Marketing de Conteúdo

Artigos Colaborativos no LinkedIn Terão Maior Visibilidade

Por Raquel Pereira

Encontre novas ideias de conteúdo, tire suas dúvidas e colabore com a maior rede social profissional. Conheça os Artigos Colaborativos do LinkedIn.

Raquel Pereira

Segundo comunicado pelo LinkedIn na última quinta-feira (19), as publicações no formato “Artigo Colaborativo” agora serão potencializadas nos resultados de pesquisa da rede social profissional.

Entenda como funciona esse formato de conteúdo e quais as possibilidades de utilização para aumentar seu alcance na rede social:

O que são Artigos Colaborativos no LinkedIn?

O novo formato, anunciado pelo LinkedIn em março deste ano, consiste em uma forma diferente de compartilhar conteúdos.

Segundo a rede social profissional, os “artigos colaborativos” foram desenvolvidos com o objetivo de ajudar especialistas, consultores e profissionais de todas as áreas que possuem um perfil ativo no LinkedIn a ampliar seu alcance, visibilidade e engajamento.

Basicamente, os usuários podem acessar qualquer página de habilidades do LinkedIn e encontrar diversos artigos que foram escritos com o apoio de outros profissionais selecionados.

“Os artigos colaborativos são um novo tipo de artigo, publicado pelo LinkedIn com insights da comunidade do LinkedIn. Esses artigos começam como iniciadores de conversa com tecnologia de IA, desenvolvidos com nossa equipe editorial, mas não ficam completos sem as perspectivas de especialistas como você. Estamos convidando você a compartilhar suas próprias ideias, exemplos e experiências pessoais diretamente nas seções dos artigos, para que nossos membros possam aprender com você.”

Conforme você viu na imagem acima, este é um formato de conteúdo que engloba a expertise de diversas pessoas, de forma que os usuários possam encontrar mais de uma visão sobre o tema e, dessa forma, ampliar seu conhecimento sobre cada tópico.

Leia também: Como Usar o LinkedIn na Sua Estratégia Digital

Qualquer pessoa pode criar um “Artigo Colaborativo” ou colaborar em um artigo do LinkedIn?

Não, até o momento, apenas o LinkedIn pode criar artigos colaborativos e selecionar os usuários que terão suas colaborações aparecendo em cada artigo.

No entanto, os demais usuários podem interagir com as colaborações, reagindo e avaliando a qualidade geral do artigo. Além disso, todos podem compartilhar e comentar sobre o artigo em seus perfis pessoais.

Leia também: O Melhor Conteúdo Para o LinkedIn em 2022

LinkedIn está incentivando que os usuários contribuam em seus artigos

Como dito anteriormente, o LinkedIn possui um processo para definir quais usuários podem contribuir em seus artigos, principalmente, para manter a qualidade do conteúdo. No entanto, alguns tópicos parecem não ter muita colaboração por parte dos usuários.

Para mudar essa realidade, o LinkedIn está planejando incluir mais artigos colaborativos como resultados de pesquisa para problemas ou tópicos específicos dentro da rede social. Assim, os usuários que contribuem para um artigo colaborativo, podem aumentar suas chances de aparecer nos resultados de pesquisa do LinkedIn.

Além disso, outras formas que o LinkedIn está testando para aumentar a visibilidade dos colaboradores de artigos colaborativos são:

  • exibir a contribuição para pessoas fora da rede do contribuinte, e não apenas pessoas com as quais ele já está previamente conectado;
  • notificar aos membros que podem “se beneficiariam” com sua experiência, selecionando pessoas com skills e interesses semelhantes e exibindo seus conteúdos na aba de notificações.

Novidades anunciadas para os Artigos Colaborativos do LinkedIn?

Pensando em elevar a contribuição dos usuários em seus artigos, o LinkedIn também está explorando uma diversidade de novos recursos. Conforme anunciado pela rede social profissional, isso inclui:

Nova aparência dos Artigos Colaborativos do LinkedIn

A rede social profissional está lançando um novo layout para os artigos colaborativos, agora, colocando mais foco nas contribuições dos usuários em comparação ao texto baseado em IA.

Além disso, o LinkedIn incluiu uma nova seção de “Principais colaborações”, logo no topo da página. Nesse espaço, as histórias com maior relevância serão apresentadas logo que o usuário chega ao artigo.

