Marketing Digital

Guia Completo: Como Montar Um Briefing Para Criação de Identidade Visual

Por Luana Zanolini

Clique aqui e saiba quais passos seguir na hora de fazer um briefing para criação de identidade visual da sua empresa ou negócio.

Luana Zanolini

A criação de uma identidade visual marcante começa com um briefing bem elaborado. Esse documento é essencial para a execução dos trabalhos, pois ele dá as etapas que devem ser seguidas para o sucesso do trabalho.

Quando pensamos na criação de uma identidade visual, ele diferencia-se de um simples briefing de logo por abordar aspectos mais amplos da marca, incluindo itens como paleta de cores, tipografia e aplicações de marca em diversos meios.

Não está conseguindo encontrar o melhor formato para elaborar um briefing para a criação de identidade visual em sua empresa? Não se preocupe! Neste artigo, vamos falar como fazer isso com as informações corretas. Você verá:

  • o que é o briefing;
  • vantagens de se utilizar o briefing para os projetos;
  • quais informações devem estar no briefing;
  • passo a passo para a criação de um briefing para identidade visual;
  • a importância do briefing para os projetos de marketing digital.

O que é o briefing?

O briefing é um documento que reúne todas as ideias que o potencial cliente tem para a realização de determinado projeto, podendo ser um site, uma campanha de mídia, um conteúdo específico ou a criação da identidade visual da empresa.

É possível classificar o briefing como um modelo de manual de instruções para que toda a  equipe possa se guiar por ele. A partir do documento é possível chegar a resultados satisfatórios, já que a maioria das informações para a execução são fornecidas pelo seu cliente.

Confira o especialista e CEO da Agência Mestre, Fabio Ricotta, dando as orientações para você conseguir fazer as perguntas certas na reunião de briefing:

Elementos Fundamentais de um Briefing

O briefing de identidade visual é um documento que contém todas as informações necessárias para iniciar um projeto de design gráfico, isso inclui:

  • Descrição da Empresa: Fornece um contexto sobre a empresa como sua história, missão, visão e valores. Essas informações ajudam o designer a entender a cultura da empresa e o que ela representa;
  • Descrição do Projeto: Define claramente os objetivos do projeto, incluindo as peças gráficas esperadas e os prazos de entrega. Seja específico sobre o que é necessário e quando é necessário.
  • Informações sobre o Público-alvo: Quem são seus clientes? Quais são suas preferências e comportamentos? Essas informações são cruciais para desenvolver uma identidade visual que ressoe com o público.

Elementos Técnicos Importantes para um Briefing de Identidade Visual

Além dos elementos fundamentais de um briefing, é importante ressaltar que a área de Criação e Design precisa de informações mais específicas para criar uma identidade visual alinhada com as expectativas do cliente. Por isso, inclua também:

  • Preferências de Estilo e Cor: Mostre como as cores e estilos refletem a personalidade da marca. Por exemplo, um negócio de tecnologia pode preferir um estilo moderno e minimalista, com cores frias que transmitem inovação e confiança.
  • Tipos de Logo e Estilo de Design: Desde logotipos abstratos a emblemas, é vital discutir que tipo de logo representa melhor a marca. Cada tipo tem suas implicações e uso conforme a identidade da marca.
  • Fontes e Tipografia: As fontes são fundamentais na comunicação da identidade da marca. Uma escolha adequada de tipografia pode fazer a diferença na percepção da marca pelo público.

Vantagens de se utilizar o briefing para os projetos

Dentre as principais vantagens de se utilizar o briefing, temos:

  • menor taxa de retrabalho – com o uso do briefing a taxa de retrabalho é pouca ou quase nenhuma. Nem sempre é possível impedir as solicitações de alteração, já que cada cliente tem um nível de exigência, porém, o briefing pode ajudar muito a reduzir essa margem de ajustes;
  • o tempo de produção é menor – o briefing tem um papel muito importante no tempo de produção, já que ele tende a tornar a execução mais ágil. O tempo de produção traz maior satisfação para o cliente e ainda contribui para a organização de quem está envolvido na execução do projeto;
  • os resultados são mais alinhados com as expectativas do cliente – quanto mais detalhado for a entrevista e descrição do briefing com o cliente, melhor será o resultado. Assim, será possível desenvolver todas as ideias.

Quais informações devem estar no briefing?

Há alguns dados primordiais que devem constar no briefing para criação de identidade visual. Veja quais são eles:

  • qual é a persona?;
  • que imagem a marca quer transmitir?;
  • quais são os valores importantes da empresa?;
  • quais as principais características da marca?;
  • quais palavras são indicadas para uso e quais não usar?;
  • quais cores devem ser usadas e evitadas?;
  • há tipografia já definida? Há preferências?;
  • quais palavras definem o que a marca é e o que deseja transmitir;
  • quem são os concorrentes?;
  • há referências de outros trabalhos de identidade visual? (próprio ou de concorrentes);
  • já existe um manual de marca?;
  • qual é o diferencial da empresa?;
  • possui slogan?

Com essas questões bem definidas, você terá seu briefing completo! Além disso, não se esqueça de agrupar todos os materiais que a empresa já tem — folders, anúncios, banners, entre outros —, tanto exemplos bons como aqueles que foram considerados ruins. É importante ter um panorama do que deu certo ou não.

Porque a identidade visual é tão importante? 

