a diferença na oportunidade que você terá em receber cliques do usuário, uma vez que o conteúdo da meta description não é utilizado pelos buscadores para posicionar uma página diretamente.

Meta Tags de Qualidade

Criar uma regra para que as meta tags (description) seja “montada”de forma automático, a partir do assunto da página, é uma alternativa muitas vezes viável e prática, mas com certeza a criação manual de meta tags gera resultados muito mais relevantes. Claro que isso não é possível de ser feito para 100% dos sites e das páginas, mas a automatização deve ser deixada para último caso mesmo.

A qualidade de uma meta tag tem dois lados a serem avaliados:

  • Como uma pessoa avalia a meta tag
  • Como um buscador avalia a meta tag

Para uma pessoa, a meta tag precisa ser chamativa, interessante, informativa, curiosa e com um toque de call-to-action. Para um buscador, a meta description é simplesmente relevante no quesito textual, mas acaba-se utilizando informações sobre taxa de cliques (CTR) para privilegiar um pouco aquele resultado.

Quando falamos sobre meta keywords, basta selecionar as palavras importantes da página e listá-las juntamente com suas variações e sinônimos. Apesar de a meta keywords não ter valor para os mecanismos de busca, alguns sistemas de social bookmarking podem ainda sim usá-las para classificar o conteúdo da página em seu sistema. Para esses casos, fica interessante manter o uso de meta keywords nas páginas do site.

Meta Tags: Quantidade

Quantidade também é uma informação a se ficar atento no que diz respeito às meta tags, mas, claro, não é sobre a quantidade de meta tags, e, sim, a quantidade de caracteres em cada meta informação. Esse, provavelmente, é o maior desafio na criação de meta tags.

Por exemplo, da mesma forma que ao criar um título, é interessante que apareça o nome do site, mais o título da página e mais algum outro detalhe relevante, tudo isso sem ir além de 58 caracteres; para a meta description, a preocupação é não cruzar 160 caracteres e ainda passar o recado sobre o conteúdo da página utilizando os termos importantes para a página.

Para manter o controle sobre a quantidade de caracteres, procure um contador de caracteres ou faça uso de alguma ferramenta de SEO que lhe auxilie nesse processo.

Essa informação sobre a quantidade de caracteres em cada meta tag é importante para que você tenha controle do que será exibido ao usuário, fazendo com que as suas chances aumentem em receber um clique nos resultados da busca.

Claro que cada valor não precisa ser seguido à risca. Ultrapassar os 158 caracteres na meta description não resulta em uma penalização ou demérito por parte dos buscadores. Contudo, se você utilizar 100 caracteres de pura repetição de palavras-chave não será algo bem visto pelos buscadores. É preciso, realmente, achar o ponto de equilíbrio entre quantidade e qualidade.

3. HTML Tags: Heading Tags (H1 – H6)

As tags heading (H1 – H6) são as principais tags de organização do seu conteúdo. Elas foram criadas com o intuito de marcar pontos em destaque no seu conteúdo, mas nem sempre elas são usadas de forma adequada para fornecer ao usuário uma boa experiência na leitura. 

Muitas vezes, um conteúdo desorganizado pode não ser visualmente perceptível para o usuário, mas certamente os buscadores podem ler essa informação e – dessa forma – considerar que o seu site não vai oferecer uma boa experiência para o usuário.

Quando falamos de fatores on-page, em um de seus vídeos, Matt Cutts respondeu a esse questionamento informando que é sim útil utilizar as heading tags de forma moderada e organizada – utilizar com o fim ao qual foi proposto: A organização do conteúdo em tópicos e subtópicos.

Os mecanismos de busca definiram que as heading tags possuem um grau de importância para o posicionamento de sites obedecendo a mesma filosofia que nós usamos na leitura dos subtítulos de um texto, por exemplo. Com esta importância dada às heading tags, é fundamental o SEO utilizá-las de forma clara e efetiva.

Uso Correto de Heading Tags

A tag <h1> deve ser usada como o título principal da página, e de conteúdo muito parecido (ou igual) ao conteúdo da própria title tag. É a heading tag mais importante para uma página, informando o principal conteúdo da página. 

Obviamente, nela deve aparecer a principal palavra-chave da página, ficando visualmente destacada para o usuário. Desta forma, o destaque visual indica ao visitante o principal foco da página, e o fato de ser a tag <h1>,  fica indicado para o mecanismo de busca esse mesmo foco.

Subsequente a tag <h1>, a tag <h2> deve ser utilizada quando a página abordar subtópicos referentes ao tópico mencionado no <h1>; é aí que são utilizadas variações de palavras-chave. Você pode optar por sinônimos, palavras-chave relacionadas e, claro, aumentar (de forma moderada) a ocorrência da palavra-chave principal pontos importantes, aumentando a relevância da página em seu tema.

Daí em diante, o processo é o mesmo para as demais tags. Se for utilizada a tag <h3>, ela deve ser um subtema do que está sendo tratado no h2. Para as tags h4 -h6, funciona da mesma maneira. Em vias práticas, raramente uma página irá além da heading h3, a menos que seu conteúdo seja muito extenso e, de fato, seja necessária a divisão em tópicos cada vez mais refinados, como é o caso deste guia.

É importante fixar que cada página deve conter um, e apenas um, <h1>. Contudo, quando se utiliza a formação HTML5, você deve ter no máximo uma tag <h1> por seção.

Outro fato muitas vezes esquecido e que consiste de um erro é quebrar a hierarquia das heading tags. Esta hierarquia define o uso correto das heading tags por ordem de relevância e sequência de uso no código HTML de uma página. Por exemplo:

H1

  • H2
  • H2
    • H3
      • H4
      • H4
    • H3
  • H2

Esta estrutura segue o aninhamento de heading tags e esta é a ordem segundo a qual essas tags devem ser encontradas no código, ou seja, ao se fazer a leitura (leitura mesmo) do código HTML, a primeira heading tag encontrada deve ser o h1. Prosseguindo a leitura, deve ser encontrado um h2, que pode estar dividido em headings h3 e assim por diante. 

Também, fica válido um novo subtópico pertencente a um h2 ou um novo subtópico marcado em um h2, derivado do tema principal marcado pelo h1 da página.

O contrário de seguir essa hierarquia ficaria assim, por exemplo:

H3

  • H2
  • H1
    • H4
      • H3
      • H2
    • H4
  • H2

 

As heading tags são semanticamente definidas para estabelecer títulos e subtítulos em um conteúdo, e assim elas devem ser utilizadas.

Exemplo de Uso

O uso apropriado de heading tags pode ser exemplificado da seguinte maneira:

  • <h1>SEO – Otimização de Sites</h1>

Neste h1, ficou definido o tema principal da página: ela é sobre SEO.

  • <h2>Estratégias de SEO</h2>

Já no texto do H2, algo mais específico, ou seja: uma subseção do H1, mas ainda com keywords relacionadas com a página. Isso ajuda as ferramentas de busca e, principalmente, o usuário a achar e classificar o que o site oferece.

  • <h3>Otimização On-Page</h3>

Assim como no H2, o H3 tem que ser um complemento do Hx(1-5) superior. E essa regra deve ser seguida até a tag H6, criando relacionamentos e organização de conteúdos de modo a orientar, tanto mecanismos de busca, quanto visitantes, sobre o que é oferecido na página.

4. Palavras-chave: Conteúdo e URLs

O uso de palavras-chave deve ser planejado basicamente em 2 ramos: conteúdo e URL. 

Para conteúdo, é importante definir quais palavras serão utilizadas em cada página, bem como a distribuição de todas palavras pelo conteúdo do site. Já as URLs devem ser criadas baseadas no conteúdo que ela vai hospedar, geralmente, apresentando uma variação da palavra-chave principal de tal página.

Desenvolvimento do Conteúdo em SEO com Planejamento de Palavras-chave

Aliado à ideia de organizar o conteúdo em subtópicos e definir heading tags, está o planejamento do uso de palavras-chave ao longo de uma única página, bem como de todo o site. 

