Ferramentas

Google Encerra o Universal Analytics em 1º Julho de 2023

Por Raquel Pereira

Saiba quais os motivos para o encerramento do serviço e comece a se preparar para adotar o Google Analytics 4.

Raquel Pereira

Mais do que nunca, os profissionais de marketing devem preparar-se para a adoção do Google Analytics 4.

A empresa anunciou, em 16 de março de 2022, que encerrará a operação do Google Universal Analytics até o dia 1º de julho de 2023, quando o servidor deixará de processar novos dados. Além disso, o Google Universal Analytics 360 também deixará de operar até 1º de outubro do mesmo ano.

Fique atento: os dados processados pelo Universal Analytics ficarão disponíveis, somente durante o período de até seis meses após a desativação do serviço.

O fim do Google Analytics Universal

Neste final de semana, no dia 1° de julho de 2023, o Google Analytics Universal deixou oficialmente de processar novos dados, forçando os usuários a migrarem suas propriedades para o Google Analytics 4 (GA4).

Conforme compartilhado pelo perfil oficial do Google Analytics no Twitter:

“Hoje, começamos a desativar o Universal Analytics e damos as boas-vindas ao Google Analytics 4. Isso não acontecerá da noite para o dia, então algumas propriedades do Universal Analytics podem continuar processando dados. No entanto, todas as propriedades agora foram adicionadas à fila e aquelas que não concluíram a atualização serão iniciadas continuamente.”

Basicamente, as milhões de propriedades estão sendo desativadas aos poucos, por isso alguns usuários ainda conseguiram processar novos dados, mas com a seguinte mensagem aparecendo na tela inicial da ferramenta:

Tradução: “Essa propriedade está programada para parar de processar dados em breve. Uma vez que isso acontecer, você precisará de uma propriedade no Google Analytics 4 para mensurar a performance do seu site.” Fonte: Search Engine Land Blog

Segundo o portal, o aviso começou a aparecer para os usuários às 7 horas da manhã (horário local EST), do dia 1º de julho.

A migração forçada para o GA4 é um momento histórico no meio digital, pois o GA Universal era considerada a principal ferramenta de marketing digital utilizada pelos profissionais que, agora, não terão outra alternativa se não utilizar o novo GA4 para acompanhar o desempenho de suas ações de tráfego pago e do seu site de forma geral.

Ainda segundo o portal, após uma pesquisa realizada com 400 leitores, a maioria dos usuários (50%) ainda estão aprendendo como utilizar o GA4, enquanto apenas 23% já começaram a utilizá-lo totalmente.

Quais serão os próximos passos do encerramento do Google Analytics Universal?

Conforme compartilhado pelo buscador, o desligamento do GA Universal não será realizado de uma hora para outra – como um equipamento sendo puxado da tomada. As propriedades serão desativadas gradualmente nos próximos dias, mas todas – sem exceção – já estão na fila para serem encerradas.

A fase final do GA Universal está prevista para Julho de 2024, quando os dados históricos da ferramenta serão apagados (leia mais sobre isso abaixo). Por enquanto, o buscador está seguindo os seguintes passos:

  • Março de 2023: foram criadas propriedades no GA4 automaticamente para todos os profissionais de marketing que não desativaram a criação automática de propriedade no GA Universal. Essa ação impediu que muitos usuários fizessem uma migração personalizada de seus dados;
  • Julho de 2023: o GA Universal está, gradualmente, parando de processar dados de todas as propriedades existentes, incluindo aquelas que possuem o GA Universal 360. No entanto, os usuários ainda têm acesso aos dados processados até 30 de junho de 2023;
  • Julho de 2024: os dados históricos da ferramenta serão excluídos e todos os usuários perderão o acesso à interface do Google Analytics Universal.

Segundo publicado pelo Google em sua página de Ajuda do Google Analytics:

“Incentivamos você a mudar para o Google Analytics 4 o mais rápido possível. Se você usa dados do Universal Analytics em sua conta do Google Ads, certifique-se de migrar os links do Google Ads de sua propriedade do Universal Analytics para sua propriedade do Google Analytics 4.”