E, para ajudar os colaboradores a conquistar essa relevância, o LinkedIn também está incluindo novas reações e uma navegação aprimorada, para que os usuários possam ler mais colaborações de uma vez.

Melhores artigos e maior correspondência com a pesquisa no LinkedIn

Os usuários relataram ao LinkedIn que estavam com dificuldades para identificar os tópicos, visto que – atualmente – a plataforma já conta com mais de 2.500 artigos colaborativos.

Por isso, foram adicionados novos recursos para aprimorar a correspondência do conteúdo ao interesse do usuário, como:

  • Artigos melhores: a equipe editorial do LinkedIn tem trabalhado para aprimorar a geração de conteúdo com IA e identificar pontos de melhoria no artigo original;
  • Compartilhe suas preferências: os usuários podem escolher as habilidades com as quais deseja contribuir, preenchendo a seção “Principais habilidades” do perfil;
  • Aprendendo com seu outro trabalho: o LinkedIn está trabalhando para melhorar a recomendação de artigos colaborativos, com base no interesse dos usuários (que escrevem e leem os conteúdos).

Além disso, os colaboradores do LinkedIn agora terão novas oportunidades e recompensas, como o novo selo de “Voz da Comunidade” e mais alcance no feed, nas pesquisas e nas notificações.

Como isso pode impactar o seu negócio?

Para os profissionais freelancer, consultores de negócios e especialistas de empresas, ser selecionado como contribuinte do LinkedIn para um dos seus Artigos Colaborativos pode ser muito relevante, principalmente, quando pensamos na visibilidade do seu perfil.

Além disso, a VP de Branding da SEMrush mostra que – para o LinkedIn – essa tem sido uma excelente oportunidade de SEO:

Conforme compartilhado por ela, “esta foi uma campanha UGC brilhante e de muito sucesso do LinkedIn”. Mas, como você pode aproveitar esse recurso para elevar o tráfego orgânico do seu próprio site?

Encontre ideias de conteúdo com base em contribuições

Os conteúdos gerados nas contribuições dos artigos são uma ótima fonte de inspiração de “conteúdo gerado pelo usuário”. Basicamente, todos os conteúdos compartilhados ali compartilham experiências, insights e estratégias que os especialistas daquela área em específico consideram relevantes para os usuários.

Além disso, muitos usuários compartilham dúvidas que podem ser esclarecidas pelos demais colaboradores daquele artigo. E, certamente, se os usuários estão buscando por esses assuntos no LinkedIn, eles também pesquisam no Google.

Obviamente, você não deve copiar esses conteúdos ou tentar utilizá-los sem uma menção ao conteúdo original, mas pode encontrar as dúvidas e temas de interesse da sua audiência nesse canal e gerar um conteúdo novo e relevante para ela.

Precisa de ajuda com o Marketing de Conteúdo do seu negócio?

Aqui na Agência Mestre, nós entendemos a importância de uma estratégia de Marketing de Conteúdo consistente e eficiente. Essa é a única forma de alcançar metas audaciosas e conquistar – realmente – a atenção da audiência no meio digital.

Conheça nossos serviços de Marketing de Conteúdo e entenda como a Agência Mestre pode te ajudar a crescer no meio digital, com a criação e publicação eficiente de conteúdos que agregam valor para a sua audiência.

LEIA MAIS

4 Dicas Simples e Infalíveis Para Ter Ideias de Conteúdos

Quem é jornalista ou redator Web, geralmente acaba ficando sem ideias de conteúdo, não é mesmo? Por isso, trouxemos um post com 4 dicas infalíveis para você ter inspiração para seu site ou blog!

Case de Sucesso: Como Aumentamos o Resultado de Um Cliente em 400%

Veja neste novo episódio da Mestre TV como aumentamos em 400% os resultados da SJO, um e-commerce de artigos religiosos, usando estratégias de Inbound Marketing.

Ferramentas Para Ajudar na Criação de Conteúdo

Você trabalha ou compra algum tipo de criação de conteúdo? Então este artigo pode realmente ajudar você. Clique, acesse o blog e confira quais são as ferramentas especializadas para otimizar seu trabalho.

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?