SEO

Gemini IA: Conheça o Novo Modelo de IA do Google

Por Raquel Pereira

Conheça o Gemini IA, novo modelo de inteligência artificial do Google que pretende tornar o Bard mais poderoso.

Raquel Pereira

No dia 6 de dezembro de 2023, o Google finalmente apresentou seu modelo de IA generativa multimodal para o mundo. O novo “Gemini” é considerado pelo buscador como seu “modelo mais capaz já construído.”

O maior buscador do mundo já vinha apostando no Gemini há alguns anos, realizando diversos testes para torná-lo em um modelo de IA avançado, capaz de realizar tarefas complexas e apoiar as pessoas em diversas áreas.

Gemini IA: O novo modelo multimodal de IA do Google(Imagem: Google The Keyword| Reprodução)

É inegável que o crescente uso das ferramentas de inteligência artificial, em especial o ChatGPT, tem moldado a forma como as pessoas se comportam online; se antes, o Google era a primeira opção quando buscamos uma informação, hoje o usuário já passa a pensar duas vezes.

Isso fez os motores de busca, principalmente o Google, acelerarem seus investimentos e pesquisas para o lançamento de um novo produto inovador, que entregasse exatamente aquilo que o usuário busca.

E tivemos soluções verdadeiramente significativas, como a Experiência Generativa de Pesquisa. No entanto, o buscador ainda está em busca de mais e, por isso, o lançamento do Gemini era algo tão esperado.

Confira os detalhes sobre essa nova ferramenta de IA do Google:

  • o que é o Gemini IA?;
  • como funciona o Gemini IA?;
  • segurança e responsabilidade do Gemini IA;
  • disponibilidade do Gemini IA;
  • o futuro da IA com o Gemini;
  • adeque seu negócio para o futuro com IA.

Além disso, se você está entusiasmado com o futuro da inteligência artificial no marketing digital e quer descobrir os segredos para se tornar um profissional de marketing adaptado para os novos desafios, clique aqui e conheça o Mestres do ChatGPT!

O que é o Gemini IA? Apresentando o novo modelo de IA do Google

O Gemini IA é o novo modelo multimodal de inteligência artificial generativa do Google. Esse modelo pode aprender, compreender, operar e combinar diferentes formatos de entrada, como áudio, texto, imagem, vídeo e código.

Com a evolução acontecendo a passos largos no universo de IA generativa, o jogo mudou! Hoje, todo o comportamento do consumidor é impactado por algum tipo de inteligência artificial, desde o uso de assistentes virtuais até reconhecimento biométrico facial em estabelecimentos.

O Gemini IA representa um marco na jornada do Google para criar modelos de IA cada vez mais avançados e versáteis. Segundo compartilhado pelo buscador, este novo modelo não é apenas uma evolução dos antecessores, mas uma redefinição do que a IA pode fazer.

Com capacidades que vão além do processamento de linguagem natural, o Gemini IA é um sistema multimodal capaz de entender e interagir com uma variedade de tipos de dados, incluindo texto, imagem, áudio e vídeo. Neste artigo, exploraremos as facetas deste modelo inovador e como ele está preparado para moldar o futuro da IA.

Versões do Gemini IA do Google

Conforme explicado por Sundar Pichai – CEO do Google – e por Demis Hassabis – CEO e cofundador, Google DeepMind – o Gemini também é um dos modelos mais flexíveis do Google, capaz de funcionar com eficiência em diferentes dispositivos (que vão desde data centers até celulares).

“Seus recursos de última geração melhorarão significativamente a forma como os desenvolvedores e clientes empresariais constroem e escalam com IA.”

Para adequar o modelo aos diversos dispositivos, o Gemini foi otimizado em três variações, cada uma adequada para diferentes necessidades e escalas de uso:

Versões do Gemini IA do Google(Captura de Tela | Reprodução)

  • Gemini Ultra: Projetado para tarefas altamente complexas, sendo o modelo mais robusto do trio e podendo ser utilizado em seus data centers para organização de dados;
  • Gemini Pro: Versão que equilibra capacidade e versatilidade, possui o perfil ideal para profissionais que buscam realizar uma diversidade de tarefas de uma vez;
  • Gemini Nano: Focado em tarefas realizadas diretamente em dispositivos, como smartphones, sendo o mais eficiente para uso on-device.

Desempenho do Gemini IA do Google

Na publicação original de Introdução ao Gemini IA, publicada no The Keyword do Google, a big tech explora os detalhes de capacidade e desempenho do novo Gemini:

Desempenho do Gemini IA do Google(Captura de Tela | Reprodução)

Segundo compartilho, o desempenho do Gemini Ultra é particularmente notável em comparação aos demais modelos no mercado.

Ele superou os resultados atuais de ponta em 30 dos 32 benchmarks acadêmicos utilizados na pesquisa e desenvolvimento de modelos de linguagem de grande escala. Isso inclui uma pontuação de 90,0% no MMLU (Massive Multitask Language Understanding), superando especialistas humanos em uma série de tópicos, desde matemática e física até história e ética.