A cada novo subtópico, ramo ou derivação de tema, uma nova palavra-chave surge (e são chamadas de keywords de Long Tail) e deve ser bem cuidada. É muito comum entre SEOs ou donos de sites que se detenha toda atenção sobre a keyword principal do negócio, por gerar um volume alto de buscas e visitas individualmente, mas isso é um erro grave.

Planejamento de Conteúdo para SEO

Uma análise sobre as visitas de todas keywords de entrada em um domínio pode mostrar que, embora individualmente uma única palavra possa gerar, por exemplo, 1000 visitas (e ser a principal entrada de visitas isoladamente) contra 200 ou 100 visitas sendo geradas por keywords secundárias, o volume de visitas por keywords secundárias frequentemente supera o volume dessa keyword principal.

Ou seja, embora uma única palavra, a principal, possa gerar 5 vezes mais visitas que uma secundária (1000 vs. 200 visitas), todo o conjunto de visitas por keywords secundárias, supera essa keyword principal (1000×1 vs. 200×50 visitas).

Por isso a importância de considerar, também, as palavras secundárias e procurar listá-las todas para se ter uma melhor visão sobre o que pode ser conteúdo para uma página ou para um site. 

É como escrever um conteúdo pensando em otimizar a palavra “SEO”, mas também considerar o uso de “Estratégias de SEO”, “Análise de SEO”, “Otimização SEO” ou outras combinações dentro de uma mesma página e distribuídas por todo o site.

Otimização de URLs com Planejamento de Palavras-chave em SEO

Uma URL óbvia é uma ótima URL. Quando se olha para a barra de endereços do navegador e se consegue saber qual o conteúdo da página, antes mesmo de carregar esse conteúdo, temos uma URL perfeita. Uma única e simples linha que transmitirá informação suficiente sobre conteúdo e chamará atenção por si só.

A otimização de URL começa com a escolha do nome do domínio. Preferencialmente, a URL do domínio deve conter a keyword principal a se trabalhar no site. É notável como Search Engines valorizam e posicionam bem sites cujo nome do domínio são idênticos ou muito próximos dos termos buscados. A razão para isso é que a Search Engine interpreta isso como uma pesquisa navegacional.

Uma pesquisa navegacional se caracteriza por ser buscado o nome de um site, é como pesquisar “Agência Mestre” – é óbvio que o melhor resultado a se retornar será www.agenciamestre.com. Assim, se a sua keyword principal é “ração para cachorro”, “camisetas de futebol”, etc., e o seu domínio for www.racaoparacachorro.com.br, www.camisetasdefutebol.com.br, etc., a Search Engine vai interpretar as buscas nessas keywords como navegacionais, favorecendo os sites.

Já no quesito URLs de conteúdo (das páginas do site), quanto mais curta a URL, mais fácil será lembrá-la, copiá-la, passar adiante, usá-la de todas as formas possíveis, facilitando sua divulgação. E,  de preferência, que sejam URLs sem parâmetros:

  • agenciamestre.com/artigos/artigo-sobre-seo

Ao invés de:

  • agenciamestre.com/artigos.php?id=132

Mesmo sendo um único parâmetro, é fácil observar que na primeira URL há uma ocorrência da palavra “SEO”, o que aumenta a relevância da página em uma busca por SEO ou artigo sobre SEO. Outro detalhe, é que números dificilmente agregram algum valor para a URL, é muito melhor o uso de palavras. Casos como “Copa do mundo 2010”, o número na URL vai fazer diferença, mas no caso geral, números não agregam valor.

Outro ponto a se observar é o separador das palavras na URL. São aceitos diversos por Search Engines, como +, _ e -. Não tenha dúvidas, vá de hífen (-) como separador das palavras, tal como no primeiro exemplo anterior. É a forma mais comum e mais difundida, não há razão para inventar ou utilizar outros separadores.

Pesquisa de Palavras-Chave

A Pesquisa de Palavras-chave é uma estratégia em SEO que consiste em saber o que as pessoas, especialmente a sua persona, procuram na Internet. Normalmente nos perguntamos: quais as palavras-chave que devemos usar em um site para que mais pessoas cheguem ao nosso conteúdo?

Para encontrar as palavras-chave corretas que devem ser trabalhadas em seu projeto de otimização de sites é necessário conhecer muito bem o conteúdo do site e descobrir como as pessoas tentam encontrá-lo – as palavras utilizadas exatamente. Para isso, o próprio conteúdo do site deve dar as primeiras dicas na sua pesquisa.

Ainda no começo, é importante identificar o segmento de mercado dos leitores do site. As palavras-chave podem não estar explícitas nas páginas do site, no entanto, podemos usar palavras relacionadas, palavras que os leitores utilizam para falar do seu conteúdo.

Definição da Persona do Negócio- Importância para SEO

Neste primeiro passo de entender a persona em si, você precisa responder estas perguntas:

  • Qual a sua idade? Onde moram?
  • O que gostam de ler? Quais sites visitam? Quais seus gostos?
  • Como eles preferem se comunicar? Como se comunicam? Por quais redes sociais?
  • O que aspiram para suas vidas? Quais seus sonhos? Suas metas?

Esta tarefa associada ao entendimento da persona faz toda a diferença para você conhecer bem para quem deve criar os conteúdos, sendo este um dos passos mais importantes no início do seu projeto.

No caminho para encontrar as palavras-chave corretas, comece do amplo para obter o específico. Leia sua página e coloque num rascunho todas as palavras que você julgar importantes para a página. 

Em seguida, analise e observe se realmente todas as palavras escolhidas estão relacionadas a página específica que você está trabalhando ou se elas não estão se referindo ao site de maneira geral. Este passo te dará uma noção mais clara do que você poderá trabalhar.

Em seguida, pense em alguns sinônimos e formas de se utilizar estas palavras, para que você tenha um leque maior de opções. Ainda neste passo também devem ser identificadas as palavras negativas ou seja, as que estão fora do contexto para que não sejam colocadas palavras-chave com baixo grau de similaridade no trabalho de SEO que você está fazendo. Utilizar sinônimos pode ser interessante, mas o foco não pode ser perdido.

Com estes passos feitos, é hora de expandir esta lista com auxílio de ferramentas e começar a ordenar por quais palavras-chave começar a otimização do site baseando em:

  1. Volume de tráfego
  2. dificuldade de enfrentar a concorrência
  3. e volume de conversões possíveis com aquela palavra chave.

Ferramentas Para Pesquisa de Palavras-chave

Talvez eu seja uma das pessoas que mais ama ferramentas em projetos de SEO e por isto, constantemente testo ferramentas que possam ajudar a facilitar e agilizar o nosso trabalho como profissionais de SEO.

A primeira fonte de ferramentas que você precisa ter em mente é o próprio Google. Ele fornece 3 formas de entendermos mais o público e muitas pessoas sequer conhecem ou dominam a forma com que você pode utilizar estas ferramentas.

As 3 formas que vamos falar a frente são: Keyword Planner, Google Trends e Google Suggest.

Google Keyword Planner ou o antigo Keyword External Tool

Para uma campanha de tráfego pago o Google disponibiliza uma ferramenta integrada ao Google Adspara que o profissional ou dono de negócio consiga facilmente descobrir termos que a sua audiência (ou persona) estejam buscando dentro do mecanismo de busca.

Esta ferramenta é chamada Keyword Planner e, antigamente, se chamava Keyword External Tool. No início esta ferramenta era totalmente liberada, sendo que você sequer precisaria de login para começar a “brincar” com ela.

Planejador de Palavras-chave

Assim que você escolhe a opção dentro do Google Ads, você é levado para uma tela onde precisa decidir qual ação busca realizar:

Uso do Planejador de Palavras-chave

Escolha a primeira opção e depois você terá uma caixa com várias opções para você:

Inserir Palavras-chave na Ferramenta do Google

Em “seu produto ou serviço” você pode incluir as principais palavras-chave do seu projeto ou da página que está trabalhado. Os outros campos você pode deixar como estão. Em seguida clique no botão “Obter Ideias”. Assim uma página de resposta irá se abrir, como esta:

Resultado da Ferramenta Planejador de Palavras-chave

Na lista de resposta da ferramenta, é interessante habilitar a exibição de todas essas informações no drop down sobre as “Colunas”, e assim obter todas as informações. A partir daí, basta analisar cada conjunto de palavras-chave reordenando segundo a importância de cada coluna para obter as mais interessantes, sejam as mais caras, as de maior volume de busca, uma combinação de tudo, enfim, o que for mais interessante.

