Ferramentas

Google Anuncia que Taxa de Rastreamento do Search Console será Desativada

Por Raquel Pereira

Confira porque o Google está descontinuando essa ferramenta do Search Console e como o buscador pretende substituí-la.

Raquel Pereira

Até 8 de Janeiro de 2024, o Google estará descontinuando a ferramenta legada do limitador de taxa de rastreamento no Search Console.

Segundo o buscador, esse recurso não é mais útil porque a pesquisa melhorou sua “lógica de rastreamento e outras ferramentas disponíveis para os editores”. Confira os detalhes:

O que é a Ferramenta de Taxa de Rastreamento do Google Search Console?

A Taxa de Rastreamento do Googlebot é uma ferramenta da versão anterior do Google Search Console que permite que os usuários comuniquem ao Google quando querem uma “diminuição” no rastreamento do seu site, solicitando que o buscador rastreie menos do que faz atualmente.

Historicamente, o buscador não recomenda limitar a taxa de rastreamento, a menos que você esteja vendo problemas de carga do servidor que são definitivamente causados ​​​​pelo Googlebot atingindo seu servidor com muita força.

Por que o Google está removendo essa ferramenta?

Conforme compartilhado pelo analista Gary Illyes, do Google, essa ferramenta já não faz mais sentido com os avanços do buscador e suas melhorias na indexação de sites:

“[Atualmente] com as melhorias que fizemos em nossa lógica de rastreamento e em outras ferramentas disponíveis para os editores, sua utilidade se dissipou”.

Segundo o analista, o Google agora reage à forma como o servidor dos sites se comunicam com ele e responde às suas solicitações HTTP para indexação das páginas através do Googlebot.

“Por exemplo, se o servidor retornar persistentemente 500 códigos de status HTTP para um intervalo de URLs, o Googlebot irá desacelerar o rastreamento automaticamente e quase imediatamente. Da mesma forma, o Googlebot fica mais lento automaticamente se o tempo de resposta às solicitações for significativamente maior.”

Ou seja, caso o seu site esteja passando por problemas de processamento das informações, você já não precisará mais notificar ao Google para que ele limite a sua indexação, pois essa ação será tomada imediatamente com base no tempo de resposta das informações.

O analista ainda acrescenta que, caso seu site esteja passando por esse tipo de problema, é possível consultar essa documentação do buscador e resolver as limitações.

Alterações na Taxa de Rastreamento

O Google afirma que, com a descontinuação da ferramenta limitadora de rastreamento, uma nova velocidade mínima de rastreamento para uma taxa mais baixa está sendo desenvolvida, comparável aos antigos limites de taxa de rastreamento.

Portanto, o Google “continuará efetivamente honrando as configurações que alguns proprietários de sites definiram no passado se o interesse de pesquisa for baixo e nossos rastreadores não desperdiçarem a largura de banda do site”, acrescentou Illyes.

Além disso, caso o seu site passe por problemas de rastreamento, o Google oferece um formulário de feedback para informar o que está acontecendo e solicitar uma reparação.

Pouquíssimos usuários e proprietários de sites utilizam a ferramenta atualmente, segundo o Google, mas para aqueles que estiverem usando esta ferramenta de taxa de rastreamento, é importante buscar novas formas de solucionar seus problemas de indexação até janeiro do próximo ano.

LEIA MAIS

Táticas Avançadas de SEO e Links Patrocinados com o SEM Rush

Depois de anunciar a abertura do SEM Rush no Brasil, confira neste artigo alguns táticas avançadas do uso do SEM Rush para apoiar a sua estratégia de SEO e Links Patrocinados.

SEMrush: O Que é e Como Utilizar Para Aumentar o Tráfego do Seu Site

Saiba quais são as funcionalidades da Semrush, ferramenta muito importante para o SEO e que você precisa começar a usar.

Melhores Ferramentas de SEO Para Otimizar o Desempenho do Seu Site

Confira aqui uma lista completa com mais de 50 ferramentas de SEO que irão ajudar você a conquistar as melhores posições nos mecanismos de busca!

Já pensou em fazer parte do nosso time de mestres?