Esses resultados demonstram não apenas a capacidade do Gemini IA de processar informações, mas também de realizar raciocínios complexos e resolver problemas.

O Gemini IA pode competir com o GPT da OpenAI?

Com o lançamento dos modelos Gemini Pro e Ultra, o Google começa a concorrer diretamente com os modelos GPT-3.5 e GPT-4 respectivamente.

Até o momento, os modelos estão disponíveis apenas para usuários nos Estados Unidos, por isso não podemos realizar os testes para conferir os avanços no funcionamento do Bard com o Gemini Pro. No entanto, a ficha técnica dos testes realizados pelo Google mostram um grande potencial:

Ficha Técnica dos Testes do Gemini IA(Imagem: Google The Keyword | Reprodução)

Além disso, conforme compartilhado pelos redatores do The Neuron, o Google Bard atualizado com o Gemini Pro está muito melhor no cumprimento de tarefas que não exigem o uso de outros produtos Google, como YouTube, Gmail, etc.

“Ao contrário da versão de setembro, o Bard de hoje é coerente, ponderado e muito mais preciso. A melhor parte é que ele incorpora mapas, e-mails, páginas da web e qualquer outra coisa que seja útil.”

No entanto, quando se trata de realmente “vencer” o GPT-4, a aposta é o Gemini Ultra, que ainda não está disponível no Bard, mas deverá chegar em breve.

Como funciona o Gemini IA? Aplicando o novo modelo de IA do Google na prática

O Gemini é um modelo de IA, o que significa que ele “opera” por trás de um aplicativo – como o Google Bard, nesse caso – ou outra interface de interação.

Por se tratar de um modelo “multimodal”, o Gemini é nativamente aprimorado para transformar qualquer tipo de entrada em qualquer tipo de saída.

Como Funciona o Gemini IA do Google(Captura de Tela | Reprodução)

Segundo compartilhado pelo Google DeepMind, o Gemini IA possui aplicações variadas e pode otimizar exponencialmente a execução de tarefas em uma empresa, equilibrando tarefas manuais e auxiliando na compreensão de dados.

No campo da ciência, por exemplo, ele pode acelerar a descoberta de novos conhecimentos ao analisar e sintetizar grandes volumes de dados. No mundo corporativo, suas habilidades podem ser aplicadas para melhorar a eficiência dos processos de negócios e oferecer insights mais profundos a partir de dados complexos.

Além disso, sua integração em produtos do Google, como o assistente virtual Bard e o smartphone Pixel 8 Pro, ilustra como o Gemini IA pode melhorar significativamente a experiência do usuário no dia a dia.

Aspectos Técnicos do Gemini IA do Google

Conforme informado pelo buscador, o Gemini é potencializado pelas Unidades de Processamento de Tensor (TPUs) do Google, que são componentes de hardware especializados para acelerar tarefas de inteligência artificial.

Fileira do Data Center do Google com o IA Cloud TPU v5p(Imagem: Google The Keyword – Legenda original: “Uma fileira de supercomputadores aceleradores de IA Cloud TPU v5p em um data center do Google.” | Reprodução)

Essas TPUs permitem que o Gemini IA processe informações rapidamente e de forma mais eficiente, o que é crucial para lidar com grandes volumes de dados e realizar tarefas complexas.

Escalabilidade e Confiabilidade do Gemini IA do Google

Além de possuir um dos TPUs mais sofisticados da atualidade, o Google está expandindo a capacidade do Gemini IA de se adaptar e funcionar bem em diferentes tamanhos e tipos de projetos, desde pequenas tarefas em dispositivos móveis até grandes operações em servidores de data center.

Além disso, o Gemini IA é consistente e seguro em seu desempenho, oferecendo resultados precisos e estáveis, que garantem que o modelo possa ser usado em uma variedade de aplicações sem falhas ou erros.

Segurança e Responsabilidade

O Google ainda explica que o desenvolvimento do Gemini IA incluiu uma forte ênfase na segurança, garantindo que o modelo seja livre de vieses e não propague informações tóxicas ou prejudiciais.

Isso foi alcançado através de testes rigorosos e a implementação de medidas de segurança avançadas. Em outras palavras, o Google tomou cuidado para que o Gemini IA seja não apenas inteligente, mas também seguro e justo em suas interações e respostas.

Parcerias e Colaborações para Segurança

Além disso, para aprimorar ainda mais a segurança e a responsabilidade do Gemini IA, o Google colaborou com especialistas externos e organizações como o Allen Institute, em parcerias que ajudaram a identificar e corrigir possíveis falhas ou problemas no modelo, garantindo que ele seja confiável e seguro para uso público.

“Para diagnosticar problemas de segurança de conteúdo durante as fases de treinamento do Gemini e garantir que seus resultados sigam nossas políticas, estamos usando benchmarks como Real Toxicity Prompts , um conjunto de 100.000 prompts com vários graus de toxicidade extraídos da web, desenvolvidos por especialistas do Allen Institute para IA. Mais detalhes sobre este trabalho serão divulgados em breve.”

