3 Áreas de Conhecimento Para Adquirir em 2017

Olá Leitores da Mestre! Feliz ano novo para vocês e suas respectivas famílias! Nossos votos são de paz, amor e muito conhecimento para você! Sem perder tempo, que tal começar 2017 pisando no acelerador e investindo nos estudos? É isso mesmo, na sacada de hoje, nosso CEO Fábio Ricotta vai apresentar 3 áreas de conhecimento para adquirir nesse novo ano. Gostou? Então clique abaixo, dê o play e confira!

Parando para analisar o ano que passou, a crise que assombrou e desolou algumas áreas e mercados do Brasil e do mundo não afetou tanto o nosso meio, o marketing digital. Isso se deve a vários fatores, desde nossa criatividade, capacidade de gerir com poucos recursos e até a efetivação de tendências que mantiveram o mercado aceso, como o inbound marketing.

Contudo, novos desafios estão por vir em 2017 e por isso o Fábio separou algumas áreas de conhecimento para você se tornar um profissional de marketing digital melhor, mais completo e dinâmico. Confira a seguir:

1) Entenda os dados

Entenda que a internet é um meio altamente mensurável e só não mensura quem não quer e/ou não tem conhecimento. Portanto, em 2017, uma área de conhecimento que fará a diferença entre os profissionais é a capacidade de levantar, analisar e agir diante dos dados.

Quem não mensura em marketing digital não sabe para onde está indo e acaba perdendo diversas oportunidades. Por isso estude mais o Analytics e entenda o real funcionamento do Google Tag Manager, para ter base com informações precisas das suas estratégias.

2) Estudo de personas

Aqui na Mestre durante o ano de 2016 nós debatemos bastante a ênfase do uso de personas em qualquer tipo de estratégia de marketing digital. Além disso, no decorrer do ano passado, o nosso canal do Youtube contou com vários vídeos exemplificando para vocês a importância e também possíveis técnicas de estudo sobre personas. Como neste vídeo, em que o Fábio ensina para vocês como definir as personas das suas estratégias.

Entenda que todas as estratégias necessitam de público-alvo, mas além disso, é preciso entender essas pessoas, com um estudo de personas. Sem isso, sua estratégia não passa de um tiroteio no escuro, em que você até pode atingir o público ideal, mas irá desperdiçar grande parte do investimento com pessoas que não são os seus possíveis consumidores.

Com personas você produz melhor os materiais ricos e também os conteúdos do dia a dia, compra melhor as mídias e consegue mais resultados orgânicos. Além disso, suas pesquisas de palavras-chaves resultam em listas mais eficientes.

3) Melhore o seu conhecimento sobre copy

O termo copy é muito utilizado no mercado dos infoprodutores, trata-se da maneira com que você negocia, vende e entrega conteúdo para as suas personas, seja por meio de anúncios, vídeos, landing pages, podcasts, webinars, resumindo, todas as formas de contato e relacionamento com o público.

Melhorar seu conhecimento, testar e aprimorar suas copys é extremamente importante, pois assim você consegue maximizar as taxas de conversão ao máximo. Uma dica que o Fábio aprendeu com um dos maiores infoprodutores do Brasil, Erico Rocha, e compartilhou conosco foi iniciar o conhecimento sobre copys com o livro “Ideias que Colam”.
Gostou do artigo de hoje? Aprimorando essas três áreas de conhecimento as suas chances de triunfar neste próximo ano serão grande. Aproveite também e veja nosso vídeo Oportunidades de Marketing Digital para 2017 e aplique esses três conhecimentos na prática!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Um Comentário para “3 Áreas de Conhecimento Para Adquirir em 2017”

  1. josé pires

    Grande AGÊNCIA MESTRE.Como sempre, material de primeira qualidade;por isso que nesse ano de 2017, estou mais que colado com vocês.Grande abraço.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>