Saber como fazer e-mail marketing é essencial para enviar os melhores conteúdos e ofertas para sua audiência. É preciso entender como nutrir o público sem ser invasivo, o contrário do que acontece com quem dispara spam.

Como Fazer E-mail Marketing e Não SPAM

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing é uma estratégia muito utilizada no meio digital para enviar e-mails à uma lista de contatos com algum conteúdo informativo ou até mesmo com um conteúdo promocional.

Como funciona o e-mail marketing?

O e-mail marketing funciona da seguinte maneira: é feito um disparo da mensagem para uma segmentação de leads (contatos selecionados para receberem) por meio de alguma ferramenta que possibilite o envio. Ele não é uma automação, pois está relacionado a mensagens de disparos únicos e não a um fluxo que coordena outras ações.

Qual a diferença entre SPAM e e-mail marketing?

Muitas pessoas geralmente associam e-mail marketing com SPAM, mas existe uma grande diferença entre ambos: a permissão de quem recebe o e-mail.

No SPAM, os e-mails são enviados a milhares de usuários sem a permissão destes, o que incomoda, pois ocupa espaço na caixa de e-mail com informações que na maioria dos casos não são interessantes para pessoa que recebe o e-mail.

No e-mail marketing, os e-mails são enviados com o consentimento do dono da conta, ou seja, o destinatário quer receber seus e-mails, o que significa uma audiência interessada no que você tem a expor.

Obviamente, criar uma grande lista de e-mails com pessoas interessadas demora mais tempo do que simplesmente usar um software que mande milhares de e-mails sem a autorização das pessoas, mas apesar de ser comum, a técnica de spam por e-mail é fortemente desencorajada, pois para cada cliente conquistado, existirão milhares de pessoas que ficarão insatisfeitas e verão sua marca como spam.

Por outro lado, mesmo necessitando de mais esforço, o e-mail marketing tem diversas vantagens.

Vantagens do E-mail Marketing

Agora que você já sabe a diferença entre as duas práticas, precisa conhecer as vantagens do e-mail marketing. Na verdade, estes são mais do que bons motivos. Os benefícios do e-mail marketing são:

  • maior visibilidade: de acordo com o IBGE, o principal motivo de acesso à internet no Brasil é o e-mail. Ou seja, se uma pessoa se conecta à internet é bem provável que ela vá checar seus e-mails. Nesse caso, é um ótimo negócio ter sua marca divulgada em um lugar onde certamente o cliente irá olhar.
  • possibilidade de segmentação: quando uma pessoa se cadastra para receber seus e-mails, podemos pedir informações adicionais para mandar conteúdos diversificados por grupos de idade, localidade ou grupos de interesse.
  • convite à interação: com um simples clique em um link na mensagem do e-mail as pessoas podem visitar seu site, responder seu e-mail ou solicitar a exclusão da lista.
  • maior agilidade: é possível enviar milhares de e-mails em segundos e também é muito fácil medir o resultado de sua campanha de e-mail marketing, utilizando links e parâmetros exclusivos nas mensagens por e-mail, por exemplo.
  • boa relação custo X benefício: o custo para enviar e receber e-mails é quase zero e o retorno de uma campanha séria de e-mail marketing pode ser muito grande, pois é criada uma relação de credibilidade entre a empresa e o cliente.

Como fazer e-mail marketing em 9 passos simples

Entenda como montar um e-mail marketing em passos simples.

  1. envie mensagens não comerciais;
  2. apresente algo interessante já de início;
  3. ofereça algo impressionante gratuitamente;
  4. faça um planejamento editorial;
  5. mantenha a frequência, mas não seja invasivo;
  6. priorize mais textos do que imagens;
  7. use o termômetro “é relevante? Resolve algum problema do meu público?”;
  8. monte suas mensagens;
  9. programe os envios.

