Elon Musk Comprou o Twitter: Qual o Futuro da Plataforma?

Por Letícia Matsumoto

Redes Sociais

Elon Musk Comprou o Twitter: Qual o Futuro da Plataforma?

O que muda com a compra do Twitter pelo homem mais rico do mundo? Confira a notícia e saiba qual pode ser o futuro da plataforma!

Letícia Matsumoto

Elon Musk irá se tornar o único proprietário do Twitter. A decisão ocorreu depois do conselho da plataforma se reunir este final de semana para votar a aceitação de sua oferta de aquisição de $44 bilhões de dólares, cerca de R$218.671.570.

Relutância da oferta inicial

Anteriormente, havia indícios de que o Twitter não iria aceitar a oferta de Musk. Houve, inclusive, um processo de mitigação de “poison pills”, que são táticas para desencorajar ou até mesmo impedir aquisições de companhias no mercado de capitais. Ou seja, o conselho buscava dificultar a aquisição de Musk por meio da compra de ações.

Qual será o futuro do Twitter?


Até o momento, Musk, admitiu que ainda está trabalhando em seus planos. No entanto, existem alguns indicadores sobre as intenções do homem mais rico do mundo. Confira!

Restauração da liberdade de expressão

No mês passado, em sua própria conta do Twitter @elonmusk, compartilhou o seguinte questionamento:

“Dado que o Twitter serve como praça pública de fato, não aderir aos princípios da liberdade de expressão prejudica fundamentalmente a democracia.

O que deveria ser feito?

Você acredita que o Twitter adere rigorosamente a esse princípio?”

A manifestação do CEO da Tesla se deu após ações passadas em que o Twitter silenciou usuários.

Quando a plataforma tomou a decisão de banir o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Musk também se posicionou descontente.

Twitter sem anúncios

Aparentemente, como explicitado em seu tweet, Musk acredita que para o Twitter atender ao propósito de praça pública, ele não deveria conter anúncios. Afinal, isso deixaria a plataforma dependente do dinheiro de empresas anunciantes. Consequentemente, estaria sujeito a manipulações de acordo com o interesse de terceiros.

Tweet, publicado no dia nove de abril:

“E sem anúncios. O poder das corporações para ditar
política é bastante aprimorada se o Twitter depender de
dinheiro de publicidade para sobreviver.”

No entanto, hoje, os anúncios representaram a grande maioria da receita do Twitter.

Como o Twitter poderia existir sem anúncios: na visão de Elon Musk

Os custos operacionais básicos do Twitter são muito altos, cerca de $4 bilhões de dólares por ano. Ou seja, para a plataforma continuar, será necessário estruturar um novo modelo para os usuários. Como ele seria? Musk, revelou em um tweet no dia nove de abril:

Todos que se inscrevem no Twitter Blue (ou seja, pagam
$3/mês) deve receber uma marca de verificação de autenticação.

Para Musk, a autenticação diminuiria a presença de bots na plataforma. Um problema cada vez maior, acelerando a divulgação de notícias falsas pela web, além da disseminação de discursos de ódio.

Em resposta às declarações de que a metodologia do Twitter na contagem de spam e contas falsas está errada, o atual CEO do Twitter, Parag Agrawal, twittou uma explicação sobre o atual processo de detecção e remoção de perfis falsos da empresa.

“Nossas estimativas internas reais para os últimos quatro trimestres ficaram bem abaixo de 5% – com base na metodologia descrita acima. As margens de erro em nossas estimativas nos dão confiança em nossas declarações públicas a cada trimestre. Infelizmente, não acreditamos que essa estimativa específica possa ser realizada externamente, dada a necessidade crítica de usar informações públicas e privadas (que não podemos compartilhar). Externamente, nem é possível saber quais contas são contadas como mDAUs em um determinado dia. Existem MUITOS detalhes que são muito importantes sob esta descrição de alto nível.”

As pessoas pagariam pelo Twitter?


Atualmente, o Twitter é a nona rede social com maior número de usuários (217 milhões). Ou seja, se apenas metade desses usuários decidisse optar pela versão paga, seriam $3,4 bilhões de dólares de receita anual.

