O Penguin Update do Google fez uma grande transformação benéfica no cenário de SEO. Ele mudou a forma de avaliar e classificar os links na internet pelo Google, apontando se esses são de baixa qualidade e até artificiais. Com ele, o algoritmo automaticamente identifica esses links e penaliza o site.

Consequências do Penguin Update do Google

O Penguin Update, resumidamente, mira os spams que invadem os resultados de busca do Google. Quando um site é pego pela ferramenta, ele sofre uma penalização. Isto é, uma redução de sua visibilidade frente ao buscador, já que palavras-chave nas quais você estava bem posicionado, não estará mais.

Como forma de comparação, é como um atleta de alto rendimento pego no doping nas Olimpíadas. Ele teve uma alta performance, mas se ele não tivesse dopado não teria alcançado o resultado que conquistou. Os profissionais do ramo de SEO perceberam com o tempo que o Google privilegiava o ganho de links e eles artificialmente passaram a criá-los.

O que devo fazer se for penalizado?

Caso você seja pego no Penguin, confira a data das últimas atualizações e tente entender primeiramente se você fazia algum tipo de estratégia prejudicial, como comprar publieditorial, trocar links com sites, pedir para amigos colocarem o link para o seu negócio, link farm, entre outros casos. Se a resposta for sim, então saiba que o Penguin percebeu que o seu website estava inflado.

O ideal, então, é ir atrás de todos esses links que você criou artificialmente e pedir a exclusão deles um a um. Vale lembrar que, mesmo limpando, vai demorar para seu site voltar a rankear normalmente. Outro ponto importante de salientar é que o seu tráfego não irá voltar a ser como era antes. Afinal, agora você tem menos links.

Você ficou com alguma dúvida sobre o Penguin Update do Google? Se restou alguma questão, deixe nos comentários. Até a próxima!