Outra opção de pesquisa nesta ferramenta, não tão utilizada quanto a primeira, é inserir a URL do site no campo especificado. Neste caso, a própria ferramenta analisa o conteúdo da URL digitada e monta a lista de termos relacionados baseando-se nesta análise do conteúdo.

Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta desenvolvida pelo Google para entender o nível de buscas para um determinado termo.

Google Trends

Com a ferramenta é possível analisar o comportamento de buscas de uma palavra em comparação com até 4 outras palavras. O gráfico ainda pode ser limitado por tempo ou país, possibilitando visualizar até quais os estados e cidades daquele país realizaram mais consultas sobre a palavra-chave em questão.

Pesquisando Tendências em SEO

Quando seleciono o país Brasil e vou para a parte de baixo da ferramenta, encontro uma caixa de palavras-chave que posso usar em minhas estratégias. Ao clicar na setinha em cima da caixa, posso escolher as palavras-chave principais ou ainda descobrir as que estão em ascensão naquele tópico que eu estou buscando.

Filtros Google Trends

Google Suggest

O Google possui em sua página inicial, assim como nas suas páginas de busca, uma ferramenta, onde ao digitar uma palavra, ou início dela, o Google lhe dá sugestões do que você pode estar procurando, facilitando assim a sua digitação.

Google Suggest - SEO

O interessante é observar que quase sempre o Google provê uma lista de palavras que são muito próximas do que você está procurando e neste caso são boas palavras para você utilizar na sua estratégia de SEO. Já que o Google as sugere, porque não atacá-las em suas páginas?

E melhor, se você concatenar a palavra com uma nova letra do alfabeto, ele lhe dará novas sugestões:

Google Suggets - Lista de Palavras-chave em SEO

5. Atributo ALT de Tags de Imagem

O atributo alt aplicado em imagens é mais um item frequentemente deixado de lado na otimização de sites. Sua sintaxe HTML é a seguinte:

  • <img src=”image.jpg” alt=”Uma Imagem” />

ALT é o comando usado para identificar o Alternate Text, o texto alternativo que é exibido quando a imagem não é carregada. Ele tem duas funções principais: suprir a falta dessa imagem caso ela não seja carregada e tornar o conteúdo mais acessível, para ser proporcionada uma leitura da imagem. 

O importante é que este atributo funciona, realmente, como uma opção de acessibilidade para Search Engines. Ainda hoje, Search Engines não estão preocupadas em identificar imagens com base unicamente na sua composição visual; elas dependem de palavras descritivas.

Este é o propósito inicial do alt text, mas para o SEO, é mais do que isso: é uma fonte para  a adição de mais uma ocorrência de uma keyword no conteúdo de uma página, afinal, a imagem também conta como conteúdo da página. 

Obviamente, a imagem deve ser relacionada ao conteúdo e o alt text relacionado à imagem, assim, fecha-se o ciclo sobre a utilidade do alt text para a otimização On-Page.

Recentemente, muito se tem comentado sobre a importância de utilizar o alt text para agregar conteúdo à página e, mais uma vez, o Matt Cutts já afirmou que é importante usar o atributo e que ele deve conter até cinco palavras para não levantar a suspeita de spam. 

Além do mais, 5 palavras são mais do que suficientes para definir uma imagem, mas a questão é: quais 5 palavras?

O atributo alt é uma boa opção para aplicar as variações de keywords mais complicadas de se conseguir em um texto natural: “Otimização de SEO”, “SEO estratégia”, “SEO ferramentas”, … Vale lembrar ainda que o alt text vale como texto âncora quando a imagem está inserida em links

  • <a href=”…”><img src=”…” alt=”texto âncora” /></a>.

6. Linkagem Interna

A otimização dos links internos é também um passo fundamental. Os links internos são os links mais fáceis de se manipular – você pode escolher o texto âncora que desejar e fazer cada link a partir da posição de conteúdo que achar mais apropriada. Você pode escolher pelo uso de nofollow ou não; e a quantidade de links.

Além disso – e também muito importante – é o planejamento da linkagem interna como um todo. Qual página, ou grupo de páginas, tem links para quais outras páginas? É interessante observar isso e manter sempre a troca de links interna entre conteúdos relacionados.

Por último, o planejamento dos links internos serve também para garantir que a Search Engine encontre e consiga navegar por todas as páginas do domínio, desde que sejam feitos links com essa proposta. Isso significa, também, que o PageRank será distribuído entre todas as páginas do site, aumentando a possibilidade de ter todas as páginas indexadas e deixando-as mais competitivas nos resultados de busca.

Técnicas de SEO: Fatores Off-Page ou Externos

Diferente dos fatores On-Page, os fatores de otimização Off-Page não estão diretamente ligados ao site, ou às alterações no site, mas sim aos fatores fora do seu site.

No entanto, para ter uma boa estratégia de fatores off-page, o seu site precisa estar bem estruturado com os fatores on-page. Por isso, sempre falamos sobre os fatores on-page primeiro.

E, afinal, o que são fatores off-page? São estratégias de otimização e de ampliação da sua estratégia de SEO com base em elementos de “fora” do seu site, por meio de linkagens externas. 

Como funciona a estratégia de SEO Off-Page?

A estratégia com fatores off-page refere-se às ações e atividades que são realizadas fora das páginas do seu site e que têm o objetivo de elevar sua visibilidade dentro dos resultados de pesquisa por meio da linkagem externa.

Para isso, a principal tática é a criação de backlinks, que consiste em criar links para as suas páginas em outros sites e páginas de alta autoridade e com segmentos semelhantes aos do seu negócio.

Vamos abordar as principais estratégias de SEO off-page:

Quantidade de Links de Entrada (Inbound links)

Links de entrada (ou Inbound Links) são os links que outros sites apontam para uma página do seu website. No início do PageRank, a regra era simples: quanto mais links, melhor. 

No entanto, essa visão mudou muito desde a concepção inicial do algoritmo e, ainda sim, a quantidade de links recebidos por uma página continua a ser uma métrica importante utilizada para definir seu posicionamento em uma determinada pesquisa. Eis a razão de tanta busca por links, de sempre querer mais links.

Como descobrir os links para uma página?

Através do Google e do Yahoo você pode verificar facilmente a quantidade de links para um domínio. 

No Google, entre com o operador “link:” e, em seguida, digite o domínio desejado. Já no Yahoo!, você deve entrar no SiteExplorer e digitar o domínio desejado.

É importante frisar que o operador link: do Google retorna apenas parte do conjunto de links e não a totalidade dos links que apontam para um domínio. Além disso, os resultados são gerados de forma aleatória, ou seja, não representam os links mais importantes, nem os mais recentes ou qualquer relação deste tipo. Para se ter a relação de links com o Google, somente através das Ferramentas para Webmasters oferecidas pelo Google.

Popularidade Global dos Links para o seu Site

Uma das principais métricas que os Search Engines usam na medição de “popularidade” do seu website é a diversidade de domínios que linkam para você, ou seja, não importa tanto quantos links você recebe, mas sim a quantidade de domínios diferentes que apontam para o seu website.

Um exemplo simples para este caso é saber que um site que possui 1.000 links de 1.000 domínios diferentes, irá rankear melhor do que um website que recebe 1.000 de 200 domínios diferentes. Logicamente neste exemplo estamos descartando todos os outros fatores.

Qualidade dos Links de Entrada

De nada adianta receber muitos links e de vários domínios diferentes se a qualidade dos websites ou páginas não possuem uma boa reputação. Para isto é importante saber de quem você receberá um link, olhando os fatores daquela página. 

A regra aqui é simples: é muito importante que o link que você recebe seja de um site relacionado ao seu, que não esteja banido pelos Search Engines, e que seja de conteúdo original.

Mas, como sempre, surge a dúvida: Como saber se um link é de qualidade? Tipicamente, links de qualidade vem de sites de qualidade, como grandes portais e grandes marcas, mas não se limita a isso. 