Claro que, para que o investimento se justificasse, a plataforma deveria receber diversas inovações.

Corte de custos

Musk declarou que para redução de custos da plataforma pretende descontinuar a sede da empresa em San Francisco ou então, eliminar o salário dos membros do conselho.

Open Sourcing do Algoritmo do Twitter?

Os algoritmos sempre proporcionam muito debate nas redes sociais. Ao longo dos anos, os usuários estão cada vez mais exigentes sobre a usabilidade das plataformas. Musk, parece querer contribuir para esse futuro de maior autonomia para aqueles que desejarem utilizar o Twitter.

“Quaisquer alterações nos tweets das pessoas – se forem enfatizadas ou não enfatizadas – essa ação deve ser tornada aparente, para que todos possam ver que essa ação foi tomada, para que não haja nenhum tipo de manipulação nos bastidores, algorítmica ou manual.”

Mudanças de pessoal

No dia 12 de maio, um dos principais líderes – Kayvon Beykpour – e o chefe de produtos de receita – Bruce Falck – deixaram seus cargos, segundo pronunciamento do atual CEO do Twitter, Agrawal (que em breve será substituído por Elon Musk como parte do acordo):

“No início da pandemia, em 2020, foi tomada a decisão de investir agressivamente para entregar grande crescimento de audiência e receita, e como empresa não atingimos marcos intermediários que possibilitem confiança nesses objetivos. Mais recentemente, o ambiente macroeconômico global tornou-se menos favorável, a guerra na Ucrânia impactou nossos resultados e pode continuar a fazê-lo […] Para gerenciar a organização com responsabilidade à medida que aprimoramos nossos roteiros e nosso trabalho, precisamos continuar a ser intencional sobre nossas equipes, contratações e custos.”

Complicações adicionais na compra do Twitter

Alguns relatórios sugerem que a compra do Twitter está sendo um tanto quanto complicada para o homem mais rico do mundo.

Conforme relatado pela CNBC:

“Embora o conselho do Twitter tenha aprovado a compra [de Musk], ainda pode levar meses para que o acordo seja fechado. A Bloomberg disse mais tarde que a FTC está analisando separadamente a própria aquisição, embora muitos especialistas não esperem que o acordo levante preocupações antitruste”.

Queda no valor das ações

Atualmente, as ações do Twitter caíram para menos de $46 dólares como resultado dessas complicações, o que está bem abaixo do preço de compra de Elon Musk de $54,20 dólares.

Apesar do futuro incerto da rede social, hoje, as ações realizadas pelo CEO ditam o planejamento estrutural da empresa. Independentemente da situação com Musk, o Twitter continua lançando cada vez mais atualizações em sua plataforma e a perspectiva é que as atualizações só aceleram, talvez, tomando um rumo diferente quando Musk finalmente ocupar o cargo de CEO.

Faça parte da nossa Lista VIP e receba toda semana as principais novidades sobre Marketing Digital.

Quer ficar por dentro dos planos do Elon Musk para o Twitter? Então já pode salvar este post nos seus favoritos. Iremos atualizar esse post assim que tivermos mais informações!

Estatísticas do Twitter no Brasil

Fique por dentro da importância dessa rede social no Brasil, veja quem são os usuários do Twitter e quais as principais informações que precisa saber para iniciar uma estratégia de marketing digital: Estatísticas do Twitter no Brasil.

LEIA MAIS

Como Fazer um Instagram de Sucesso e Ganhar Seguidores

Saiba os passos necessários para construir um perfil voltado para negócios e aprenda a se destacar em uma das redes sociais que mais cresce na atualidade.

Como Criar uma Fanpage: Guia para Criar Página no Facebook

Veja como criar uma página no Facebook, confira as dicas que não podem ser ignoradas e torne a sua empresa visível nessa rede social!

Top 8 Erros Comuns em FanPages

Você sabe quais são os erros mais comuns ao criar uma fanpage? Dê uma olhada neste artigo e confira algumas dicas que vão ajudá-lo(a) a identificar erros e melhorar suas estratégias!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?