Agora você já sabe que os benefícios são vários, mas é preciso atentar para algumas dicas a fim de ter uma campanha de sucesso de e-mail marketing.

Veja como fazer para o e-mail não cair no spam:

1. Envie mensagens não comerciais

Não encha a caixa de e-mail dos seus assinantes apenas com propagandas. Ofereça informações úteis para que assim as pessoas gostem de receber seus e-mails e quando você enviar alguma propaganda, já terá a simpatia dos leitores.

2. Apresente algo interessante já de início

Inicie os seus conteúdos apresentando as vantagens logo de cara, como artigos, gráficos, livros virtuais, ferramentas, etc. Não fique apenas na promessa, prenda a atenção das pessoas o mais cedo possível e mostre credibilidade.

3. Ofereça algo impressionante gratuitamente

Esta é uma ótima maneira de atrair as pessoas. Ofereça alguma ferramenta, brindes, artigos ou qualquer coisa que possa ter valor para os visitantes do seu site. Você não precisa fazer isso sempre, mas é um gatilho que pode intercalar com suas demais estratégias.

4. Faça um planejamento editorial

Crie uma lista de temas que possam atrair sua audiência. Seja estratégico para abordar assuntos que não só informam, mas que também cumprem com seu objetivo de vender seus produtos/serviços.

5. Mantenha a frequência, mas não seja invasivo

Você não pode enviar somente um ou dois e-mails, pois depois pode acabar caindo no esquecimento. Também tenha o equilíbrio para não mandar muitos conteúdos para a caixa de entrada das pessoas e saturá-las de tantos contatos.

6. Priorize mais textos do que imagens

As imagens no corpo do e-mail podem prejudicar sua entrega. Priorize conteúdos em texto e, quando inserir imagens, certifique-se de que ela foi codificada corretamente na ferramenta que faz o envio.

7. Use o termômetro “é relevante? Resolve algum problema do meu público?”

Antes de fazer os disparos, pergunte-se se o conteúdo vai sanar dúvidas das pessoas, vai informar algo útil e se está cumprindo com o propósito da sua marca.

8. Monte suas mensagens

Ao invés de fazer uma por uma, deixe seus conteúdos preparados com antecedência. Crie uma sequência que faça sentido e que instigue a audiência a continuar acompanhando. Assim, você terá uma visão sistêmica para acompanhar e planejar os próximos passos.

9. Programe os envios

Com tudo pronto, é só configurar na ferramenta!

7 dicas de e-mail marketing para não cair na caixa de SPAM

Depois de saber alguns passos simples para fazer e-mail marketing, você também precisa entender como fazer para o e-mail não cair no spam. Afinal, você vai investir tempo e conhecimentos para construir suas estratégias e não quer jogá-las fora por falta de domínio técnico, certo?

Veja como fazer para que o seu e-mail não caia no spam:

1. Escolha o melhor software para e-mail marketing

Existem diversos softwares para e-mail marketing, mas os que posso recomendar são apenas aqueles que tive a chance de utilizar. O primeiro é o Mailchimp, que possui uma parte gratuita e outra paga. Outro software que já tive a oportunidade de utilizar é o LeadLovers.

Em qualquer uma das suas escolhas é importante observar as políticas que estas empresas possuem de tolerância de spam e cadastro de usuários.

Por exemplo, o Mailchimp dificulta muito a importação de e-mails, chegando a exigir detalhes caso você importe muitos e-mails sem que eles tenham se inscrito em sua base.

Outro ponto é que eles podem bloquear a sua conta caso ela tenha uma incidência maior que 0.01% de marcação de spam pelos seus leitores entre outros fatores. É algo crítico, mas nada que preocupe uma empresa/profissional que faça um trabalho honesto e dedicado a satisfação do consumidor.

Para uma ajuda extra com o Mailchimp, você pode se inscrever na Academia de Marketing Digital, do Mestre Academy, onde você vai encontrar uma sequência de aulas ensinando a utilizar esta ótima ferramenta para desenvolvimento de e-mail marketing.

