O Que Podemos Esperar Do Core Web Vitals Em 2022?

Por Raquel Pereira

SEO

O Que Podemos Esperar Do Core Web Vitals Em 2022?

O Google está próximo de lançar uma nova atualização do Core Web Vitals. Confira!

Raquel Pereira

As atualizações de experiência de página, pré-anunciadas em 2020, causaram muita agitação nos profissionais de marketing, mas até agora não tiveram o impacto esperado.

Em maio de 2020, o Google pré-anunciou seus novos critérios de classificação com base na experiência do usuário. As novas métricas incluem: velocidade, estabilidade visual e interatividade da página, chamadas de Core Web Vitals.

Apesar da movimentação causada pelo anúncio, as diretrizes ainda não foram colocadas totalmente em prática pelo Google, deixando os profissionais curiosos sobre o que poderá acontecer a seguir. O especialista Tom Capper, líder da equipe de Search Science na Moz, explica que as atualizações ainda estão em andamento e que devemos ficar atentos às mudanças que estão por vir.

O lançamento do Core Web Vitals

Um ano após o pré-lançamento, o Google começou a implementar o chamado “The Page Experience Ranking Factor”, uma atualização que combinava os 3 web vitals com outros fatores relevantes para a experiência do usuário, como HTTPS e mobile friendly.

De acordo com o especialista, o lançamento não foi exatamente o que a comunidade esperava. Sua teoria é que poucas páginas seriam beneficiadas com a atualização, caso o buscador tivesse lançado na data prevista originalmente.

Na época, poucos sites estavam de acordo com as diretrizes de experiência de página e, muito provavelmente, não teriam tempo para realizar melhorias no desempenho das páginas. Sendo assim, o lançamento de uma atualização que recompensasse uma pequena quantidade de domínios poderia causar danos ao algoritmo, tornando os resultados desproporcionais.

Durante esse período, o Google passou a obter mais dados sobre a experiência do usuário através do Chrome, dessa forma, foi possível expandir seus critérios de avaliação com base em dados reais e impulsionar mais páginas em seus resultados de pesquisa.
Lançamento do Core Web Vitals

O que podemos esperar

Até o final de março, o Google começará a utilizar a experiência de página como parte do sistema de classificação para resultados de pesquisa desktop. A informação foi anunciada em novembro de 2021, no blog da Central de Pesquisa do Google:

“O lançamento dessa classificação será baseado nos mesmos indicadores de experiência na página que lançamos para dispositivos móveis este ano. Também planejamos ajudar os proprietários de sites a entender o desempenho das páginas para computador em relação à experiência na página com um relatório do Search Console que será lançado antes de o computador se tornar um indicador de classificação.”

Além disso, Tom acredita que o grande impacto do Core Web Vitals ainda está por vir. Ele faz referência a outras atualizações, como o Mobilegeddon, que foram muito aguardadas e, durante o lançamento, não tiveram o impacto esperado, mas hoje são critérios fundamentais no ranking.

Acredita-se que, agora, sites mais lentos sentiram uma penalização leve e, ao longo do tempo, essa desvantagem chegará a um ponto que essas páginas terão um péssimo desempenho.

Novas métricas

Inicialmente, o Google já tinha dito que anualmente faria atualizações nas métricas. No momento, as novidades esperadas são “suavidade” e “tempo de resposta”, que estão relacionadas às animações da página e a rapidez de resposta às interações na página, respectivamente.

Um erro comum é focar apenas em cumprir os requisitos do buscador e não pensar no usuário, por isso, a principal lição, de acordo com o especialista, é que os profissionais de marketing devem estar atentos à experiência de suas páginas de forma geral e não se concentrar apenas nos 3 web vitals.

Quer ficar por dentro das novas atualizações do Google para 2022? Faça parte da Lista Vip da Agência Mestre e receba as principais atualizações do mundo do marketing digital na caixa de entrada do seu e-mail!

LEIA MAIS

Redirecionamento 301 em PHP, ASP, htaccess, Coldfusion e Ruby on Rails

Você quer saber como configurar o redirecionamento 301 no seu site? Veja como e mantenha sua relevância no Google!

Páginas 404 Não Devem Retornar o Código 200 de Status

Hoje em dia é muito comum que página de erro 404 sejam customizadas, mas o trabalho de qualquer profissional de SEO é que estas páginas façam realmente o seu papel. Veja como prevenir que suas páginas de erro 404 causem problemas com os seus rankings.

Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

O objetivo do Google é mesmo encontrar todo o conteúdo disponível na Internet, mas você precisa dar uma ajudinha. Veja como!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?