Olá! Com este post, espero esclarecer por que o uso de frames não é recomendável e por que os motores de busca não se dão bem com os frames.

Frames

Frames? Para quem não ligou o nome à pessoa, frames, para o seu browser, são as partes que compõem uma página HTML. Por exemplo, um header ou sidebar que fica estático quando a barra de rolagem é mexida. Existem vários sites assim, todo mundo já viu um!

Eles melhoram a organização e manutenção de uma página, pois quando se quer fazer uma alteração em um menu, ou no cabeçalho de uma página, basta alterar o arquivo correspondente!

Problema com SEO

Enxergaram o problema? Dentro de uma página HTML composta de frames, cada frame corresponde a uma URL diferente, o que pode confundir o motor de busca a dar a resposta correta, pois cada frame, de alguma forma, estará tratando do assunto buscado, estará em uma URL diferente e poderá servir de resposta. Mesmo que o motor de busca escolha a melhor das URLs, um usuário irá vizualizar em seu browser apenas parte (um único frame) de tudo o que a página deveria estar mostrando (só um menu, só um header, etc.).

O que fazer?

Atualmente, o uso de CSS e iframes pode substituir a necessidade de frames. Na verdade, se o uso de frames era somente para organizar os componentes de uma página em arquivos diferentes, o PHP com seu include já consegue resolver essa situação muito bem.

Otimizar para melhorar

O fato é que os frames são muito pouco interessantes quando se deseja trabalhar com motores de busca. Os usuários provavelmente vão acabar sem encontrar o que desejam em um site assim e vão procurar outro. Existem formas melhores (e mais otimizadas!) de se construir e divulgar informação.

É isso aí! Até a próxima.