Taxa de Conversão: Importa ou não Importa?

Olá, leitores da Mestre. Como estão? No episódio de hoje vocês vão saber se a taxa de conversão importa mesmo e se você deve ou não se preocupar com ela.

É só dar o play e conferir!

Quando a taxa de conversão importa?

Para saber a resposta, primeiro você deve se fazer uma outra pergunta: qual é o resultado que você espera atingir com ações que você faz para o seu site? Ter essa clareza é essencial para saber se essa métrica é relevante.

Para quem tem um e-commerce, por exemplo, a taxa de conversão é primordial, uma vez que o objetivo do site é vender. Mas não é apenas em sites de vendas que a taxa importa. Em casos como acontece aqui na Agência Mestre, a taxa de conversão não é associada, necessariamente, à uma venda direta, mas sim a um pedido de orçamento ou até mesmo ao download de um material rico. Mas nem por isso ela deixa de ser importante.

Apenas quando pensamos em ações voltadas para branding, a taxa de conversão passa a ser uma métrica pouco significativa. Nesse caso, o alcance será mais relevante.

A essência da taxa de conversão

É preciso entender que a taxa de conversão, essencialmente, é a métrica que aponta quantas pessoas mais próximas de qualificação executaram uma ação desejada em uma página específica. Ainda que essa métrica seja mais associada a vendas, ela também pode estar relacionada a outros tipos de ações.

Você pode, por exemplo, ter uma página dedicada a um e-book, em que a taxa de conversão medirá quantas pessoas fizeram o download deste material, ou ter uma página de newsletter, na qual será mensurado quantas pessoas se cadastraram. Tudo vai depender do seu objetivo e do que é mais interessante para a sua empresa.

Para quem a taxa de conversão importa?

A princípio, pode parecer que a taxa de conversão importa apenas para as equipes de mídia, vendas, comercial ou par ao CEO da empresa. Mas, ter conhecimento dessa métrica é essencial para outros profissionais. Designers e redatores, por exemplo, podem usar esses números para entender quais criativos ou copy mais funcionam para um determinado público.

A taxa de conversão é fundamental para todos os processos da agência, principalmente quando o foco é performance.

Como melhorar a taxa de conversão

Quando você consegue atrair uma pessoa qualificada para a ação que deseja, é importante que repasse a informação para a sua equipe, mostrando como é perfil de público que deseja atingir. Essa pessoa qualificada servirá como referência para o trabalho de todas as áreas.

O SEO, por exemplo, irá verificar quais foram as palavras mais clicadas para chegar na página; o analista de mídia vai ver qual a especificação do grupo de anúncios que converteu e o designer/programador vai entender qual foi a landing page que mais converteu e no que ela se difere de outras peças.

A partir dessas informações, você conseguirá testar ações mais assertivas e até mesmo fazer teste A/B com suas campanhas para saber quais informações funcionam melhor juntas. E o melhor que você pode fazer tudo isso de maneira muito simples, com o Google Optimizer, uma ferramenta do Google bastante intuitiva, que te permite fazer esses testes com muita facilidade.

Gostou das dicas? Então, pegue um caderninho e comece anotar como o que você pode fazer para melhorar a taxa de conversão de seu site ou de uma página específica, de acordo com o seu meio de atuação.

 

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>