Sites menores de nicho específico e que são reconhecidos como autoridade no assunto que tratam, também são provedores de links de qualidade. Não é uma questão de tamanho do site, mas quão idôneo é seu conteúdo.

O problema é receber diversos links de sites de baixa qualidade ou que sejam de fato apenas spam. A princípio, eles podem somente não agregar valor. O caso grave é o site, de fato, receber uma punição por receber tantos links de baixa qualidade.

Relacionamento de Conteúdos

Outro fator importante a se observar para se tirar proveito de um link, é o relacionamento entre os conteúdos “linkado” e “linkante”. As Search Engines não valorizam um link somente por texto âncora e relevância da página que faz o link. Elas analisam, também, a relação de conteúdos, ou seja, se ambas páginas tratam o mesmo assunto (futebol com link para outra página sobre futebol), o valor do link é maior do que se os conteúdos não são relacionados (futebol com link para página sobre carros).

Esta métrica tem sido amplamente utilizada no Google para dar maior relevância em buscas locais, fazendo com que pequenos websites de nichos específicos, possam alcançar bons rankings nas páginas de resultado.

Taxa de Aquisição de Links

Uma métrica a ser observada pelos profissionais de SEO é a taxa de aquisição de novos links. Apesar de ser um bom objetivo ganhar links, não é um bom sinal ganhar muitos links de uma única vez, pois os Search Engines podem detectar isso facilmente e pensar que é algum tipo de manipulação.

Link Spikes

Se você monitora continuamente o número de links para o seu site e de seus concorrentes, vai perceber que às vezes ocorre um comportamento singular na curva de crescimento de links: grandes aumentos seguidos de quedas bruscas.

Esses “picos” na curva de crescimento de links são chamados de link spikes e o seu comportamento pode ser observado no gráfico abaixo:

Taxa de Aquisição de Links - Links Spikes

Além de serem muito interessantes para acompanhar as tendências de pesquisas (os usuários só fazem links para aquilo que procuram / acham interessante), eles servem para indicar se um site pode ou não ser penalizado pelas Search Engines.

Antigamente, uma prática comum dos spammers era aumentar absurdamente a quantidade de links de entrada de um site, para que estes subissem na classificação. Com a melhora dos algoritmos das Search Engines, essas técnicas não surtem mais o efeito esperado – e são até punidas.

A criação súbita de muitos links para um site pode ser interpretada como uma tentativa de manipulação de resultados, ao invés do acúmulo natural de links sem qualquer interferência. Podendo ser motivo para levantar a bandeira para um determinado site, ou até mesmo puni-lo.

Obviamente que não é qualquer pico de links que vai acarretar em punições nas Search Engines. Vale ressaltar que existem vários tipos de link spikes – e é isso que vai determinar ou não uma punição.

Causas de Link Spikes

Os Link Spikes podem acontecer naturalmente ou não, e podem ter vários motivos. Sendo eles:

  • Links Pagos
  • Link Bait
  • Comportamento
  • Notícias

Os motivos que levam ao link spike é que são determinantes para dizer se foram, ou não, motivo para a punição de um site.

Vamos supor que um site não utiliza nenhuma rede social para divulgar suas páginas, serviços e conteúdo. Aumentos súbitos de links, sejam eles com âncoras perfeitas ou genéricas, podem estar denunciando uma compra descarada de links. Isso pode levar a uma punição.

O link bait também deve ser utilizado com cuidado. Ater-se ao foco do conteúdo do site é de extrema importância – o crescimento de links para o seu site vindos de sites que não tem conteúdo relacionado ao seu, não vão te acrescentar nenhum valor em termos de Pagerank. 

Além do mais, as visitas vindas de links de assuntos não relacionados geralmente têm altas taxas de bounce.

Os links gerados pelo próprio comportamento dos usuários não são motivo de preocupação. As pessoas só fazem links para aquilo que as chama a atenção ou se interessam – e isso pode acontecer de maneira sazonal ou não. 

Por exemplo, vamos analisar as buscas por flores e presentes nos últimos 12 meses, no Brasil:

Sazonalidade em SEO - Volume de Busca

Em dezembro (natal) houve um grande aumento das pesquisas para presentes e um leve aumento para flores. Já em maio e junho (dia das mães e dia dos namorados, respectivamente), há picos maiores para as pesquisas por flores do que para presentes.

Se você tem um site sobre “flores”, em dezembro, maio e junho você provavelmente terá um aumento considerável de links para o seu site – o que provavelmente representará um link spike na sua curva de crescimento de links.

Por isso, monitorar a quantidade de Inbound Links do seu site / blog é de extrema importância para os seus trabalhos de SEO. Além de te fornecer informações sobre os efeitos de suas campanhas de link building, você também é capaz de verificar o comportamento geral dos usuários para determinadas pesquisas – que pode te auxiliar a melhorar as suas estratégias, desde o uso de keywords e a elaboração de conteúdo, até a procura por links externos.

Links Recíprocos

Um dos caminhos mais fáceis a se seguir para conseguir links é através de links recíprocos, ou troca de links, ou, em inglês, link exchange. Como sabemos, além da linkagem interna, receber links externos, ou seja, de outros domínios (sites/blogs), é importante para um bom posicionamento de sites nas buscas. Mas por que esse método é tão usado? Como funciona? E por que tomar cuidado com links recíprocos?

O que são Links Recíprocos?

Em inglês, são também chamados de reciprocal links, uma tradução exata do termo, links recíprocos consistem de um número de sites que se interligam ou um único site que troca links exclusivos com outros sites.

Técnica de SEO: Links Recíprocos

O processo para se formarem links recíprocos é muito simples: normalmente o webmaster de site ou blog entra em contato com outro e oferece um link para ele, pedindo em troca um linkback, um link para ele mesmo a partir do site ou blog deste outro webmaster.

Isso costuma funcionar muito bem. Como todos estão interessados em conseguir links, nada mais justo do que uma troca de links, assim, ninguém sai “mais favorecido” que o outro. Os dois ganham links e pronto.

Algum tempo atrás isso fez popularizar os Rings ou anéis/alianças de sites em que todos linkavam um para os outros, normalmente por meio de banners, gifs animados ou imagens que eram os logos desses sites. Ainda hoje, isso existe e muitos sites e blogs participam de esquemas assim.

Para os mais familiarizados com SEO, isso já acendeu o sinal de alerta, certo?

Cuidado com Links Recíprocos

Para os menos familiarizados com técnicas de otimização de sites, o alerta é para o chamado link farm, “fazendas de links”. 

Link farm define um conjunto de sites que linkam um para os outros ou um conjunto de sites que linkam todos para um só site, também chamados de doorway pages. O ponto importante a se observar: Link Farms são punidas pelo Google.

Pois bem, recentemente, o Matt Cutts fez uma enfatizada ressalva sobre “evite o uso de links recíprocos” na sua campanha de Link Building. O que para ele representou essa significativa mudança foi a adição do termo “em excesso”, ou excessivamente, ficando então “evite o uso de links recíprocos excessivamente” em sua campanha de Link Building. Isso faz toda a diferença.

Quer dizer então que o uso de links recíprocos para o Link Building do meu blog está liberado? Não! E sim. 

O que está dito nas guidelines do Google é que é normal que aconteçam links recíprocos na Internet. Sem dúvida, procurando pelo diretório de sites do Google, será encontrado um link para o Yahoo! e, no diretório do Yahoo!, um link para o Google.

A questão é que são links relevantes, que vão realmente ajudar ou completar o processo de informação do visitante do site.

Valide seus Links Recíprocos

Ainda, o Matt Cutts avisa que um portfólio de links sobrecarregados de links recíprocos acende a luz de alerta no Google. 

Basicamente, você tem sim o seu limite de links recíprocos: até uma certa quantidade você realmente está livre de punições. É aí que entra a parte de “evite o uso excessivo de links recíprocos”: investir todos seus esforços para conseguir links exclusivamente através da troca de links não será muito saudável.

Não é natural que todos (ou a maior parte de) seus links sejam recíprocos. Hoje em dia eu não vejo mais tantos sites envolvidos em alianças ou coisas do gênero, talvez realmente isso tenha perdido o seu valor. Alguns anos atrás isso era muito frequente.

