Ola amigos do Agência Mestre.

Hoje vou mostrar um exemplo de arquitetura de sites otimizados. Como fazer isso? Simples: Faça uma arquitetura “achatada”, e não “profunda”. Imagine seu site como uma árvore, onde a index é a raiz e o conteúdo procurado são as frutas. Se a árvore for muito alta, você acaba desistindo da fruta. Agora, se a fruta for de fácil acesso, é natural que você volte sempre para pegar frutas lá.

E o quico* com o SEO? Note que a profundidade do conteúdo vai ser avaliado pelo crawler. Se ele tiver que passar por vários links até chegar à um determinado conteúdo, obviamente o conteúdo terá menor relevância. Claro que isso é quase impossível com sites grandes. Para eles, faça um sitemap organizadinho que ajuda bastante, uma vez que o mesmo tornar-se-á um caminho prático para qualquer página.

Veja a seguinte figura, que mostra a arquitetura de muitos sites:

Arquitetura de Site Antiga

A partir do que eu disse, pode-se inferir que a categorização de páginas prejudica o SEO? Se não tiver breadcrumbs nem acessibilidade, SIM, pois você estará dificultado a navegação do bot.

Abaixo, um exemplo de como seu site pode ser modelado:

Arquitetura de Site Otimizada

Espero que tenham extraído algo de bom. Obrigado por lerem. Comentem. Abraço pra quem fica!

* Dica de SEO: Notar que o link está com rel=”nofollow”, assim evitando que o bot siga para uma página não coesa com esta, além de evitar “vazamento” de pagerank e desvalorização dos outros links, que mostrarei em outros posts.