Estatísticas Sobre As Pesquisas No Google Para Utilizar em 2022

Por Raquel Pereira

Marketing Digital

Estatísticas Sobre As Pesquisas No Google Para Utilizar em 2022

O Oberlo publicou, em janeiro, um infográfico com as 10 principais estatísticas sobre a pesquisa do Google. Veja como você pode utilizá-las.

Raquel Pereira

Em janeiro deste ano, a equipe do Oberlo compartilhou diversos insights importantes sobre o uso da pesquisa do Google que podem impactar suas ações de Marketing em 2022.

O blog do Oberlo publicou, em janeiro deste ano, um infográfico com as 10 principais estatísticas sobre a pesquisa do Google. O objetivo do relatório é ilustrar o comportamento de busca dos usuários, através de dados úteis para os profissionais de marketing digital.

Além disso, as informações apresentadas podem ser utilizadas para compreender tendências de busca, identificar pontos de otimização em seu site e oferecer uma experiência mais completa aos usuários que encontram suas páginas através do Google.

Para elaboração do material, foram analisadas as tendências gerais de uso do buscador, pesquisas populares, o valor do Google em relação ao tráfego de referência e diversos dados de ferramentas de inspeção do buscador.

O que dizem as estatísticas?

De acordo com o infográfico, as principais estatísticas do Google para 2022 são:

  • o Google foi visitado 89,3 bilhões de vezes em dezembro de 2021, se tornando o site mais visitado no mundo;
  • o Google tem 91,9% da participação de mercado, em janeiro de 2022;
  • o Google processa mais de 8,5 bilhões de pesquisas por dia;
  • mais de um bilhão de perguntas foram feitas no Google Lens;
  • 63% do tráfego de pesquisa orgânica do Google, nos EUA, originou-se de dispositivos móveis;
  • “Facebook” foi a palavra-chave mais pesquisada no Google;
  • 84% dos entrevistados usam o Google mais de 3 vezes por dia;
  • 46% das pesquisas de produtos começam no Google;
  • 90% dos entrevistados disseram que provavelmente clicariam no primeiro conjunto de resultados;
  • a pesquisa orgânica produziu 23% de todas as visitas ao site.

O Google domina o mercado de buscadores

Além de ser o site mais visitado no mundo, o Google também lidera o mercado de buscadores, com 91,9% de participação. Neste cenário, outros buscadores como Bing e Yahoo, que têm 2,88% e 1,51% respectivamente, enfrentam grandes dificuldades para atingir o nível do Google.

Um ponto relevante é que, de acordo com um estudo realizado pela Ahrefs, 16% do tráfego orgânico do Google, nos EUA, vem de pesquisas pelo termo “Google”. Esse percentual pode indicar que, parte do crescimento exponencial do buscador está relacionado ao comportamento dos usuários.

A jornada de compra começa no Google?

Quase metade das pesquisas por produtos (46%) começam no Google. Atualmente, o Google perde apenas para a Amazon, que detém 54% das pesquisas.

Saber de onde partem as pesquisas por produtos é importante para os profissionais de marketing, que buscam compreender a jornada do consumidor e como podem facilitar o processo até o momento de decisão de compra. Dessa forma, é possível identificar as informações que os usuários precisam e analisar os impactos que suas ações terão ao longo do processo.

Além disso, conhecendo melhor a jornada poderão otimizar suas estratégias de SEO, utilizando os termos mais buscados pela persona do negócio, em cada etapa da jornada de compra. Visto que 90% dos entrevistados disseram que clicariam no primeiro conjunto de resultados, ter páginas bem posicionadas no buscador é fundamental para alcançar mais leads com o perfil ideal.

O futuro do Google é mobile

Pesquisas no GoogleAtualmente, o Google processa mais de 8,5 bilhões de pesquisas por dia e 63% do tráfego de pesquisa orgânica é através de dispositivos móveis. A pesquisa por localização é a mais comum entre os resultados para mobile, indicando que os usuários procuram respostas para uma consulta específica, que não incluem assuntos complexos.

Além disso, poucos anos após o lançamento do Google Lens já foram registradas mais de um bilhão de perguntas utilizando o recurso, disponível apenas para dispositivos móveis. Isso mostra que os usuários estão buscando formas “não convencionais” de encontrar respostas no buscador.

Por que tudo isso é importante? Recentemente, o Google começou a testar um novo layout para resultados de buscas locais, com base no aumento desse tipo de pesquisa. O buscador realiza suas atualizações com base na experiência do usuário e, muitas vezes, essas mudanças impactam seu negócio.

Essas tendências abrem um leque de possibilidades para os profissionais de marketing digital, pois mostra como as mudanças no comportamento do consumidor impactam, não somente os resultados de busca, mas também o seu negócio.

Quer receber atualizações semanais, com dados relevantes para o seu negócio? Faça parte da nossa lista VIP!

LEIA MAIS

Google Shopping: O Que é e Como Funciona?

Saiba mais sobre o Google Shopping e saiba porque você precisa anunciar produtos nessa plataforma para atrair mais compradores para seu e-commerce.

O que é SEM?

Entenda mais sobre o que é SEM, o conjunto de técnicas para melhorar o posicionamento do seu site nos resultados de busca!

O Que é Inbound Marketing: Guia Definitivo e Completo

O Inbound Marketing é hoje uma das melhores estratégias de Marketing Digital do mercado. Saiba como essa metodologia funciona e como você pode aplicar isso em seu negócio agora mesmo.

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?