Meta Description

Olá leitores da Mestre,

Um dos pontos fundamentais quando ensinamos SEO ou executamos um projeto de SEO é um elemento muito conhecido, chamado de meta description.

Definimos em SEO, que a meta description é uma tag de marcação onde o webmaster indica à ferramenta de busca um “mini-resumo” sobre a página. Em seguida, o mecanismo de busca lê esta informação e exibe em seu resultado de busca, quando entender que este “mini-resumo” faz sentido para o termo que o usuário está pesquisando.

Meta Description

No código fonte da página, a meta description é inserida com a seguinte formatação:

Meta Description - O Código Fonte

A Importância e Forma de Uso da Meta Description

A meta description é essencialmente para o usuário, não sendo um fator de rankeamento, ou seja, o que você escrever nela não irá influenciar no seu posicionamento. Assim, o foco principal da meta description gira nos seguintes pontos:

  • Descrever o conteúdo da página com precisão e sucintamente
  • Servir de uma pequena propaganda para atrair mais usuários através da busca orgânica

Essencialmente, em um projeto de SEO, escrever uma boa meta description para uma página pode contribuir com uma quantidade maior de cliques de usuários, desde que esta meta description seja bem atrativa.

7 dicas de para Meta Description

1. Dizer a Verdade

Descreva honestamente o conteúdo, sem tentar enganar o usuário ou o buscador. O importante aqui é ser persuasivo, mas sem perder o foco em informar o usuário sobre o que ele vai encontrar ao clicar no seu link.

2. 153 Caracteres

Recomendamos que normalmente a meta description não tenha mais de 153 caracteres. Isto por que a maioria dos buscadores exibem esta quantidade de caracteres e caso ultrapasse, eles irão incluir reticências (…).

3. Propaganda

A meta description perfeita deve ser apelativa e informativa. Apelativa no sentido de chamar e prender a atenção do usuário. Recomendamos muito o uso de call-to-action no final da meta description para que você encerre o “texto” com uma chamativa ao usuário.

4. Testar

É interessante ainda testar as meta descriptions frente aos resultados obtidos nos mecanismos de busca. Fazer alterações e avaliar o retorno baseado nas taxas de cliques nos resultados (CTR). Utilizamos exatamente os dados de CTR fornecidos dentro do Google Search Console.

5. Anúncios x Meta Descriptions

Ainda que se pareçam, um bom anúncio no Google Adwords não necessariamente se transformará em uma ótima meta description e vice-versa. Seria lógico pensar assim, mas as pessoas enxergam as coisas de modo diferente, por isto é importante testar ambos para saber se realmente funcionam.

6. Palavras-chave

Ainda que a meta description não seja um fator de rankeamento, você pode fazer uso de palavras-chave pois elas normalmente são marcadas em negrito para os usuários, dando um reforço visual para o usuário. Contudo, você precisa entender que se você exagerar no uso de palavras-chave, os mecanismos de busca podem optar por não exibir a sua meta description. Assim, a recomendação é que elas apareçam naturalmente, dentro do contexto da descrição da página.

7. Usar sempre?

Ainda que você tenha a opção de incluir ou não uma meta description em cada página, recomendamos que sempre você crie uma meta description, fazendo com que as suas chances de receber um clique aumentem. Uma forma de encontrar quais páginas não possuem meta descriptions é através do Google Search Console.

Quais CTAs (call-to-action) usar?

Uma pergunta que sempre recebemos quando falamos da dica número 3 (acima) é: quais call-to-actions/gatilhos posso utilizar em uma meta description? A resposta é que não existe uma receita de bolo mas podemos mostrar algumas que sempre utilizamos em nossos projetos. São elas:

  • Compre agora
  • Compre já
  • Cadastre-se
  • Frete grátis
  • Parcele em 3x
  • Preço baixo
  • Veja o preço
  • Clique e confira
  • Clique já
  • Somente hoje

Agora é mão na massa!

Espero que com este artigo você tenha uma noção clara de que a meta description é essencialmente para usuários, desta forma, você precisa preocupar-se em criar um texto bem descritivo e persuasivo, atraindo bem os cliques na busca orgânica.

Gostou do artigo ou ficou com dúvidas? Deixe sua opinião ou dúvida nos comentários abaixo!