Os dados Históricos do Google Analytics Universal estarão disponíveis até 1° de Julho de 2024

Como todos já estão cientes, o Google estará encerrando o Google Analytics Universal em julho deste ano (2023), e todos os usuários deverão realizar a migração para a ferramenta do Google Analytics 4. Mas, a boa notícia para quem está atrasado na exportação de dados do UA, é que os usuários terão acesso aos seus dados até julho de 2024.

Conforme anunciado pelo buscador, os usuários terão acesso ao histórico de dados e relatórios na interface do usuário, mas não poderão editar ou adicionar novos dados. Além disso, nenhum dado será processado após a desativação da plataforma e os dados de lances, público-alvo ou conversão não serão mais enviados para o Google Ads ou outras integrações.

Os usuários do Universal Analytics 360 poderão criar propriedades padrão do Universal Analytics e atualizá-las para o 360 para continuar o processamento de dados. Ainda assim, para garantir que não perca seus dados históricos, é recomendável exportá-los antes do acesso ser perdido em 1º de julho de 2024.

Quais os motivos para a mudança?

De acordo com Russel Ketchum, diretor de gerenciamento de produtos do Google Analytics: “O Universal Analytics foi criado para uma geração de medição on-line ancorada na web para desktop, sessões independentes e dados mais facilmente observáveis ​​de cookies. Essa metodologia de medição está rapidamente se tornando obsoleta.”

Devido às mudanças nas políticas de privacidade online, o Google já anunciou que a utilização de cookies está chegando ao fim, com previsão para 2023. Por isso, a empresa está se reinventando para oferecer soluções que não dependam exclusivamente desse recurso

O Google Analytics 4


Fonte: Blog Search Engine Land.

Lançado em outubro de 2020, o sucessor do Universal Analytics é uma ferramenta desenvolvida para manter a privacidade e oferecer uma experiência melhor para os usuários.

O GA4 não armazena endereços de IP, consegue operar em diferentes plataformas e não depende de cookies, pois utiliza dados baseados em eventos para fornecer métricas de acordo com as ações do usuário.

Russel explica que o GA4 “ajuda as empresas a atender às necessidades em evolução e às expectativas dos usuários, com controles mais abrangentes e granulares para coleta e uso de dados.” Dessa forma, as empresas ainda terão dados essenciais para dar continuidade às suas ações, sem comprometer a privacidade dos usuários.

Como se preparar para o fim do Universal Analytics

As mudanças estão há pouco mais de um ano de distância, mas isso não significa que você não deva começar a se preparar agora. O primeiro passo é configurar o GA4, pois quanto mais cedo ele começar a rastrear as métricas importantes para você, mais histórico sua empresa terá quando o Universal deixar de operar.

Além disso, a interface do GA4 difere em alguns aspectos daquela que os profissionais de marketing estão acostumados – do Universal Analytics – portanto, quanto mais habituado você estiver, mais fácil será encontrar e utilizar as informações disponíveis, de forma mais rápida e assertiva.

De acordo com Russel: “O Google Analytics 4 foi desenvolvido com seus principais objetivos em mente, como gerar vendas ou instalações de aplicativos, gerar leads ou conectar o envolvimento do cliente on-line e off-line.”

Faça Marketing Digital com Dados

Faça parte da nossa Lista VIP e receba toda semana as principais novidades sobre Marketing Digital na sua caixa de entrada.

LEIA MAIS

Táticas Avançadas de SEO e Links Patrocinados com o SEM Rush

Depois de anunciar a abertura do SEM Rush no Brasil, confira neste artigo alguns táticas avançadas do uso do SEM Rush para apoiar a sua estratégia de SEO e Links Patrocinados.

Google Trends: Descubra Tendências de Busca

Saiba o que é e como utilizar o Google Trends, uma ferramenta que irá ajudar você a descobrir novas palavras-chave a serem exploradas. Confira!

Melhores Ferramentas de SEO Para Otimizar o Desempenho do Seu Site

Confira aqui uma lista completa com mais de 50 ferramentas de SEO que irão ajudar você a conquistar as melhores posições nos mecanismos de busca!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?