A identificação visual da sua empresa é um conjunto de elementos gráficos que ajudam os seus clientes a, literalmente, identificar a sua marca dentre as demais. A criação de uma identidade visual é muito importante para passar mais credibilidade e autoridade aos consumidores, além de ser crucial para o sucesso do seu negócio.

Criar uma identidade visual é indispensável, pois é por meio dela que você se comunica com o público e passa a imagem que deseja a ele. Você pode começar a criação da identidade visual da sua marca seguindo quatro passos:

Definir a sua mensagem

A sua identidade visual deve passar a mesma mensagem que a sua missão e seus valores, por isso, é importante saber qual é o propósito da empresa e como ela se comunica com a audiência;

Estabelecer uma relação sentimental/emocional com o público

É preciso estar atento ao sentimento que sua empresa quer despertar durante a criação da sua identidade visual. Nesse caso, a psicologia das cores pode ser um bom guia para entender como as cores podem influenciar sensações, dessa forma, você conseguirá identificar quais gatilhos mentais e sentimentos serão associados à sua empresa;

Menos pode ser mais

Inicie seu projeto com simplicidade e, aos poucos, adicione os elementos e cores. Assim, você poderá identificar quais elementos combinam melhor com a sua marca, sem cometer exageros e acabar se perdendo durante a criação da identidade visual;

Manter o padrão em todas as suas criações

Para isso, a criação do seu briefing de identidade visual será muito importante, pois será um documento com todas as orientações necessárias para manter a harmonia entre os criativos e produtos da empresa.

É essa identidade que irá ditar quais são seus valores e posicionamento de marca. Todas as cores, formas, tipografias e outros elementos visuais vão complementar a ideia que quer transmitir.

O briefing para a criação de identidade visual pode ser usado para a:

  • construção de um site, 
  • de banners, 
  • logotipo, 
  • campanhas, 
  • diagramação de materiais ricos (como e-books e infográficos, por exemplo), 
  • entre outras peças.

Como fazer um briefing para identidade visual

Para conseguir preencher um briefing com as informações essenciais para a criação de uma identidade visual, criamos esse passo a passo sobre tudo o que não pode faltar. Confira abaixo:

Como fazer um briefing para identidade visual

Parte 1. Definição de informações estratégicas

Para que a agência ou profissional responsável pelo seu projeto esteja ciente de quais são as informações mais importantes é necessário preencher alguns itens sobre informações estratégicas que a sua empresa tem. Por exemplo:

  • mercado e o público-alvo: para entender quem são os seus clientes é necessário traçar as informações sociodemográficas (como a idade, estado civil, etc);
  • posicionamento da sua marca – o posicionamento é a tradução da solução que sua empresa oferece ao mercado, atendendo uma necessidade de modo específico;
  • o seu diferencial – aqui é descrito o diferencial da marca, podendo ser o atendimento, localização ou até mesmo a variedade.

Parte 2. Definição de informações para design e referências

Em seguida é necessário dar os direcionamentos e informações relevantes para o design da identidade visual. Entre as principais informações, estão:

  • os materiais que a empresa já possui –  é preciso fornecer ao designer todos os materiais já criados, sejam folders, anúncios de jornais, de revistas, filmes, sites e e-mail marketing;
  • uma referência de material que você acredita ser interessante – mostre também alguns exemplos de matérias de comunicação de outras empresas e de outros segmentos, que você admira e acha que podem servir como boas inspirações;
  • aponte os seus concorrentes – além de fornecer essa lista de concorrentes, é importante, se possível, apresentar os materiais de marketing e comunicação também;
  • defina o que é permitido e o que não é – palavras e até elementos gráficos que podem ser levados em consideração na hora da organização são essenciais para garantir uma produção assertiva.

Parte 3. Competição e Diferenciação

Identifique como sua marca pode se destacar, focando em características únicas que podem ser destacadas visualmente. Para isso, analise a concorrência e obtenha insights com o time de Criação e Design sobre o que pode funcionar melhor apara o projeto.

Parte 4. Colaboração entre Designers

Discuta como você planeja interagir com o designer, incluindo feedbacks regulares e revisões. Isso garante que o projeto permaneça no caminho certo e que as expectativas sejam atendidas.

Parte 5. Finalização e Próximos Passos

Ao concluir o briefing, revise todos os pontos para garantir que nada foi omitido. Este documento deve servir como uma referência clara durante todo o projeto de design.

A importância do briefing para os projetos de marketing digital

O briefing é importante para a organização dos trabalhos, pois ele reúne em um só documento todas as informações mais relevantes para o desenvolvimento do projeto. É importante para garantir que os projetos de marketing digital sejam bem executados e atendam as expectativas dos clientes.

E se você quer entender melhor sobre o universo do marketing digital, confira toda a lista de materiais ricos da Agência Mestre. Conteúdos relevantes e cheios de informações pertinentes para você ter sucesso no segmento!

LEIA MAIS

RD Summit 2023: O Maior Evento de Marketing da América Latina

RD Summit em São Paulo? Isso mesmo, o evento agora está de “casa” nova e aqui está tudo o que você precisa saber para participar.

5 Ferramentas de Email Marketing Que Mudarão Seu Trabalho

O email marketing é uma estratégia poderosa para conectar-se com a sua audiência e potenciais clientes, mas que necessita de uma ferramenta versátil e fácil de gerenciamento. Separamos neste artigo uma lista das 5 melhores ferramentas de email marketing do mercado. CLIQUE e confira!

O que é SEM?

Entenda mais sobre o que é SEM, o conjunto de técnicas para melhorar o posicionamento do seu site nos resultados de busca!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?