A princípio, links recíprocos deveriam acontecer dentro do processo natural de descobertas na Internet, e não por pedidos e trocas objetivando ganhar um novo link. Um ponto muito interessante de se refletir quando é hora de decidir entre fazer ou não a troca de links é: Se não houvesse search engines e eu não precisasse de links para as search engines eu faria a troca de links?

Você deve se perguntar se o site para o qual você vai linkar realmente vai ajudar os seus visitantes, se você mesmo visitaria, e por consequência, recomendaria o site. Isso é um link: uma recomendação que você faz ao seu visitante.

Não é que os links recíprocos estejam liberados ou que sejam definitivamente proibidos. Mas se for fazer, tente focar a qualidade e a importância, para o visitante, de visitar tal site.

Número de Links em uma Página

Uma das perguntas mais discutida na área de SEO é quantos links devo possuir em uma página, ou melhor, qual o número máximo de links em uma página?

Esta pergunta sempre foi muito controversa, vários acreditavam em poucos links, outros diziam que muitos links não tinham problemas. Já na visão do Google, em suas Guidelines para Webmasters, o Google esclarece um ponto relevante sobre as linkagens nas suas páginas:

“Torne seus links rastreáveis​​para que o Google possa encontrar outras páginas do seu site por meio dos links da sua página.”

Historicamente, o Google recomendava até 100 links em uma página, visto que seus robôs indexavam apenas 100Kb de informações de uma página (e mais de 100 links poderiam facilmente superar esse número).

Com o tempo, essa informação se tornou obsoleta. Atualmente, o Google concentra-se, principalmente, na experiência do usuário. Isso significa que, independentemente de quantos links a sua página tenha, eles devem ser relevantes e agradáveis para o usuário. 

É claro, que se você praticar técnicas de Black Hat você poderá ser punido, mas se você tiver 200, ou 300 links, e eles forem realmente relevantes aos usuários, não existe problema algum.

No entanto, um forte argumento para sustentar a ideia de poucos links é a questão do Link Juice: quanto mais links você tiver em sua página, mais você estará distribuindo seu Juice entre as páginas internas. 

Talvez a melhor opção seja pensar em uma arquitetura interna mais organizada ou mais orientada a certas páginas.

Endereços IP

Cada website cria uma relação com o outro através de um link, conectando duas páginas (ou arquivos). Mas se olharmos como a internet funciona, veremos que cada conexão (link) é uma ligação entre servidores, bem parecido com a ideia do funcionamento da web. 

E isso pode-se visualizar no momento em que você faz a conversão de um nome de um domínio(URL) em um IP, que nada mais é do que o endereço do servidor na web.

Assim como nós podemos ver o endereço de IP de cada website na internet, os Search Engines podem fazer o mesmo a fim de identificar quem é quem e assim analisar melhor como a web está relacionada. A partir disso, vários links entre páginas com IP classe C semelhantes e do mesmo dono podem ser interpretados como um esquema de troca de links no mesmo servidor, e logo podem ser desvalorizados. Mas para entender esta questão, é importante entender sobre classes e endereços IP.

Primeiro, um endereço IP é um número na forma NNN.NNN.NNN.NNN,  4 números separados por pontos que variam de 0 a 255, mas possuem algumas limitações de uso e especificações. Um exemplo de endereço IP: 64.233.161.104 (Google). Este número é o endereço real de www.google.com – a URL é como uma máscara para facilitar memorização.

O endereço IP é dividido em classes que servem para restringir o uso e cumprir alguns outros detalhes que não interessam no momento. Para este escopo, basta entender a formação do endereço IP e as 3 classes de IP: A , B e C – que dividem e organizam o IP da seguinte maneira:

  • A.B.C.NNN

Voltando à afirmação em negrito, sites na mesma classe C são sites que ocupam a mesma faixa de endereços IP, por exemplo:

  • 64.233.161.104
  • 64.233.161.105
  • 64.233.161.110
  • 64.233.161.111

Se uma Search Engine identifica que vários sites de uma mesma classe C estão trocando links entre si e ainda são do mesmo dono, ela passa a desvalorizar todo esse conjunto de links ou até mesmo pode penalizar os sites envolvidos. É como você falar de você mesmo (linkar para os próprios sites) – não diz muita coisa. E dependendo de o quanto você fala de si mesmo, pode acabar com a paciência de quem ouve (usuários / SEs). Em adendo, se você ainda tentar manipular isso para mascarar a propaganda própria e alguém descobrir, com certeza você perderá muitos créditos – a penalização por uma Search Engine.

Sendo assim, evite a troca de links que se configuram neste quadro, a punição pode demorar, mas não falha.

LEIA MAIS

Redirecionamento 301 em PHP, ASP, htaccess, Coldfusion e Ruby on Rails

Você quer saber como configurar o redirecionamento 301 no seu site? Veja como e mantenha sua relevância no Google!

Páginas 404 Não Devem Retornar o Código 200 de Status

Hoje em dia é muito comum que página de erro 404 sejam customizadas, mas o trabalho de qualquer profissional de SEO é que estas páginas façam realmente o seu papel. Veja como prevenir que suas páginas de erro 404 causem problemas com os seus rankings.

Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

Você sabia que existem diferentes formas de ajudar o Google a encontrar o seu site? Coloque nossas dicas em prática e faça seu site aparecer no buscador!

Comentários
  1. Avatar

    Vale lembrar da questao do foco do site. Como vc disse site de computação tem que ter artigos sobre computação, sem fugir muito do foco.

    Mas um off topic aqui e outro ali nao mata ninguem 😉

    • Avatar

      oi Fábio estou começando no mundo digital e foi através de buscas no google que encontrei seu site. e gostei muito da facilidade de compreensão do contéudo.

    • Avatar

      Olá Fábio vi seu vidío adorei,muito bom tem um voz boa de ouvir,bem explicado.Estou fazendo o curso estou me dedicando muitas horas por dia será que posso ,conseguir vender.mas ainda não consigo postar o produto,e copiar a imagem,com o link.um pouco deficíl ainda,tudo que sei na NT aprendi sozinha eu sei que vou conseguir.pois estou em casa sem trabalho.um abraço.

  2. Avatar

    bem explicado ,ajuda muito aquelas pessoas que estão entrando na net agora,parabens .

  3. Avatar

    Hoje são um dos mais,se não os melhores blogs de explanação sobre o emaranhado de regras e questionamentos que envolvem populariadade e assesibilidade na area web.Vocês estão indo na direção certa, continuem.

  4. Avatar

    Obrigado pelos comentários de todos! Continuem visitando o blog!

  5. Avatar

    Primeiro post sobre SEO……..vou ler todos…quero aprender tudo sobre SEO……..e neste site foi o melhor e mais completo que achei………….creio que tem muito mais ainda pra aprender……….obrigado pelo conteudo……………………..

  6. Avatar

    Opa, obrigado e boa leitura!

  7. Avatar

    SEO é a forma mais rentável e mais legal de promover um site!

  8. Avatar

    SEO pra mim é minha vida!
    SEO é como se fosse uma corrida e como adoro competições, amo SEO.

  9. Avatar

    Vivemos entre o SEO e o Inferno,
    SEO= Sou Experto, Otimizo.

    Jhonny Jessé

  10. Avatar

    SEO, no fundo, é a melhor maneira de facilitar a vida do usuário para encontrar o conteúdo que ele deseja, fazendo assim a internet um local rico em conteúdo levando valor para os usuários.

  11. Avatar

    SEO para mim é tentar pensar com um robô para que mais humanos possam ver o que eu estou pensando.

  12. Avatar

    SEO é a eterna busca pela perfeição

  13. Avatar

    Seo pra mim é o principal fator do aumento de conversões de um site, em conjunto com a arquitetura de informação.

    • Avatar

      Seo para mim, é o Gran-final, o que realmente fará a diferença.

  14. Avatar

    SEO é a mágica feita para se aparecer nos mecânismos de busca. E a Agência Mestre é o “Mr. M” dessa mágica.

