Tráfego Pago

Atualizações do Gerenciador de Anúncios do Google

Por Raquel Pereira

Confira os detalhes das atualizações do Google Ad Manager e já fique atento sobre o que ainda está por vir.

Raquel Pereira

Os anúncios digitais são ações fundamentais para a estratégia de atração e captação de leads (até mesmo para reconhecimento de marca). Devido a tamanhas vantagens, a competição pela atenção do público está cada vez mais acirrada e, para auxiliar os anunciantes, o Google está lançando uma série de novos recursos para aprimoramento e gerenciamento de campanhas. Confira as principais novidades!

Fique por dentro das novidades:

  • atualizações de setembro para gerenciamento de recursos e extensões de anúncios;
  • o google ads irá recomendar recursos com base na meta de campanha;
  • menu de anúncios e recursos para acompanhamento de estatísticas;
  • relatório de relatório “combinações”;
  • atualizações de junho.

Atualizações de setembro para gerenciamento de recursos e extensões de anúncios

As extensões de anúncios são recursos adicionais para otimizar as campanhas de mídia paga, ou seja, “sitelinks, frases de destaque e imagens adicionais”. Os mais recentes lançamentos tem como objetivo auxiliar os usuários da ferramenta a enxergar novas oportunidades, a partir das implementações de novas combinações de criativos, ferramentas de segmentação, CTAs entre outros elementos.

fonte: https://www.socialmediatoday.com/

Agora, os sitelinks são integrados de forma mais nativa ao processo de criação de anúncios. A mudança foi realizada para que os usuários pudessem realizar as implementações de maneira mais prática. Anteriormente, a adição desse elemento era feita em uma etapa separada.

O Google Ads irá recomendar recursos com base na meta de campanha

Com a recorrência nos novos lançamentos de recursos, o Google Ads acaba de inserir uma nova inteligência a ferramenta:

“À medida que você cria recursos e os aplica à sua campanha, a ferramenta de visualização é atualizada automaticamente para que você possa vê-los no contexto do seu anúncio. Além disso, o Google Ads agora recomendará recursos com base na meta de campanha escolhida. Por exemplo, se você selecionou ‘Leads’ como seu objetivo de campanha, recomendamos automaticamente que você adicione um recurso de formulário de lead.”

A novidade é uma ótima notícia para os anunciantes que se sentiram perdidos em meio a tantos novos recursos disponíveis.

Menu de Anúncios e recursos para acompanhamento de estatísticas

Para aqueles que estão receosos em testar os novos recursos do Google Ads, a própria ferramenta já se antecipou e criou um novo menu de Anúncios e recursos para que os anunciantes tenham controle sobre o que foi utilizado e também o que vem dando mais resultados para suas campanhas. Confira a explicação:

“Você verá títulos e descrições na visualização da tabela ‘Ativo’, enquanto a visualização da tabela ‘Associação’ mostrará ativos como imagens e preços. Ao analisar as associações, você poderá ver o desempenho dos recursos do criativo nos níveis de conta, campanha e grupo de anúncios.”


fonte: https://www.socialmediatoday.com/

Relatório de “Combinações”

Para simplificar a revisão das campanhas o novo relatório de “Combinações” vai exibir sitelinks, frases de destaque e imagens ao lado de seus títulos e descrições:

fonte: https://www.socialmediatoday.com/

O relatório unificado na página “Ativos” será lançado nas próximas semanas para todos os tipos de campanhas. Já o relatório de combinações atualizado será lançado nos próximos meses.

Atualizações de junho

O Google separou as atualizações, lançadas em 6 de junho, em três categorias, sendo elas:

  • atualizações para gerenciar inventário;
  • atualizações para gerenciar as configurações de rede;
  • atualizações para relatar e otimizar.

Gerenciar inventário

Na primeira categoria, a atualização foi o aumento do time to live (TTL) do PPID (identificador fornecido pelo editor), que foi estendido de 90 para 180 dias. Dessa forma, o buscador afirma que os editores terão mais suporte em casos de personalização para usuários com períodos de inatividade acima de 90 e abaixo de 180 dias, como é o caso das segmentações de sazonalidade, por exemplo.

Gerenciar as configurações de rede

Essa foi a categoria com maior número de atualizações, sendo quatro novidades até o momento.

Dentre elas, a menos impactante para os editores foi o rebranding da marca Facebook para Meta, uma ação realizada pelo buscador que não afeta aqueles que já têm o Facebook em bidders ou grupos de rendimento existentes.

O Google incluiu um recurso de otimização de preços para refletir o valor do inventário. Essa atualização pode ser desativada nas configurações de rede, no entanto, o buscador afirma que essa é uma forma de proteger e refletir com mais precisão os valores de estoque no leilão.

Além disso, até o final de junho, o Google pretende concluir a atualização do SupplyChain Object for MCM Manage Inventory, uma solução de problemas de arquivos de transparência para editores do GMC (ads.txt e sellers.json).

Por fim, a categoria ainda inclui a conclusão da migração do recurso de proteção de vídeo, atualizado para experiências de anúncios, agora chamado de “Bloquear anúncios em vídeo não in-stream”.

Relatar e otimizar

A categoria final inclui duas atualizações importantes para o acompanhamento das campanhas, a primeira é a abertura da integração do Google Analytics 4 para dados da Web na versão Beta.

Para que os editores possam realizar o processo de integração entre o Google Analytics 4 com o Google Ad Manager, o buscador publicou um passo a passo completo.

A segunda atualização expandiu os “Motivo da rejeição de lances” na geração de relatórios e transferência de dados. Dessa forma, a ferramenta oferece mais detalhes sobre os “Motivo da rejeição de lances”, para que recursos mínimos e preços recém adicionados sejam considerados.

Além disso, o Google disponibilizou a API WebView para anúncios, ferramenta direcionada para que os desenvolvedores de apps possam monetizar o conteúdo do WebView. Essa atualização não foi incluída em nenhuma das categorias citadas anteriormente.

O que está por vir?

Nas próximas semanas, o Google confirmou o lançamento de outras quatro novidades ou ferramentas que farão parte dessa nova versão do Google Ad Manager. São elas:

  • atualizações na medição do Active View;
  • a aplicação de app-ads.txt para inventário de CTV;
  • migração de consultas para consultas do tipo de relatório histórico do Ad Exchange;
  • lances de cabeçalho em grupos de rendimento (beta).

Ainda não há datas oficiais para o lançamento, mas nós vamos atualizar esse post sempre que elas forem lançadas, então já salve nos seus favoritos para acompanhar as atualizações.

Faça parte da nossa Lista VIP e receba toda semana as principais novidades sobre Marketing Digital. Participe também do grupo da Agência Mestre no Telegram e receba novidades na palma da sua mão!

Mais sobre Tráfego Pago

LEIA MAIS

Google Ads: 15 Dicas Para Criar Campanhas de Sucesso

Aprenda a criar uma campanha de sucesso no Google Ads. Confira neste artigo, 15 dicas que farão total diferença na hora de criar seus anúncios no Google.

Listas Negativas e Interesses Negativos no Facebook Ads

Você já ouviu falar das listas negativas e dos interesses nativos do Facebook Ads? Muito parecidos com as palavras-chave negativas do Google AdWords, elas são potentes ferramentas para segmentação de anúncios. Clique e saiba mais!

Como Anunciar no Google: Passo a Passo Completo do Google Ads

Através do Google Ads você poderá atingir seu público alvo em cheio, utilizando a rede de pesquisa ou a rede de display. Confira nossas dicas sobre como anunciar no Google e comece a ter sucesso em suas campanhas!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?