Você sabe o que deve ser feito para o seu site aparecer nas buscas? Muitas pessoas acham que colocar o Google Analytics (GA) é a grande solução. Porém, um estudo mostra que não é bem assim. Confira, a seguir, mais detalhes do teste feito por profissionais de SEO, que tenta mostrar qual o comportamento do Google frente a algumas informações.

Conheça o Estudo de Eric Enge

O estudo que citamos logo no início deste artigo foi realizado por Eric Enge, autor do livro “A Arte de SEO”, juntamente com outros profissionais notáveis da área de SEO e Analytics, que tentam determinar e realizar estudos para provar alguma hipótese. E a hipótese em questão foi: será que o Google utiliza dados do Analytics para descobrir novas páginas na internet, ou seja, para fazer o seu site aparecer no Google?

O fato é que o GA é a ferramenta mais utilizada no mundo para mensuração de dados e pertence justamente ao Google. Então, existem diversas teorias da conspiração que dizem que a instalação do código do GA no site possibilita a identificação dele pelo robô do Google. Mas será que é assim mesmo?

Descubra o Resultado dos Testes

Para descobrir se essa teoria é verídica ou não, foi criada uma metodologia específica para o assunto. Os profissionais envolvidos no estudo criaram uma página, colocaram o código do Analytics, fizeram grupos de páginas diferentes, pediram para as pessoas acessarem os sites e realizaram diversos outros testes.

Diante de tudo isso, eles perceberam que, mesmo com o código do GA instalado nas novas páginas testadas, nenhuma atividade do robô do Google foi detectada, ou seja, o GA não fornece esse tipo de informação para o Google descobrir novas páginas na internet. Portanto, é bem seguro colocar um site em ambiente de homologação e já inserir também o GA, pois o Google não vai descobrir as páginas de uma vez só.

Outra Possibilidade: o Chrome Faz Seu Site Aparecer nas Buscas?

Muitas pessoas também têm dúvidas sobre a possibilidade do Chrome ser usado com o mesmo propósito: fazer o seu site aparecer nas buscas. No entanto, também já existe um estudo sobre o assunto, realizado pelo mesmo grupo de pessoas. O testes mostraram o mesmo resultado anterior. O Google não utiliza os dados dos acessos feitos pelo Chrome para indexar novas páginas, isto é, para ler ou descobrir novos sites.

Passos Para Indexar Páginas no Google

Diante dos resultados apresentados, nosso CEO, Fábio Ricotta, separou algumas dicas que podem ajudar a fazer o seu site aparecer nas buscas. Veja quais são elas:

1. Cadastre-se no Google Search Console

Seja em um site novo ou antigo, o primeiro passo para que ele seja indexado é fazer um cadastro no Google Search Console, uma ferramenta gratuita que permite que você carregue o seu arquivo de sitemap.xml, solicitando ao Google a visitação das páginas lá cadastradas.

2. Use a Ferramenta de Ping-o-Matic

Outra forma de chamar o robô do Google para ler o seu site é utilizar a ferramenta Ping-o-Matic, que também é gratuita. Nela você coloca a URL de uma página e a ferramenta vai pingar todos os serviços que leem informação na internet. Um deles é o Google, que recebe uma simples chamada avisando sobre a nova página.

Quem já usa o WordPress não precisa se preocupar com esse detalhe, pois ele já tem um sistema de ping, que faz o processo automaticamente. Porém, se achar necessário, também é possível fazer isso de forma manual.

3. Utilize uma Ferramenta do Próprio Google

No Brasil, você pode, ainda, utilizar a ferramenta do Google para adicionar/atualizar sua URL. Assim, consegue apontar para esse buscador exatamente o que deve ser lido. Embora não exista uma garantia de que as páginas enviadas serão indexadas, essa é uma forma de fazer o robô passar pelos seus conteúdos.

Gostou das dicas? Então continue navegando no blog da Agência Mestre e descubra muito mais!