Se você quer fazer automatizações e criar fluxos inteligentes, configurando as etapas em que seu público vai receber seus contatos de acordo como interagirem com o fluxo, precisará de ferramentas mais completas.

A escolha da Mestre para programar seu inbound marketing com fluxos de nutrição funcionais é o RD Station, uma ferramenta da Resultados Digitais com diversos planos disponíveis que você pode conferir aqui.

2. Aumente a sua lista da maneira correta

Como mencionei logo na introdução do artigo, muitas pessoas/profissionais querem um caminho curto para o sucesso. Este caminho parece ser curto quando se compra uma lista de e-mails ou utiliza-se de softwares de spam. 

Este é um caminho que você nunca deve seguir. Primeiro porque a pessoa que receberá o e-mail não está realmente interessada no que você vai enviar. Segundo porque você provavelmente vai cair na caixa de spam deste usuário.

Sendo assim, a minha recomendação é que você aproveite a coleta de e-mails de forma inteligente. Para isto, existem algumas maneiras que vou citar nas próximas dicas.

3. Utilize as caixas de newsletter a seu favor

Bastante utilizadas em blogs e portais de conteúdo, estas caixas ficam normalmente à direita ou no final de cada artigo, sempre com uma chamada para o usuário aderir ao recebimento de e-mails. Um artigo formidável que eu li mostrou isso muito bem:

Localização da caixa de opt-in

Alguns exemplos de caixas que você pode utilizar nestas áreas são:

No topo:
Exemplo de caixa de opt-in

No final do artigo:
Exemplo de caixa de opt-in

Na lateral:
Exemplo de caixa de opt-in

Como utilizamos na Agência Mestre:

Newsletter Agência Mestre

A essência aqui é você entender que precisa testar até encontrar o modelo ideal para seu site!

4. Crie anúncios para atrair o público certo

Com a criação de anúncios, você tem a possibilidade de segmentar campanhas para atingir o perfil de pessoas que desejar. Isso faz com que você possa investir seu dinheiro para encontrar o público ideal. Isso não é ótimo?

Entenda como pode fazer no Facebook e Google Ads.

Facebook Ads

Uma forma simples é integrar a sua plataforma de e-mail marketing com a sua página no Facebook. Aqui na Mestre utilizamos o Mailchimp e ele possui uma funcionalidade que cria uma aba no Facebook para as pessoas se inscreverem na nossa base de e-mails:

Mailchimp - Integração com Facebook

O interessante aqui é que você pode utilizar Facebook Ads para promover a aba!

Google Ads

Não é uma funcionalidade muito utilizada no Brasil mas existe uma extensão no Adwords que permite a disponibilização de uma caixa nos anúncios para que as pessoas se inscrevam em sua base de newsletter.

Extensão do Adwords para coleta de emails

Esta extensão não está disponível em todas as contas do Google Ads e por isto você precisa acionar o seu gerente de contas ou tentar a liberação por este formulário.

5. Fique atento ao Mobile!

Como Fazer E-mail Marketing e Não SPAM

Ainda que você não tenha um site responsivo ou voltado aos dispositivos móveis, saiba que a maior parte dos usuários abrem seus e-mails por meio destes aparelhos.

De acordo com Campaign Monitor (2018), a checagem de e-mails é feita até três vezes mais por usuários de dispositivos móveis. Como ignorar este tipo de comportamento ou melhor, como ignorar este tipo de leitura de e-mails? É impossível no marketing digital.

Neste sentido, você pode ler o guia de boas práticas da Mailchimp, que ensina diversas dicas para conseguir montar um bom e-mail para dispositivos móveis.

6. Crie estratégias de recuperação de carrinho para e-commerces

Existem estudos que mostram que 99% dos visitantes de primeira viagem não compram nas lojas virtuais. É meio que aquele tempo para você se acostumar com o lugar, olhar bem e sentir-se seguro. Quem nunca fez isto?