  15. Avatar

    Essa é a pergunta que todos nós fazemos ao começar nesta área e não há uma definição certa, mas, uma definição dada pela vivência de cada profissional. Pela minha pouco experiência.
    Seo é uma forma de aplicar tudo que aprendemos no dia-a-dia, inclusive sobre vivência e linguagem humana, de forma que seu site fique atrativo para o sistema de busca e para o usuário, porque ainda , fazemos site para os usuários.

  16. Avatar

    SEO é maneira de mostrar o que fez para o máximo de pessoas. A melhor jeito de ser achado!

  17. Avatar

    SEO é a melhor maneira de encontrar e ser encontrado.

  18. Avatar

    SEO é a técnica de mostrar o talento dos meus clientes aos seus clientes.

  19. Avatar

    SEO para mim é uma especialidade que quero adquirir profissionalmente em um futuro próximo e espero que seja bem próximo com esse curso. Pois perdi minha vaga justamente por causa do limite. Agora gostaria muito de ganhar essa vaga.Pois acredito que SEO é muio mais do que uma especialidade profissional que quero adquirir. SEO na minha opinião cabe em qualquer estratégia de mkt digital,porque sem dúvidas é extramamente essencial um site bem otimizado. E dos artigos que leio diariamente na Internet os do Mestreo SEO são os que me deixam mais claro a definição de SEO.

  20. Avatar

    Seo é um trabalho constante e gratificante onde se cria credibilidade e ativa-se a encontrabilidade de um site para conseguir atingir metas de conversão e sucesso em seu empreendimento!

  21. Avatar

    Ser Excepcional nos Orgânicos.

  22. Avatar

    SEO pra mim é uma maneira de aprender a otimizar o site onde trabalho de um modo honesto e fazer com que meus superiores parem de fazer ações que nos deixam a beira do blacklist do google. Além de aumentar minha estima, por me sentir próativa… me preocupando com algo que ninguem aqui onde trabalho ainda se preocupa.

  23. Avatar

    SEO para mim é um conjunto de técnicas que visam entender melhor os buscadores e parametrizar etapas para melhorar um site, tanto estruturalmente, quanto organicamente em seu conteúdo, para que seja indexado corretamente e tenha autoridade e relevância em seu conteúdo perante o buscador que se estuda.

    Espero não ter sido retórico.

  24. Avatar

    O que é SEO para você? SEO é o princípio de um começo bem sucedido, são ferramentas em que podemos planejar e melhorar o desempenho de nossos sites, afinal não adianta termos um belo layout se nossa estrutura não estiver otimizada para o internauta.

  25. Avatar

    “O que é SEO para você?” R: SEO são testes e mais testes para que consigamos uma confiança maior dos Buscadores e através dessa confiança conseguir converter melhor os nossos e futuros clientes. SEO = CONVERSÃO + TRABALHO…Muito Trabalho.

  26. Avatar

    Pra mim SEO é um jogo de estratégias que fizemos para potencializar nossos sites, usando a verdade para chegar ao topo nos resultado buscado pelo usuário.

  27. Avatar

    O que é Seo? perai que vou procurar na internet.

    … Achei !

    Segundo afirma o primeiro resultado da organica:

    O significado de SEO é Search Engine Optimization. Em português ele é conhecido como Otimização de Sites.

    um pouquinho a baixo vem a MestreSeo com um ‘Double, a mesma afirma que:

    Search Engine Optimization (SEO) é um conjunto de técnicas, métodos e/ou estudos que visam melhorar o posicionamento de suas páginas

    Com uma simples busca encontrei tudo isso 🙂
    e com essa mesma busca entendemos superficialmente o que é SEO. Agora é só eu ganhar a vaga para o ‘Curso de SEO para que eu possa entender melhor 🙂

    abraço

  28. Avatar

    SEO para mim é como uma casa organizada e limpa, quanto mais em ordem ela estiver mais gente atrairá para seu site e mais visualização terá.

  29. Avatar

    SEO para mim é a solução de todos os problemas!!… é ser mais conhecido, mais visto, mais visitado, mais vendido, mais bem sucedido, mais vitorioso… Sem o Google não há sucesso, e sem SEO não há Google. Logo… Preciso desse curso de SEO.

  30. Avatar

    SEO pra mim é a mão que me alcançou no abismo de uma carreira estagnada em links patrocinados e me deu a chance de fazer algo muito maior: fazer história dentro de um grande portal.

  31. Avatar

    SEO para mim é integrar todas as ferramentas da web (redes sociais, Buscadores …) e técnicas para se criar o maior nível de visualizações e conversões positivas para um determinado site.

  32. Avatar

    SEO é o que diz se o que digo é exatamente o que é entendido.

  33. Avatar

    SEO é Sempre Encontar Opições para um melhor posicionamento nas Buscas Organicas!

  34. Avatar

    SEO para mim é algo que esta revolucionando o mercado da internet, é o trabalho de garimpar as informações da internet para mostrar ao usuário de uma forma que o resultado seja relevante para ele, satisfazendo assim o usuário e o site destino. Esse é um campo novo para mim, estou trabalhando a pouco tempo numa empresa que mexe diretamente com SEO e preciso estar sempre por dentro do mundo SEO.

  35. Avatar

    SEO serve pro seu não ser criado e depois abandonado por falta de visitantes. 😀

  36. Avatar

    Para mim SEO é superação. Não somente superar seus concorrentes, mas superar a si mesmo em constante evolução.

  37. Avatar

    SEO ou não SEO, eis a divulgação…

  38. Avatar

    SEO é um conjunto de práticas de otimização que tem como objetivo aumentar o tráfego e a conversão de um site.

  39. Avatar

    A muito tempo colocamos robôs para trabalhar como pessoas, agora temos que fazer o contrário.

    Seo é o ato pensar como um robô para ganhar relevância e dinheiro e, acima de tudo, é uma competição sem fim para ver quem é o melhor naquilo que faz.

  40. Avatar

    Fazer SEO é fazer com que um livro esquecido se torne um BEST SELLER!

  41. Avatar

    SEO, é querer ser encontrado e saber o que informar, é promover, divulgar, facilitar, abrir para que a sua informação chegue aonde ela ainda não chegou e pode estar. em outras palavras é a eficiência que somente com um mestreseo poderemos alcançar!

  42. Avatar

    SEO não é apenas uma forma de otimizar os sites para melhorarem seus resultados nos sites de buscas, é também melhorar e adequar seu conteúdo de uma forma que seja mais rentável e que atraia mais usuários interessados naquilo que foi pesquisado, é uma otimização constante, em busca da melhor posição e conteúdo.

  43. Avatar

    Trabalhar com SEO para mim é a mesma coisa que viver …

    Sempre posso escolher entre permanecer dentro das regras ou não … cada opção com sua conseqüência e resultado …
    (e se ver meus “inimigos” burlando as regras posso chamar OS HOMI)
    =D

  44. Avatar

    SEO é o sinônimo de sucesso!

  45. Avatar

    SEO pra mim é a diferença entre um site “bonitinho” e um site que funciona pra valer!

  46. Avatar

    SEO para mim é como uma corrida. Agente estuda um monte, analisa o que os melhores estão fazendo, turbina o blog/site e passa a frente dos primeiros! o/

    SEO é estratégia!

  47. Avatar

    SEO é para onde (acho que)irei quando morrer… é [S]ÉRIO,[E]NTENDEU?[O]K!

  48. Avatar

    Nos dias de hoje, SEO é uma inteligente estratégia para obter bons e eficientes resultados na otimização do seu site.
    Com um importante passo de não deixar os clientes procuprando uma “agulha no palheiro” e sim facilitar sua busca pelo produto esperado.

  49. Avatar

    SEO é tudo, tentar definí-lo é errado e todos que tentam sempre esquecem de algo.

    Acessibilidade, usabilidade, links, experiência do usuário, conteúdo, relevância e conversão são algumas das palavras-chaves de qualquer definição de SEO, a partir delas é possível gerar infinitas definições e nunca estar certo.

    SEO é tudo. E tudo é muito importante.

  50. Avatar

    SEO? não!
    que tal SEVOCES me escolherem para este curso?

  51. Avatar

    Oba! Promoção. hehe… participo de todas!!!

    Já paguei a inscrição faz um tempo, mas to torcendo para alguém que precise muito do curso ganhar.

