SEO

Taxa de Rejeição Não Está Mais no Google Analytics 4

Por Raquel Pereira

Você sabia que o Google Analytics 4 não apresenta mais a taxa de rejeição nos relatórios? Confira como analisar e mensurar o desempenho de suas páginas!

Raquel Pereira

O Google Analytics 4 foi atualizado e a métrica ‘Bounce Rate’, ou seja, a ‘Taxa de Rejeição’ não aparece mais nos relatórios.

No GA4 (Google Analytics 4), o Google substituiu a “taxa de rejeição” por “sessões engajadas”, valorizando o comportamento do usuário também por meio do engajamento.

O que Significa Taxa de Rejeição no Google Analytics?

A taxa de rejeição é uma métrica utilizada para entender o comportamento dos usuários dentro das páginas do seu site. Basicamente, a taxa de rejeição significa que o usuário chegou até o seu site, mas não efetuou nenhuma ação na página antes de sair dela.

De acordo com o Google, a taxa de rejeição no Google Analytics é calculada especificamente como uma sessão que aciona uma solicitação única ao servidor, ou seja, o GA entende que chegou um novo usuário até a página, mas ele não permaneceu nela (rejeitou).

Para calcular a taxa de rejeição, o Google Analytics realiza a divisão das sessões de página única por todas as sessões. Ou seja, a taxa de rejeição é a porcentagem de todas as sessões do seu site nas quais os usuários visualizaram somente uma página e acionaram apenas uma solicitação ao servidor.

As sessões de página única possuem um tempo de permanência igual a zero, visto que o usuário não aciona nenhuma outra ação na página e logo finaliza a sessão.

Taxa de rejeição x Engajamento

Existem algumas formas para analisar o desempenho de seu site. No Analytics, uma rejeição era determinada pela seguinte ação do usuário: quando ele iniciava uma sessão e finalizava sem fazer nenhuma ação.

Em palavras mais técnicas, a rejeição era mensurada quando uma única solicitação para o servidor do Analytics era disparada. O usuário abria apenas uma página em seu site e saía sem acionar nenhuma outra solicitação ao servidor do Analytics.

Taxa de rejeição no Google Analytics 4

Não é que essa análise tenha sido banida completamente, o Google apenas inverteu a forma de analisar. Ao invés de identificar quem sai, o foco é entender quem chega e fica. Ele aproveita para compreender também a qualidade dessa permanência. Essa é a ideia da taxa de taxa de engajamento.

Taxa de engajamento no Google Analytics

O perfil oficial do Google Analytics no Twitter publicou que para ser considerada “engajada”, uma sessão deve resultar em uma conversão. Ou seja, durar mais de 10 segundos ou ter várias telas ou visualizações de página. Ao calcular a taxa de engajamento, o GA4 analisa a frequência dessas sessões.

Para ter uma ideia de como avaliar o desempenho do seu site em relação ao engajamento, você precisa saber que a sua taxa de engajamento talvez seja um pouco maior do que o inverso da bounce rate.

Isso acontece porque algumas sessões que antes seriam consideradas como “rejeição”, agora podem ser consideradas “sessões engajadas”, caso o usuário permaneça na página por mais de 10 segundos.

Valor da página no Google Analytics

Uma boa análise a fazer é a do Valor da Página. Este é o valor médio de uma página visitada por uma pessoa antes de ela chegar à página da meta, ou até mesmo de conversão de loja virtual. Isso porque a taxa de rejeição era uma métrica muito abrangente e aberta a análises diversas, assim como a taxa de engajamento.

Com a análise do valor de página, você conseguirá mensurar o valor financeiro que suas páginas estão gerando. Com ele, é possível saber quais páginas exatamente contribuíram com a receita gerada em seu site.

Porém, se uma página não fez parte de nenhuma transação de e-commerce, o valor dela será de R$ 0,00. Afinal, ela não foi acessada antes de alguma transação financeira.

Conclusões sobre a taxa de rejeição no GA4

Agora que a taxa de rejeição não aparece mais nos relatórios do Google Analytics, pense sobre o contexto geral. Você ainda tem dúvida de que o foco é cada vez mais a experiência das pessoas? O Google quer entender a forma como os usuários reais reagem aos conteúdos das páginas.

É preciso ter muita atenção ao criar o seu site ou, se você já possui um, também precisa ter atenção com a estrutura das páginas. Garanta que os usuários passem por boas experiências.

Caso você já tenha o apoio de uma agência de SEO, poderá entender melhor como analisar os dados e como utilizá-los da melhor forma possível para obter novos insights.

Se você ainda não tem esse apoio, poderá contar com a Agência Mestre, basta entrar em contato!

LEIA MAIS

Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

Você sabia que existem diferentes formas de ajudar o Google a encontrar o seu site? Coloque nossas dicas em prática e faça seu site aparecer no buscador!

Páginas 404 Não Devem Retornar o Código 200 de Status

Hoje em dia é muito comum que página de erro 404 sejam customizadas, mas o trabalho de qualquer profissional de SEO é que estas páginas façam realmente o seu papel. Veja como prevenir que suas páginas de erro 404 causem problemas com os seus rankings.

O que é SEO? Como Fazer Seu Site Crescer no Google!

Quer entender o que é SEO? Aprender como esta técnica pode ajudar o seu negócio/website a crescer o número de visitas? Criamos este guia para ajudar você hoje mesmo! CLIQUE e confira os detalhes neste artigo!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?