Disponibilidade do Gemini IA

Como comentamos anteriormente, o Gemini IA Pro já está sendo implementado ao Bard, para realização de tarefas que envolvem raciocínio, planejamento, e compreensão mais avançada.

Segundo o Google, o novo Bard aprimorado com Gemini IA deverá ser disponibilizado para todos os usuários em um futuro próximo:

“Esta é a maior atualização do Bard desde seu lançamento. Estará disponível em inglês em mais de 170 países e territórios, e planejamos expandir para diferentes modalidades e oferecer suporte a novos idiomas e locais em um futuro próximo.”

Além disso, nos próximos meses, o Gemini estará disponível em mais produtos e serviços como Pesquisa, Anúncios, Chrome e Duet AI. Segundo o buscador, o modelo já está sendo testado na Experiência Generativa de Pesquisa (SGE):

“Já estamos começando a experimentar o Gemini in Search, que torna nossa Search Generative Experience (SGE) mais rápida para os usuários, com uma redução de 40% na latência em inglês nos EUA, além de melhorias na qualidade.”

API do Gemini para Desenvolvedores

Em breve, os desenvolvedores poderão aplicar a IA do Gemini em seus processos de criação. Segundo o buscador, “a partir de 13 de dezembro, desenvolvedores e clientes corporativos poderão acessar o Gemini Pro por meio da API Gemini no Google AI Studio ou no Google Cloud Vertex AI.”

O Google AI Studio é uma plataforma gratuita do buscador para criação de protótipos e aplicativos para a Web, enquanto a a Vertex AI permite a personalização do Gemini com controle total de dados e se beneficia de recursos adicionais do Google Cloud para segurança empresarial, proteção, privacidade e governança e conformidade de dados.

Além disso, os profissionais poderão aproveitar o Gemini Nano para criação de aplicativos mobile, direcionados para o Android.

Gemini Ultra em breve

Por fim, o buscador compartilha que o Gemini Ultra ainda não está finalizado em termos de confiabilidade e segurança, por isso os usuários ainda não têm acesso à esta versão. No entanto, a expectativa é que o modelo já esteja disponível no próximo ano:

“Como parte desse processo, disponibilizaremos o Gemini Ultra para clientes, desenvolvedores, parceiros e especialistas em segurança e responsabilidade selecionados para experimentação e feedback iniciais antes de lançá-lo para desenvolvedores e clientes corporativos no início do próximo ano.”

Além disso, o buscador pretende incluir o lançamento do Bard Advanced! Uma nova experiência de IA de ponta que com acesso aos melhores modelos e capacidades, começando pelo Gemini Ultra.

O Futuro com a IA do Gemini

A introdução do Gemini IA marca um momento significativo na história da inteligência artificial, com suas capacidades multimodais avançadas, desempenho de ponta e integração em produtos amplamente utilizados, o Gemini IA não é apenas um testemunho do progresso tecnológico, mas também um precursor de uma nova era de inovação e aplicação prática da IA.

Segundo o Google, essa é apenas a primeira etapa de uma jornada emocionante, com o compromisso contínuo de inovar e melhorar, podemos esperar desenvolvimentos ainda mais impressionantes no futuro.

Futuro da IA com o Gemini

Vamos atualizar constantemente este artigo conforme o Google lançar novas atualizações sobre o Gemini IA. Se você não quiser perder nenhuma novidade, faça parte do nosso Canal no Telegram para receber todas as notícias diretamente no seu celular!

Adeque o seu negócio ao futuro com IA

A inteligência artificial está revolucionando a forma como interagimos online, isso impacta desde a forma como um usuário pesquisa online, até a forma como seu negócio se comunica, relaciona e vende para essas pessoas.

E, nesse sentido, muitos profissionais têm receio de que a IA acabe “substituindo-os” no mercado; no entanto, sabemos que a IA não está aqui para substituir os profissionais e sim para potencializar seu trabalho.

E, dessa forma, a sua empresa também pode se beneficiar do uso dessas ferramentas! Aqui na Agência Mestre, nós sabemos como aplicar a IA para potencializar os resultados do seu negócio e potencializar seu trabalho. Quer saber como?

Clique aqui e conheça nossos serviços de Marketing Digital!

LEIA MAIS

O que é SEO? Guia do Search Engine Optimization [2023]

Quer entender o que é SEO? Aprender como esta técnica pode ajudar o seu negócio/website a crescer o número de visitas? Criamos este guia para ajudar você hoje mesmo! CLIQUE e confira os detalhes neste artigo!

Redirecionamento 301 em PHP, ASP, htaccess, Coldfusion e Ruby on Rails

Você quer saber como configurar o redirecionamento 301 no seu site? Veja como e mantenha sua relevância no Google!

Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

Você sabia que existem diferentes formas de ajudar o Google a encontrar o seu site? Coloque nossas dicas em prática e faça seu site aparecer no buscador!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?