Tráfego Pago

Tráfego Orgânico: O Que É e Qual A Diferença Entre O Tráfego Pago

Por Rafaela Thimoteo

Confira neste artigo as principais características do tráfego orgânico, a diferença entre ele e o tráfego pago, entre outros detalhes.

Rafaela Thimoteo

O tráfego orgânico é uma das estratégias que, quando bem sucedida, traz resultados muito positivos para as empresas que estão buscando mais visibilidade e vendas nessa era da transformação digital.

Para compreender mais detalhes sobre esse tema, confira neste artigo:

  • o que é o tráfego orgânico?
  • como aumentar o tráfego orgânico?
  • por que é importante aumentar o tráfego orgânico do seu site?
  • tráfego orgânico é mais importante que o tráfego pago?
  • importância do tráfego orgânico para: negócios B2B, B2C e e-commerce

O que é o tráfego orgânico?

Tráfego orgânico é o volume de visitas que o seu site recebe de forma espontânea, ou seja, sem o uso de anúncios. Normalmente, esse tipo de acesso vem de pessoas que usam buscadores, como o Google.

Isso significa que, ao invés de alguém clicar no seu site por conta de uma campanha de link patrocinado, a pessoa simplesmente chegou a sua página por ter pesquisado sobre algo que tem a ver com o seu segmento.

O tráfego orgânico nem sempre gera resultados rapidamente, portanto é uma estratégia que visa o resultado a médio e longo prazo. Por exemplo, um artigo de blog produzido sobre um tema relacionado ao seu negócio pode ser publicado hoje, mas conquistar um ranqueamento na primeira página do Google daqui dois meses ou em um ano.

Porém, no momento em que ele alcança essa relevância, ele pode subir cada vez mais de posição e se tornar uma referência. Com isso, as pessoas que pesquisarem sobre o assunto vão possivelmente clicar na sua página. Isso vai gerar mais acessos para o seu site, mais pessoas conhecendo sobre o seu negócio e, consequentemente, gerar mais conversão.

Como aumentar o tráfego orgânico?

Existem múltiplas ações do marketing digital que ajudam a aumentar o tráfego orgânico de um site. Entre elas estão a criação de conteúdo otimizado para SEO.

Esses materiais são produzidos aplicando técnicas específicas que visam trazer informação de valor para o público daquele conteúdo e ao mesmo tempo apresentar os itens que ajudam a receber um bom posicionamento na primeira página do Google, que é o principal buscador da atualidade.

Veja a seguir mais detalhes sobre algumas práticas que ajudam a atingir esse objetivo.

Crie conteúdo de valor

O seu site, seja ele um e-commerce ou página institucional, precisa apresentar materiais (em texto, imagens, vídeos, etc) que informem o leitor, o público do seu segmento.

Na prática, isso significa que se o seu negócio é do nicho de móveis de madeira, por exemplo, faz sentido ter um blog que produza conteúdos sobre decoração, durabilidade de produtos feito desse material, como combinar cores de paredes com a mobília, tendências de decor para o próximo ano, entre outras…

Ou seja, alimente o seu blog com publicações sobre assuntos que fazem sentido para a persona do cliente ideal que você busca atingir. E não adianta criar textos completamente “publicitários”, que só mostrem os seus produtos e os links de “compre aqui”.

Você precisa pensar nas etapas do funil de vendas.

Pense na jornada do cliente

Geralmente, para se tornar cliente de algo, primeiro você pesquisa sobre o assunto, avalia as suas opções e escolhe com base em avaliações e comparações. Você pode até baixar e-books e outros materiais ricos de determinada marca antes de realmente converter e comprar aquele produto ou serviço.

A Jornada do Consumidor no Marketing Digital

O seu cliente faz a mesma coisa. Portanto, não adianta criar conteúdos somente de fundo de funil, ou seja, aqueles que abordam a sua marca, que falam dos benefícios do seu produto e como ele é o melhor do mercado.

Você precisa preparar o consumidor para a jornada de compra. Por isso, produza materiais de:

  • topo de funil: para apresentar o tema à persona, educando ela sobre determinado assunto;
  • meio de funil: para apresentar mais características do item e apresentar a solução que a sua empresa tem para o problema do leitor;
  • fundo de funil: trazer mais informações relevantes e ressaltar o motivo da sua marca ser a solução ideal.

Escolha palavras-chave estratégicas

Os temas sobre os quais você deve escrever precisam ser estratégicos e, para isso, é necessário fazer um estudo de palavras-chave sobre o universo temático do seu segmento. Na prática, isso quer dizer que o seu site deve produzir conteúdos que abordam termos específicos que geram um bom volume de buscas no Google e que tragam esse tráfego orgânico para o seu site.

Além disso, as palavras-chave precisam equilibrar a facilidade de ranquear com o volume. Isso porque, nem sempre vale a pena investir tempo e esforço em um termo super concorrido.