    Sucesso nas frases pessoal!!! Abraços e até dia 20.

    Sergio Ronei

  52. Avatar

    SEO é conversão!
    É tornar-se disponível para todos aqueles que precisam do que você (pessoa ou empresa) tem a oferecer através de um website.
    SEO faz o encontre entre os interessados e deve vingar o objetivo principal, converter!

  53. Avatar

    É simples.
    Pra mim, o SEO é o limite.

  54. Avatar

    SEO é abrir portas para o seu négócio!

  55. Avatar

    SEO é essa promoção para “o que é seo” de um artigo de 2007.

  56. Avatar

    SEO é ensinar a um bit como funciona um neurônio.

  57. Avatar

    #SEO é algo assim

    User-Agent: *
    Allow: /white-hat
    Disallow: /black-hat

  58. Avatar

    “Site Efecientemente Organizado”

  59. Avatar

    SEO é como um plano diretor de urbanismo para uma cidade virtual.

  60. Avatar

    De nada vale criar um site legal se os visitantes são raros, para isso existe o SEO.

  61. Avatar

    O que é SEO para mim?

    Até um tempo atrás não era NADA!

    De repente virou uma coisa LEGAL;

    Quando percebi eu estava ENVOLVIDO…

    Hoje sou DEPENDENTE.

    SEO está mudando a minha vida pessoal e profissional. Agora eu posso encher a boca e dizer: Encontrei a minha profissão – “SOU SEO”.

    SOU SEO!

  62. Avatar

    SEO é conversão. Conversão é uma mudança de comportamento. Mudança essa que visa trazer visibilidade à qualidade.

  63. Avatar

    SEO são técnicas de otimização realizadas em um site cujas funções são de aumentar a relevância de um site e melhorar o posicionamento da classificação de resultados nos buscadores (google, yahoo, bing). Tais técnicas que vão desde a restruturação de tags htmls a ações externas,se usadas de maneiras corretas, contribuem para se obter um melhor ROI através de uma melhor qualidade do público que visita seu site.Se o usuário quer achar algo, ele achará mais facilmente.

  64. Avatar

    Definir metas, organizar para iniciar, desenvolver utilizando as melhores práticas, concluído o projeto, analíse os resultados, otimize para alianhar as metas esperadas e atualize constantemente. Para mim, isto é SEO.

  65. Avatar

    SEO é uma forma inteligente e eficaz de fazer um tipo de site se destacar dentre os demais com conteúdos relevantes e um bom desenvolvimento por trás desses conteúdos.

  66. Avatar

    Pô, o que é SEO pra mim,é um presente ué!
    rsrs
    Abraço

  67. Avatar

    SEO é hoje o maior diferencial competitivo na web das empresas que desejam fazer publicidade.

  68. Avatar

    “O que é SEO para você?”
    Hummm…. o que é SEO? Não sei….. depois do curso eu te explico!!!!

  69. Avatar

    SEO é não colocar a melancia na cabeça para aparecer…

  70. Avatar

    O SEO é o caminho dos cegos no mundo dos bits.

  71. Avatar

    Seo para mim é algo que é essencial a vida útil de um site ou serviço na internet. Sem ele é morte certa.
    E to aqui pedindo a papai do seo para ter a sorte de ser sorteado, porque quem melhor para ensinar seo do que o mestreseo?

    Abraços!

  72. Avatar

    Céu, Siou, Éssiou, não sei, quero ir para o curso aprender rsrs 😛

  73. Avatar

    SEO pra mim é muito mais do que atrair visitantes para determinados sites. SEO é a maneira correta de pensar o desenvolvimento para web, classificar as informações, organizar de forma eficiente o rico conteúdo digital tornando mais fácil a vida de quem busca informações relevantes e de que as oferece de maneira eficiente. SEO é uma contribuição para uma web cada dia melhor.

  74. Avatar

    Quem faz SEO é como o Papa-Léguas. Está sempre na frente!

  75. Avatar

    SEO é ficar horas e horas na frente do computador estudando sobre o “Jaison” e comemorar quando ganhamos uma posição do concorrente. E claro ainda ser remunerado por isso.

  76. Avatar

    SEO é conversão!

  77. Avatar

    SEO é a arte de “manipular” resultados afim de melhorar o posicionamento de um site nos buscadores.

    Abs 🙂

  78. Avatar

    O bom SEO deveria ser chamado de Pastor das buscas, tem todo o poder de conversão!

  79. Avatar

    SEO para mim é única ciência da informática que não é exata.

    Me sinto um médico fazendo suposições de qual doença tem aquela página. Rsrs

  80. Avatar

    SEO é a ajuda que a gente dá pro Google mostrar resultados relevantes para o usuário, ou seja, trabalhamos para o Google.

  81. Avatar

    É como jogar War com palavras chaves, vence quem tem a melhor estratégia.

  82. Avatar

    Se title e alt é para fraco, keyword só com dicionário, Xhtml não é validado, css é inválido, sitemap um barato, orgânico é mato ? SEO para sair do anonimato…

  83. Avatar

    SEO pra mim tem que ser bem feito. E um SEO bem feito é como entrar em uma corrida com uma ferrari. Logo SEO pra mim é uma ferrari

  84. Avatar

    SEO pra mim é olhar para números e enxergar comportamentos. Um “mestreseo” mais do que cliques lê pessoas…

  85. Avatar

    SEO para mim é uma Ciência, onde muito estudo é sempre necessário !

  86. Avatar

    SEO seu site aparece, é por que você manja de SEO senão não!

    Deus abençoe!

  87. Avatar

    É a Bolsa de valores dos buscadores.

  88. Avatar

    SEO é ficar cara a cara com o inimigo todo dia, se você ainda acredita no Yahoo e no Bing você é a resistência…

  89. Avatar

    SEO é a fórmula 1 da web: a busca pelo lugar mais alto do podium.

  90. Avatar

    Bom, não conheço nada de SEO, estou iniciando em alguns Tutoriais/ Dicas que o blog mesmo nos proporciona.

    O que é SEO para você? Pra mim, SEO é a melhoria, o aperfeitoamento para que robos encontre o site mais rapido, isso significa uma constante atualização de conhecimentos do desenvolvedor, para sempre, e sempre melhorar as linhas do site ou blog, por isso, esses cursos foram criados.

  91. Avatar

    SEO é entender o que a pessoa quer e fazer com que os mecanismos de busca encontre o melhor site que responda essa pessoa.

  92. Avatar

    SEO acho que é o possicionamento de um um site nos buscadores de pesquisas como o Google, Bing, Uol, Yahoo, Ig, terra e outros mais.

  93. Avatar

    Vamos lá, quando vejo falar em SEO só me vêm a cabeça DESAFIO, pois essa simples sigla de 3 letras tem um significado enorme em otimização de sites, pois te trata de uma otimização de todo seu conteudo no site e também criar uma boa “vizinhança”. Pois como numa sociedade, quanto mais popular vc for, mais facil de ser encontrado.

    Esse foi um breve texto tentado ganhar essa promoção.

  94. Avatar

    AEEEEEEEEEEEEEEEEEE
    AEEEEEEEEEEEEEEEEEE
    AEEEEEEEEEEEEEEEEEE

    Valeu galera!!

  95. Avatar

    Parabens ao vencedor.. mas convenhamos.. realmente poucos sabem o que é SEO ou entao ta de palhaçada nas frase.. tem cada retardado :/

    • Avatar

      O importante é que todo mundo deu a cara a tapa, gastou a criatividade e se divertiu por aqui.

    • Avatar

      E voltamos ao velho problema dos “Anonymous” … quando for dar o a opinião, coloque seu nome ao lado para todos sabermos que você pensa deste modo …

      “O que é SEO para você ?” … cada pessoa com a sua percepção da realidade tem uma opinião sobre o assunto … e agora eu te pergunto … Quem é você para julgar a correta ?

      • Avatar

        E quem é você para julgá-lo? Opinião é algo, já o “correto” é inquestionável.

        Não existe “SEO para mim é.” mas para mim SEO é…”
        SEO é apenas uma coisa: Otimização para motores de busca/pesquisas. Otimização para usuário é outro assunto.

