Sabe aquela apresentação de dados, ótimos resultados obtidos com as estratégias de marketing digital? Neste vídeo, Fábio Ricotta, CEO da Agência Mestre, aponta que é possível que você esteja esquecendo de outros fatores essenciais que não podem faltar na análise das métricas e, por isso, esteja gerando mais resultados do que pensa. Quer saber quais? Dê o play e assista ao vídeo completo!

Em uma das observações de um dos colaboradores do time de SEO da Agência Mestre, foram expostos crescimentos significativos referentes às conversões assistidas. Nesse sentido, Fábio aponta a importância de observar os resultados obtidos por meio da análise dessa métrica. A observação é tão necessária que Ricotta entrega um dado surpreendente: uma pessoa antes adquirir um produto pode demorar até 15 dias para realmente converter. Com essa informação, é inegável confirmar que o usuário, na maioria dos casos, não é impactado de imediato.

Quem trabalha com marketing digital, Google Analytics, Google Adwords, Facebook Ads é acostumado a estudar relatórios de conversão. No entanto, de acordo com Fábio, um erro clássico é não observar o trabalho que foi realizado antes dos usuários chegarem ao site e converterem. Em diversos casos, os resultados da busca orgânica, que trouxeram pessoas até a página, passaram a auxiliar na concretização das conversões por meio de  por campanhas de remarketing.

A venda nesse cenário pode aparentar que o e-mail é uma ótima maneira de conseguir conversões, o que não errado. Porém é importante não desvalorizar todo o trabalho realizado por meio das estratégias de SEO para otimizar a busca orgânica.

A importância de analisar as conversões assistidas

No exemplo exposto por Fábio Ricotta são apresentados os resultados de um cliente que já possui um alto faturamento mensal, porém ao analisar os dados referentes às conversões assistidas, precisamente por meio da busca orgânica, é possível visualizar um acréscimo de dois milhões e meio de reais de faturamento mensal. Em comparação com o ano anterior, o impacto da busca orgânica entregava um lucro de um milhão de reais. Essa informação representa que o trabalho de SEO está muito mais amplo e podem está sendo gerando mais resultados do que se espera.

Ou seja, é possível compreender que mais pessoas estão conhecendo a empresa por meio da busca orgânica e outros canais estão auxiliando a reencaminhar o usuário para que seja realizada a conversão de fato. O remarketing, e-mail marketing, Facebook Ads ou inúmeras outras ferramentas são grandes auxiliadoras, porém as implementações de SEO possuem um papel primordial.

O papel da busca orgânica nos resultados de Marketing Digital

Nesse mesmo sentido, Fábio exemplifica de maneira ilustrada a importância de analisar os resultados originados da conversão assistida. Por exemplo, no vôlei o levantador possui grande importância na concretização de uma jogada certeira. É ele que irá armar o passe para que o atacante marque o ponto. Essa relação pode ser feita com o fato que a busca orgânica auxilia na preparação das conversões e acaba gerando mais resultados. Ou seja, são as estratégias de SEO que criam um “terreno” para a concretização dos boas métricas posteriores e geram a conversão final.

Portanto, Fábio faz a sugestão: da próxima vez que você for apresentar os dados de resultados de um projeto de Marketing Digital, não se esqueça de apresentar referências que permitam analisar o relatório de conversões assistidas. Afinal, algumas mídias apresentam o poder de assistir uma conversão, porém outras ferramentas demonstram maiores resultados de fechamento, porém é um erro não considerar a importância e o papel da utilização das mídias assistidas, como, por exemplo, a busca orgânica.

Por meio de uma análise inteligente e completa é possível compreender melhor os dados obtidos, além de conseguir monitorar os índices de contribuição de cada canal em relação às conversões e lasts clicks. De acordo com Fábio, quando você conseguir apresentar essas informações, é mais fácil possibilitar uma visão diferente aos tomadores de de decisão.

Dica extra

E por fim, uma dica extra! Fábio esclarece que, devido aos baixos resultados, é comum a prática de cortar mídias. Porém, o CEO da Agência Mestre aponta a importância de tomar cuidado na hora de excluir a utilização de um canal. Afinal, a não utilização de uma ferramenta que possibilita conversões assistidas poderá gerar impactos nos resultados futuros, pois de certa maneira, é ela que atua na tarefa de levar usuários até uma página.

Gostou deste vídeo? Aproveite e confira também para conferir o episódio 91 – Meus Dados Não Batem – Analytics vs Facebook vc Adwords vs CRM!