Por exemplo: se você tem uma loja de embalagens ecológicas e sustentáveis, ao invés de tentar ranquear simplesmente para a palavra “sustentabilidade”, pense em termos que sejam mais assertivos e que a intenção de busca traga um retorno maior em acessos para suas páginas.

Existem ferramentas que fazem essa análise de palavras-chave conforme o segmento. Entre elas:

  • Ahrefs;
  • Semrush
  • Google Trends;
  • Keyword Tool;
  • AlsoAsked.

Analise o SEO do seu site

Outro fator imprescindível para aumentar o tráfego orgânico é a análise do SEO (Search Engine Optimization). Esta estratégia visa otimizar o desempenho do seu site em buscadores como o Google. Isso significa que as suas páginas devem conter as palavras-chave correspondentes ao tema, com uma boa velocidade de carregamento, sem conteúdos duplicados ou links quebrados, com boas descrições de produtos e serviços, design do site, acesso seguro para o usuário, entre outras.

Existem diversas estratégias de SEO on page e off page que ajudam a aumentar o tráfego orgânico dos sites. Investir nessa área faz toda a diferença para os negócios que desejam se destacar e gerar mais vendas.

Por que é importante aumentar o tráfego orgânico do seu site?

É essencial ter um site com bons conteúdos e posições mais altas na primeira página do Google, pois isso traz visibilidade para sua marca, torna o seu conteúdo uma referência no assunto, e com isso você recebe mais acessos que podem se tornar futuros clientes.

Portanto, essa é uma forma de trazer mais conversões para o seu site. Isso é importante também pois reduz o seu gasto com o Pay-per-click (PPC) — a taxa por cliques que você paga em links patrocinados — e diminui o custo de aquisição de clientes (CAC).

Tráfego orgânico é mais importante que tráfego pago?

Depende do seu objetivo. Na prática, é fundamental investir em ambas as frentes: tanto no orgânico quanto no tráfego pago, já que este traz retornos a curto prazo. As ações devem ser combinadas para potencializar os seus resultados.

Afinal, você deve se lembrar que no tráfego orgânico, geralmente, os resultados chegam a médio e longo prazo. Porém, quando as estratégias são bem implementadas e executadas com frequência, quando seu site atinge um bom posicionamento, você estará recebendo cliques sem precisar “pagar” por eles como costuma fazer nas campanhas de anúncio em Google Ads, por exemplo.

Importância do Tráfego Orgânico para: Negócios B2B, Negócios B2C e E-commerce

No Marketing 4.0, as empresas precisam cada vez mais se conectar com o seu público, trazendo algo de valor e colocando o consumidor no centro das ações. Não basta apresentar seu produto ou serviço e dizer “compre agora!”.

Você deve mostrar os diferenciais do seu negócio e a razão pela qual aquele item vai gerar uma transformação na vida do consumidor.

E, além disso, sua marca precisa ter uma boa reputação, credibilidade e se tornar uma referência no segmento. Quando você tem autoridade em um assunto, as pessoas tendem a confiar mais no seu produto. Por isso, o tráfego orgânico para e-commerce e negócios B2B e B2C é tão relevante.

Independentemente se a sua empresa vende para outras empresas ou para um consumidor final, em ambos os casos haverá uma persona ideal. Aquele prospect que é o tomador de decisão ou que influencia alguém a fazer determinada compra.

Para lojas online, é muito importante investir nesses acessos orgânicos porque gera maior taxa de conversão. É uma forma de atrair leads e oportunidades por meio da prospecção passiva. Ou seja, aquela em que o cliente descobre sobre a sua empresa ou produto de maneira espontânea e inicia um contato com a sua marca.

Com isso, sua empresa atinge as metas de vendas do time comercial com mais facilidade e precisão, sem perder muito tempo e esforço com leads desqualificados.

Quer conhecer mais ações eficientes de marketing digital para sua empresa aumentar o tráfego orgânico e as vendas? Então faça o download do e-book Guia do Marketing Digital Para Empresas e tenha acesso às melhores estratégias!

LEIA MAIS

Melhor Horário Para Anunciar no Google ou Facebook

Qual é o melhor horário para anunciar no Google ou Facebook Ads? Descubra no artigo!

Como Anunciar no Google: Passo a Passo Completo do Google Ads

Através do Google Ads você poderá atingir seu público alvo em cheio, utilizando a rede de pesquisa ou a rede de display. Confira nossas dicas sobre como anunciar no Google e comece a ter sucesso em suas campanhas!

Google Ads: 15 Dicas Para Criar Campanhas de Sucesso

Aprenda a criar uma campanha de sucesso no Google Ads. Confira neste artigo, 15 dicas que farão total diferença na hora de criar seus anúncios no Google.

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?