Redes Sociais

LinkedIn Anuncia Nova Atualização do seu Algoritmo e Compartilha Insights sobre a Mudança

Por Raquel Pereira

Descubra porque o LinkedIn atualizou seu algoritmo central de distribuição de conteúdo no feed e como isso impacta sua produção de conteúdo.

Raquel Pereira

Na última semana de fevereiro, o LinkedIn descreveu algumas atualizações no seu algoritmo central de distribuição de conteúdo no feed.

Segundo compartilhado, as mudanças podem alterar a abordagem dos criadores e das marcas na rede profissional, que terão que implementar novos esforços para criar atualizações valiosas e evitar abordagens de “clickbait”.

Confira os detalhes:

A Atualização do Algoritmo do LinkedIn

Em entrevista ao podcast “Problem Solvers” do Entrepreneur, o editor-chefe do LinkedIn, Dan Roth, e o diretor sênior de engenharia, Tim Jurka, deram detalhes sobre o novo algoritmo de distribuição de conteúdo no feed central do LinkedIn.

A Atualização do Algoritmo do LinkedIn

Segundo os tomadores de decisão da rede profissional, o propósito da mudança é colocar mais foco na maximização de valor do aplicativo, fazendo com que os conteúdos tenham uma “vida útil mais longa”. Conforme explicado:

“Digamos que você acessou o LinkedIn e postou uma lição detalhada sobre marketing de bebidas. Normalmente, essa postagem desapareceria dos feeds das pessoas em alguns dias ou mais. Agora o LinkedIn está pensando de forma diferente.”

O principal objetivo é alinhar o feed do LinkedIn à missão da marca, que é “conectar os profissionais do mundo às oportunidades econômicas”. Para isso, a ideia é que o conteúdo valioso e de nicho tenha um tempo maior para ser identificado e reconhecido como valioso para os membros daquela comunidade, de forma a aumentar seu conhecimento em determinadas áreas de interesse:

“Ele [o algoritmo] pode identificar sua postagem como exclusivamente útil – e sempre que outros usuários demonstrarem interesse em marketing de bebidas, poderá exibir sua postagem em seu feed como uma “postagem sugerida” especial. Isso significa que seu conteúdo pode durar meses ou até anos, atingindo um público hiper-direcionado”

Como a Atualização do Algoritmo do LinkedIn impactará sua criação de conteúdo?

Dan Roth explica que os profissionais e marcas não devem se limitar a seguir tendências de postagens, como “melhores horários para publicar” ou “melhores formatos”, pois a nova atualização tem o objetivo de “eliminar” essas tendências de tópicos oportunos e focar na concentração de valor de cada publicação.

Como a Atualização do Algoritmo do LinkedIn impactará sua criação de conteúdo?

Historicamente, assuntos “polêmicos” e “tendências” têm sido os tópicos mais abordados para atrair a atenção e aumentar a retenção dos usuários em um conteúdo online – principalmente quando se trata de conteúdos na rede social.

Agora, ao invés disso, os criadores de conteúdo podem se concentrar em informações verdadeiramente relevantes e interessantes para seus usuários, incluindo informações que eles não veem em outros lugares.

“Se você puder simplesmente compartilhar conhecimento com o mundo, garanto que as coisas vão dar certo. Eles nem sempre funcionarão para todas as postagens, mas ao longo da sua postagem, funcionará para você.

Como você pode adaptar sua produção de conteúdo para o novo formato?

Basicamente, não existe muito mistério. Os tomadores de decisão do LinkedIn deixam claro que o objetivo é tornar o conteúdo realmente relevante e valioso para o público, sem uso de postagens no estilo “clickbait” – outro recurso que o LinkedIn pretende remover o mais rápido possível.

Afinal, Roth explica que o LinkedIn já não conta mais os toques e “Leia mais” nas publicações como um indicativo de qualidade, uma vez que muitos profissionais estavam adotando técnicas para incentivar o clique, mas sem entregar um conteúdo relevante:

“Assim que percebemos o que as pessoas estavam fazendo e que havíamos atribuído incorretamente o botão ‘leia mais’ como um sinal de que as pessoas estavam obtendo algum valor [de uma postagem], simplesmente paramos de usar isso como um sinal.”

Outras Informações sobre a Atualização do Algoritmo do LinkedIn

Outras novidades compartilhadas pelos tomadores de decisão do LinkedIn durante a entrevista são:

  • novas opções de botões de CTA personalizados para perfis de usuários, incluindo a opção de “Inscreva-se na minha Newsletter”; e
  • planos para expandir ainda mais as Newsletters Nativas este ano.

Por fim, o LinkedIn está “lutando” para acabar com o título de“Criador” na rede, uma vez que a maior parte desses criadores na rede já possuem outro título, como “Médico” ou “Engenheiro”, por exemplo.

A longo prazo, essas atualizações podem tornar sua estratégia de geração de conteúdo no LinkedIn em uma grande fonte de aquisição de oportunidades de negócios, além de auxiliar na visibilidade e autoridade da sua marca com a criação de conteúdo autêntico e de valor.

Leia também: Ações no LinkedIn para se Adequar à Era da Privacidade de Dados

LEIA MAIS

Migração de Perfil e União de Páginas no Facebook

O Facebook possui duas ferramentas que podem auxiliar os usuários a solucionar alguns problemas básicos: a migração de perfil para fan page (para empresas que começaram errado) e a união de várias fan pages em uma (para quem não soube como montar). No entanto, ambas trazem alguns problemas para os usuários, que frequentemente buscam aqui solucionar dúvidas e tentar entender os processos. Fizemos este artigo visando explicar melhor tudo isso.

Como Criar uma Fanpage: Guia para Criar Página no Facebook

Veja como criar uma página no Facebook, confira as dicas que não podem ser ignoradas e torne a sua empresa visível nessa rede social!

Top 8 Erros Comuns em FanPages

Você sabe quais são os erros mais comuns ao criar uma fanpage? Dê uma olhada neste artigo e confira algumas dicas que vão ajudá-lo(a) a identificar erros e melhorar suas estratégias!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?