  96. Avatar

    Quem ganhou??
    Qual foi a frase?

    • Avatar

      Rodrigo Roglio, está no fim do artigo! =)

  97. Avatar

    Comentários “Anonymous” não merecem atenção, noindex e nofollow pra você.

  98. Avatar

    SEO são técnicas regulamentares que comprovam a qualidade do conteúdo apresentado.

    Se você tem um ótimo site, com um ótimo conteúdo e precisa otimizar seus resultados, SEO!!!

  99. Avatar

    Excelente artigo.

  100. Avatar

    Opa Fabio tudo certo?
    Estou com uma dúvida, tenho um blog normal, porém quero fazer uma área de conteúdo adulto, mas nao junto, qro fazer uma área só pra ele e tal, algo desse tipo.

    Pode prejudicar o SEO isso?
    Como posso fazer para que nao prejudique por ter pornografia?

  101. Avatar

    Todo mundo que se interessa um pouco mais sobre a blogosfera acaba descobrindo o SEO, que é uma ferramenta indispensável pra quem quer crescer nessa area.
    Otimo post, Concerteza esclarece (claramente,rs) muitas dúvidas sobre o SEO e como utilizar bem esse recurso, eu não conhecia nada sobre SEO, nada. Mais agora esse vai ser um dos assuntos que eu irei estudar no momento.

    Abraço, Vitor Dutra

  102. Avatar

    Todo mundo que se interessa um pouco mais sobre a blogosfera acaba descobrindo o SEO, que é uma ferramenta indispensável pra quem quer crescer nessa area.
    Otimo post, Com certeza esclarece (claramente,rs) muitas dúvidas sobre o SEO e como utilizar bem esse recurso, eu não conhecia nada sobre SEO, nada. Mais agora esse vai ser um dos assuntos que eu irei estudar.

    Abraço, Vitor Dutra

  103. Avatar

    O Seo é o limite! (rs)

    Sem seo não há tráfego, nao há assinantes, não há vendas e não há programas afiliados que resista!

    Parabéns pelo site e obrigado pelo artigo!

  104. Avatar

    OLA GOSTARIA DE UMA RECOMENDAÇÃO DE LIVRO SOBRE SEO…..

    ABRAÇOS

    PARABENS PELO POST..

  105. Avatar

    é só para agradecer… valiosas dicas!!! sou artista plástica, em alfabetização em blogs, segui os conselhos e deu certo!!!! Parabéns!!!

  106. Avatar

    Realmente o site que não praticar SEO está condenado a ficar atrás nos maiores buscadores. com este artigo acredito que no mínimo vai me dar um conhecimento maior para que eu possa tomar uma atitude para tentar alavancar meu negócio. vou ler mais artigos para ver no que é que eu posso melhorar o meu negocio.

  107. Avatar

    Resolvi de uma vez por todas aprender SEO, saber exatamente o que significa. Então decidi criar um blog pois só escrevendo sobre o que é SEO é que vou conseguir aprender, ainda mais que descobri a MESTRE SEO , vocês são demais no que fazem, têm excelentes artigos ,acho que poderei aprender muito aqui. É claro não copiarei nada, apenas aprender , e tirar as minha proprias conclusões. e se por ventura copiar algo, podem ter certeza de que citarei a fonte, e colocaremos um link ,para o artigo mencionado. mais uma vez obrigado!!!

  108. Avatar

    Sem dúvida este site já estará em meus favoritos.
    Excelente conteúdo com dicas valiosas.

    Muito obrigado.

    Att,

  109. Avatar

    Muito bom o conteúdo do site, estou postando isso após gastar algumas horas lendo atenciosamente a apresentação disponível nessa página. O mínimo que eu poderia fazer era comentar aqui.

  110. Avatar

    Sou um estudioso sobre o assunto e ate hoje na net não achei nenhum site com tanta riqueza sobre o assunto sem falar na organização parabéns para o mestreseo

  111. Avatar

    Muito bom, estou melhorando meu blog !

  112. Avatar

    Muito bom! Estou aprendendo cada vez mais sobre SEO e agora estou mais interessada do que nunca! Parabéns!

  113. Avatar

    Muito interessante essa dicas sobre Seo. Realmente o site aqui é muito profissional e instrutivo. Tenha uma boa semana e abraços ao autor.
    Gustavo/RS

  114. Avatar

    Legal, da pra entender bem o que é SEO.

    Eu já até que mando bem nos fatores on-page mas preciso aprender como conseguir backlinks, sei que é através de conteúdo de qualidade, mas sempre fico com dúvida como promover esse conteúdo? Pois para alguém linkar para um post por exemplo, essa pessoa tem que ler o post antes né? e se meu site não aparece no Google como irão ter acesso ao meu conteúdo?

  115. Avatar

    Muito bom o artigo, nos ajuda muito a melhorar nossos sites e trabalho.

  116. Avatar

    SEO é fascinante porque é um aprendizado contínuo.

  117. Avatar

    É lendo artigos como esse sobre SEO que venho aprendendo cada vez mais.

  118. Avatar

    estou gostando e comecei a melhorar os meus post através se SEO e ja estou vendo resultado e quero aprender mais vale apena

  119. Avatar

    Muito interessante o post. vlw por compartilhar 😀

  120. Avatar

    Muito bom essas dicas de seo estou a cada dia mais melhorando meu Blog..

  121. Avatar

    Um Site bem otimizado é uma maravilha para os buscadores, recomendo usar o WordPress tem ótimos plugins para o SEO

  122. Avatar

    Dicas excelentes! Acho aqui muito assunto relevante e de altíssima qualidade. Obrigado por compartilhar seus conhecimentos.

  123. Avatar

    Trabalhar no SEO do blog é a mesma coisa que limpar sua casa, se fizer direito, quem vai lhe visitar, sempre irá querer voltar.

  124. Avatar

    Muito Obrigado fabio .
    Você não poderia ter dito melhor.
    Tão verdadeiro e direto ao ponto palestra sobre seo

  125. Avatar

    Sem dúvidas um bom SEO é fundamental, mesmo sendo de longo prazo trará resultados consistentes com o tempo!

  126. Avatar

    Venho trabalhando com SEO a mais de um ano é so tenho a agradecer, acredito que SEO seja um oceano azul de oportunidades para trabalhar em qualquer nicho de mercado fisico ou online!

    Quem souber SEO vai ganhar muita grana ainda!

  127. Avatar

    Eu tenho uma crença ilimitada em SEO. Até porque por ele eu tenho tido bons resultados em pouco tempo. Espero a cada dia, com artigos como esse, ganhar mais conhecimento e consolidar o meu negócio. Obrigado pelo conteúdo compartilhado.

  128. Avatar

    Olá, tudo bem?
    Gostei muito do seu artigo.
    Estou no meio de um curso de SEO e estou amando, é trabalhoso, mas está valendo a pena.
    Acho que se você fizer tudo direitinho, com constância, você consegue resultados maravilhosos e não precisa gastar dinheiro com tráfego pago.
    Valeu muito!

  129. Avatar

    Muito interessante seu artigo, não conhecia SEO mas agora estou sabendo e gostaria mt de aprofundar nesse assunto, obg.

  130. Avatar

    Eu sou iniciante no Marketing Digital ,e achei esse blog .Gostaria de saber se alguma coisa mudou com relação aos e-books que estão disponíveis e os artigos que ensinam sobre o Seo?

    • Avatar

      Os ebooks que mencionamos estão super atualizados. Baixe à vontade!

  131. Avatar

    Melhor explicação de SEO que já vi. Parabéns.

  132. Avatar

    Qual é o Curso que você disse no vídeo de SEO ? |Quero saber mais, sobre esse curso.

  133. Avatar

    excelente conteudo, me ajudou muito, obrigado

  134. Avatar

    Conteúdo de muita qualidade, valeu por compartilhar!

  135. Avatar

    Conteúdo do artigo impecável. Aprendi muito, ganhou mais um visitante.

  136. Avatar

    Opa Fabio, caramba quanto conteúdo! Muito bom valeu

  137. Avatar

    Vlw, todo seu conteúdo e as vídeo aulas me ajudaram bastante com meu curso e prova.

Os comentários estão fechados.

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?