Para não perder estes possíveis compradores, uma estratégia bem comum no e-commerce é a recuperação de carrinho, ou seja, lembrar aquele usuário de que ele deve completar a sua compra. Em muitos casos até oferecendo um cupom de desconto para incentivar ainda mais.

Um estudo da SeeWhy mostra um pouco mais sobre o tempo em que um visitante precisa para converter e como é o padrão de abandono de carrinho:

Estudo da SeeWhy

Segundo o estudo, as primeiras 12 horas são fundamentais para fazer este usuário converter.

O estudo mostrou ainda que 75% das top 500 empresas de ecommerce que utilizam nutrição de carrinhos abandonados, fazem esta ação com até 1 hora de abandono do carrinho. Eles descobriram que 50% dos “abandonadores” que compram, o fazem em até uma hora do abandono. Então tempo é tudo nesta ação!

Estudo - Recuperação de Carrinho

Considere enviar e-mails com 1 hora, 24 horas e menos de duas semanas do abandono do carrinho. Logicamente, tudo vai depender do comportamento do seu usuário. Com este tempo, compradores que tiveram boas razões para abandonar o carrinho podem ter a informação necessária para fechar a compra no momento da abordagem.

Implementar este tipo de ação não é nada complicado e uma solução possível é a utilização do Mailchimp. Este tutorial mostra muito bem como fazer utilizando Magento e já esta matéria explica como funcionam os triggers de ações no Mailchimp.

7. Fidelize seus clientes com um bom relacionamento

De acordo com um estudo da Marketing Metrics, as suas chances de vender algo para um consumidor que já tenha comprado com você é de 60% a 70%, enquanto vender para um potencial consumidor novo é de 5% a 20%.

O modelo aqui é bem simples. Pense em formas de atingir a sua base de compradores. Contatos espontâneos por e-mail podem ajudar:

  • envie uma mensagem de “você é um cliente fiel, então resolvemos presentear com um desconto”;
  • lembre-se do aniversário e ofereça algum benefício;
  • faça o envio de e-mail de produtos relacionados aos que você vendeu para aquele consumidor, o famoso “quem comprou isto, também comprou aquilo”. Isso mostra personalização;
  • ofereça frete grátis para quem já compra com você.

Estas são algumas ideias, mas o importante é que você invista tempo em descobrir o que é melhor para a sua marca.

Como criar um e-mail marketig criativo

  1. estude o tema do seu e-mail para desenvolvê-lo com mais eficácia;
  2. utilize a linguagem certa para atrair o seu perfil de público ideal;
  3. trabalhe com gatilhos mentais na linguagem para captar a atenção e fidelizar as pessoas;
  4. crie conteúdos para ações especiais e de oportunidade, tentando engajar seus leads com informações de valor;
  5. utilize as variáveis personalizadas (exemplo: nome, primeiro nome, etc) para criar ainda mais proximidade com o leitor;
  6. ilustre seus blocos de texto com GIFs e imagens (sem excesso);
  7. experimente dar voz a um novo remetente e chame atenção como um nome de uma nova pessoa na caixa de entrada dos seus leitores.

Aprenda Mais sobre campanhas de e-mail marketing

Além das dicas que compartilhamos acima, confira o vídeo abaixo sobre como fazer e-mail marketing e aprenda a trabalhar de forma profissional.Assim, você vai obter os melhores resultados!

Conclusões

Em resumo, o marketing por e-mail é uma ótima estratégia para aumentar a fidelidade dos visitantes e as conversões do seu site. Para isso, você nunca deve recorrer ao spam e deve sempre oferecer conteúdo/mensagens/promoções/ofertas de qualidade para seus leitores.

Espero que tenham gostado do artigo e qualquer dúvida ou sugestão, compartilhe-as na área de comentários! Até a próxima!