Você já utiliza o Google Ads para alavancar o seu negócio no digital? Não? Pois deveria! Isso porque essa ferramenta é essencial quando falamos de marketing digital. 

No artigo de hoje, trouxemos dicas sobre as principais diferenças entre os tipos de anúncio do Google e como você pode tirar o melhor de cada um deles. Acompanhe:

  • o que é Google Ads;
  • a diferença entre as redes no Ads;
  • rede de pesquisa;
  • rede de display.

Se preferir, assista ao vídeo do Fábio Ricotta, CEO da Agência Mestre, explicando sobre as diferenças entre dois recursos do Google Ads.

O que é Google Ads?

Antes de entender a diferença entre as redes do Google, primeiro, você sabe, de fato, o que faz o Google Ads?

Essa ferramenta, lançada em 2000, é uma plataforma de anúncios do buscador mais famoso do mundo. Atualmente, ela lidera o mercado de mídia on-line, com possibilidade de anunciar no YouTube, Gmail, Play Store, Pesquisa e Display. 

Possivelmente, você já deve ter se deparado com um anúncio ao assistir um vídeo no YouTube, certo? Ou, ao ler um artigo de blog, com um banner. Essas são formas práticas para atrair consumidores e despertar o interesse para produtos e serviços dos anunciantes. 

Além disso, o Google Ads permite muitos benefícios a sua empresa, como:

  • possibilidade ser encontrada mais facilmente pelo público;
  • flexibilidade nos anúncios;
  • mensuração de resultados;
  • ajuda a construir o reconhecimento de marca.

Diferença entre as rede de pesquisa e rede de display no Google Ads

A diferença entre Rede de Display e Rede de Pesquisa não é nada difícil de entender. A similaridade entre elas, além de pertencerem a mesma plataforma, Google Ads, quando utilizadas de maneira errada podem prejudicar a performance dos seus anúncios e não atingir bons resultados. 

Veja abaixo as funcionalidades das duas redes:

Rede de Pesquisa

Na Rede de Pesquisa, você tem a oportunidade de aparecer junto aos resultados tradicionais do buscador. Ou seja, toda vez que alguém pesquisa algo no Google, essa pessoa vê uma lista de resultados e juntamente dela, encontram-se alguns anúncios, os quais pertencem à Rede de Pesquisa.

A grande vantagem da Pesquisa, é que quando um usuário entra no Google, normalmente, ele tem uma intenção de busca, ou seja, uma necessidade. Como os anúncios aparecem exatamente para as pessoas que digitam aquilo que querem, o índice de conversão tende a ser realmente muito bom.

Rede de Display

Já a Rede de Display conta com mais de 2 milhões de sites, com os quais o Google tem parceria através da rede do AdSense ou de terceiros, como o DoubleClick ou outras que têm algum tipo de ligação com o buscador. 

Esses sites permitem que o Google Ads vincule anúncios dentro de blocos específicos. Dessa forma, você, como um anunciante, estabelece que o seu banner será vinculado na Rede de Display. 

Essa é a grande vantagem: espalhar seu conteúdo, ou seja, a sua mensagem para toda web!

Normalmente, o Display tende a converter menos que a Rede de Pesquisa, uma vez que por meio dele, nem sempre as pessoas estão interessadas naquilo que é oferecido em anúncio.

Para aumentar sua taxa de conversão, indicamos que esse formato seja utilizado em suas campanhas de remarketing. Pois, dessa forma, você irá impactar novamente, pessoas que já visitaram algum conteúdo seu, ou aquelas que estiverem próximas de realizar uma conversão. 

Existem também os casos de campanhas de branding, que funcionam muito bem com a Rede de Display, porque possibilita uma visibilidade muito maior para o seu negócio.