SEO

Google Search Console: Relatório de Experiência de Página deixará de existir

Por Raquel Pereira

Veja porque o Google está excluindo o Relatório de Experiência de Página do Search Console e como os profissionais de SEO podem se adequar ao novo modelo de análise.

Raquel Pereira

O Relatório de Experiência de Página do Google Search Console apresenta aos donos de sites e analistas de marketing digital um resumo da experiência que os usuários têm quando visitam um site, utilizando métricas de experiência individuais de cada URL como indicador de classificação para os resultados da Pesquisa Google.

Confira as últimas novidades sobre esse relatório anunciadas pelo maior buscador do mundo:

Google anuncia mudanças significativas e retira os Relatórios de Experiência de Página do Search Console

O Google anunciou, na última quarta-feira (19 de abril), algumas mudanças significativas na forma como fornece seus Relatórios de Experiência na Página através do Search Console. Essas mudanças afetarão como as empresas monitoram e otimizam suas páginas da web para uma experiência melhor para o usuário.

Quais são as mudanças no Relatório de Experiência de Página do Google Search Console?

Conforme anunciado pelo buscador, a mudança mais significativa é que o relatório de Experiência de Página existente será removido do Search Console. O relatório atual será substituído por conteúdo sobre o que o Google considera uma boa experiência na página.

Essa mudança acontecerá nos “próximos meses”, segundo o Google:

“O relatório de experiência na página foi concebido como um guia geral de algumas métricas alinhadas com uma boa experiência na página, não como uma avaliação abrangente de todos os diferentes aspectos. Aqueles que procuram fornecer uma boa experiência na página devem adotar uma abordagem holística, incluindo seguir algumas de nossas perguntas de autoavaliação abordadas em nossa experiência de página Compreendendo na página de resultados da Pesquisa Google.”

O objetivo é fornecer aos webmasters e profissionais de SEO orientação sobre como melhorar a experiência do usuário em seus sites. Apesar da mudança, uma visualização do painel dos relatórios individuais do Core Web Vitals e HTTPS permanecerá no Search Console, acrescentou o Google.

Confira também nosso artigo sobre a última atualização do Core Web Vitals!

Outra mudança é que o teste de compatibilidade com dispositivos móveis será desativado, juntamente com a API de teste correspondente, mas isso não significa que a usabilidade móvel não seja importante para o sucesso na Pesquisa do Google.

O buscador enfatizou que ainda é essencial para os usuários, que estão usando dispositivos móveis mais do que nunca. No entanto, a empresa decidiu remover a ferramenta de teste e a API correspondente.

Além disso, o Google anunciou que uma boa experiência na página é agora um requisito para criar o que o Google define como conteúdo útil, por isso, é importante adotar uma abordagem holística para fornecer uma boa experiência na página.

O Relatório de Experiência de Página foi Lançado em Janeiro de 2022

A primeira fase da atualização de experiência da página do Google terminou em setembro de 2021. Esta atualização recompensa páginas seguras e de carregamento rápido em dispositivos móveis, que atendem aos requisitos do Core Web Vitals descritos pelo Google.

Novo relatório do Google Search Console

Em 2021, vários sites em setores competitivos perderam tráfego móvel durante a atualização. Agora, como já anunciado pelo Google, a atualização está chegando para os resultados da pesquisa de desktop no primeiro trimestre de 2022.

Fonte: Search Engine Land

Segundo informado pelo buscador durante o anúncio do relatório, ele seria uma forma de:

“dar suporte ao próximo lançamento do ranking de experiência de página para desktop, o Search Console agora tem uma seção de desktop dedicada em seu relatório de experiência de página para ajudar os proprietários de sites a entender os critérios de ‘boa experiência de página’ do Google”

Quais eram as métricas oferecidas pelo relatório?

Com o relatório era possível analisar:

  • porcentagem de URLs com boa experiência na página;
  • impressões de pesquisa ao longo do tempo;
  • análise de páginas específicas do seu site.

Além disso, era possível filtrar seus resultados de desempenho de pesquisa para “boa experiência de página”, e ver o aumento nas impressões com todos os dados adicionais de desktop.

O que a exclusão do Relatório de Experiência de Página do GSC significa para os profissionais de SEO?

Com a exclusão do relatório e todas as mudanças anunciadas, os profissionais de SEO precisarão se adaptar a uma nova maneira de monitorar e otimizar a experiência do usuário em seus sites.

Também será preciso dobrar a atenção à usabilidade móvel, mesmo que a ferramenta de teste correspondente esteja sendo desativada, pois a usabilidade móvel continua sendo essencial para o sucesso na Pesquisa do Google e, portanto, é importante que as empresas continuem a fornecer uma experiência móvel de alta qualidade.

Por fim, as empresas devem adotar uma abordagem holística para fornecer uma boa experiência na página. Para isso, o Google fornece algumas perguntas de autoavaliação para entender se a sua experiência de página é de alta qualidade ou não. As perguntas incluem:

  • a página é segura para os usuários?;
  • é fácil de usar?;
  • é rápida e responsiva?

A resposta para essas perguntas pode ajudar as empresas a melhorar a experiência do usuário em seus sites. Além disso, o buscador está constantemente atualizando sua plataforma e ferramentas para melhorar a experiência do usuário e fornecer insights e dados relevantes, então podemos esperar que novas ferramentas de análise sejam anunciadas em breve.

LEIA MAIS

Páginas 404 Não Devem Retornar o Código 200 de Status

Hoje em dia é muito comum que página de erro 404 sejam customizadas, mas o trabalho de qualquer profissional de SEO é que estas páginas façam realmente o seu papel. Veja como prevenir que suas páginas de erro 404 causem problemas com os seus rankings.

O que é SEO? Confira O Guia do Search Engine Optimization

Confira, no artigo, o que é SEO, quais são suas características e técnicas, e descubra por que ele é tão vantajoso para empresas que querem ter destaque online.

Redirecionamento 301: Guia Completo – PHP, .htaccess, WordPress e Python

Você quer saber como configurar o redirecionamento 301 no seu site? Veja como e mantenha sua relevância no Google!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?