Google Anuncia Oficialmente o Suporte ao Cross Domain Canonical Tag

Olá leitores da Agência Mestre,

Conforme reportamos no dia 5 de Outubro deste ano, um dos engenheiros do Google havia anunciado no SMX East que o Google daria suporte a Canonical Tag entre Domínios. Pois bem, ontem, em um artigo oficial no Google Webmaster Blog, foi anunciada uma das grandes necessidades dos profissionais de SEO: a cross-domain canonical link element.

Mas Como Funciona a Canonical Tag entre Domínios?

O funcionamento da canonical tag entre domínios é basicamente o mesmo que a canonical tag que já conhecemos, onde você possui uma página A e existe uma página B que possui o mesmo conteúdo que esta página A. Antigamente, se estas páginas fossem do mesmo domínio, bastaria executar um 301 (redirecionamento permanente) da página B para a página A ou então utilizar a canonical tag na página B indicando a página A, conforme exibido abaixo:

<link rel="canonical" href="paginaA.html" />

Mas o grande problema era quando você tinha um cenário como o ilustrado abaixo:
Cross Domain Canonical Tag

Onde você poderia ter alguém com o mesmo conteúdo que você mas em outro website. Até ontem, o Google não suportava, além do 301, uma forma de indicar que aquele conteúdo era duplicado de outro website.

A partir de hoje você pode utilizar a canonical tag entre domínios, indicando qual página na internet possui o conteúdo original.

Algumas Perguntas e Respostas sobre a Cross-Domain Canonical Tag

P: As páginas devem ser idênticas?
R: Não, elas devem ser similares, ou seja, pode existir uma variação de layout e blocos(pequenos) de conteúdo.

P: Eu faço distribuição da descrição dos meus produtos, os meus anunciantes devem usar a rel=”canonical”?
R: Isto depende de você e dos seus anunciantes, mas a sugestão do Google é que se o conteúdo for similar o suficiente e ambas as partes concordarem, vale apena utilizar a rel=”canonical”.

P: O meu servidor não consegue realizar um redirecionamento 301(permanente). Posso utilizar a rel=”canonical” para mover o meu site?
R: O Google recomenda fortemente utilizar o 301, mas caso não seja possível, você pode utilizar a canonical tag. Um dado importante é que o Google entende a canonical tag como uma dica e não como uma regra. Já no caso do 301, ele é forçado a seguir o que você determina.

P: Eu não consigo, por algum motivo, fazer a rel=”canonical” de cada URL antiga para cada URL nova no processo de mudança do meu domínio. Eu posso fazer uma rel=”canonical” indicando somente o endereço da minha página inicial?
R: Não, pois isto pode lhe causar sérios problemas com o Google. Se você for utilizar a rel=”canonical”, sempre faça da URL antiga para a URL nova (1 para 1).

P: Posso distribuir o conteúdo do meu site em diversos parceiros utilizando a canonical tag entre domínios?
R: Desde que ambas as partes entrem em um acordo, você pode utilizar a rel=”canonical” para indicar ao Google que aquele conteúdo é uma cópia de outro local.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

9 Comentários para “Google Anuncia Oficialmente o Suporte ao Cross Domain Canonical Tag”

  1. Thiago Blauth Ferreira

    Isso é muito bom para blogs e CMS que são alimentados por feeds! Acho que isso amplia a capacidade de compartilhamento de conteúdo, mas numa contraparte também pode reduzir ao longo do tempo a quantidade de links, e com isso tornar mais difícil o aumento de popularidade de um domínio.

    Paz no coração e Luz na razão.

    Responder
  2. Cleo Morgause

    Então isso significa que eu posso copiar conteudo de vários lugares e se eu usar uma canonical, eu não corro o risco de ser punida por conteúdo duplicado?

    Responder
    • Fábio Ricotta

      Cleo,

      Na verdade não existe punição por conteúdo duplicado, mas sim uma escolha do que será ou não exibido no índice do Google. Você pode copiar, obviamente, se o dono permitir, e daí se você usar a canonical tag, o seu conteúdo não aparecerá no índice Google.

      Responder
  3. Castro

    Fabio, por exemplo se eu tenho um site que foi atualizado … eu subo o conteúdo antigo em outro dominio e faço uso desta tag , isso é valido ?

    Por exemplo meu site esta com a versão BETA que foi atualizada …

    agora eu tenho o http://www.beta.com.br/conteudo

    e o site antigo eu subo em outro dominio só que como o conteúdo informativo é muito similar eu poderia criar a canonical ? exemplo

    http://www.antigobeta.com.br/conteudo ( a canonical aqui apontando para o novo)

    Fui claro ?

    Responder
    • Fábio Ricotta

      Olá Castro,

      Tecnicamente, segundo a proposta da Cross Domain Canonical Tag, você pode fazer isto sim. Eu estou realizando testes com esta canonical tag e ainda não tenho algo conclusivo, mas segundo a proposta original, a sua idéia é correta sim.

      Responder
  4. ExpressoNet - Criação de Websites

    Fábio, tenho uma rede de sites afiliados ao meu portal para o qual produzo conteúdo. Quando lanço uma nova matéria, este conteúdo é replicado automaticamente na seção de notícias de todos os afiliados.

    O site dos afiliados tem layout exclusivo, mas o conteúdo da seção de notícia é praticamente idêntico ao do meu portal. Em todas as notícias que vão para os afiliados coloco um link que aponta para o meu portal, indicando a origem das informações.

    Para dar ao site do cliente uma aparência mais robusta, preciso manter a estrutura desta forma. Não posso simplesmente listar os links das notícias e apontá-los para o portal. Preciso do conteúdo da notícia dentro do site do cliente e preciso que este conteúdo seja indexado pelo Google.

    Gostaria então que me desse a sua opinião quanto aos seguintes pontos:

    1. A Cross Domain Canonical Tag resolve o meu problema?(Lembre-se que preciso que o a notícia seja indexada no site do cliente). Se não resolve, você teria alguma sugestão?

    2. Os links que insiro no site dos afiliados podem ser considerados como link farm pelo Google e posso ser penalizado por isto?

    3. Coloquei no site dos clientes um formulário onde os visitantes podem comentar as notícias. Os comentários são exibidos na página. Isto resolveria em parte o problema do conteúdo duplicado?

    Grato por sua atenção

    Jefferson Moreira

    Responder
    • Frank Marcel

      Você usa somente nas páginas duplicadas, para dizer ao Google que a versão original do conteúdo se encontra em outro endereço. Entendeu?

      Responder
  5. Jefferson

    Frank, apesar de antigo, este post ainda continua atual? Estas regras ainda são válidas hoje para o Google?

    Uma outra dúvida: ter centenas de sites referenciando o seu como a fonte original da notícia, através da Canonical Tag ajuda para que ele fique mais bem ranqueado? Ajuda a posicionar melhora aquele conteúdo que teve muitas referências? Ou seja, neste sentido a Canonical Tag funciona de forma semelhante aos links folow que transferem Juice?

    Caso venha a me responder aqui nos comentários, receberei alguma notificação por e-mail? Se possível me responda por e-mail também.

    Muito obrigado pela atenção!

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>