Page Segmentation – Onde Está o Conteúdo?

Por Frank Marcel


Este tema não é uma super novidade, mas recentemente o Yahoo! teve uma patente sobre Page Segmentation publicada e é bom ficar por dentro deste conceito, pois não só o Yahoo!, mas o Google tem patente sobre o assunto com data de 2006 e a Microsoft, 2003. Mas o que é Page Segmentation e por que ela é importante?

O que é Page Segmentation?

Page Segmentation é um processo pelo qual Search Engines procuram segmentar e identificar diferentes áreas de diferentes conteúdos em uma página. Seu objetivo é marcar, em cada página, onde fica o cabeçalho com menu, o rodapé e seus links, sidebars, zonas para publicidade e, principalmente, o conteúdo principal da página.

page segmentation

No fim das contas, a Search Engine identifica como é o template do site e ganha a possibilidade de distribuir mais precisamente a devida importância em cada área, seja para dar maior relevância aos links, ou para identificar links pagos, ou simplesmente identificar onde está o conteúdo relevante de tal página. Entre as possibilidades de uso dessa informação, destacam-se:

  • Crawling/indexação – fica direcionado para áreas onde o conteúdo realmente está.
  • Identificação de tópicos – algumas páginas tratam mais de um tópico – com a segmentação é possível identificá-los e tratá-los adequadamente.
  • Conteúdo não relacionado – é possível identificar quando um determinado trecho não está relacionado ao conteúdo da página.
  • Detecção de spam – poderia facilitar a detecção de spam ou zonas de spam em uma página.
  • Links pagos – facilitaria a correta valorização de links, identificando em qual porção da página estão os links pagos.

Ainda, com a correta identificação das áreas de uma página e a Search Engine avaliando precisamente o valor de cada link, ela poderá, também, desvalorizar regiões menos importantes:

  • Header/footer links
  • Links de navegação
  • Blog rolls
  • Áreas dedicadas a publicidade
  • Assinaturas em Fórum
  • Comentários em Blogs

Por consequência, links de conteúdo, ou seja, os links mais importantes em uma página, são mais valorizados.

SEO e Segmentação de Páginas

É óbvio que isto tem uma implicação forte no SEO de um site. Com a segmentação realizada e o template identificado, links otimizados em áreas como header ou footer, blog rolls, etc., perdem sua força. O mesmo vale para links comprados ou troca de links envolvendo essas regiões.

Isso faz com que seja mais importante o cuidado com a linkagem interna do site. O planejamento de links entre as páginas deve ser totalmente voltado a links em conteúdo propriamente, o que, no fim, aumenta o valor do link.

No final do ano passado, o Google deu mostras de que consegue identificar blog rolls e é praticamente certo que os sitewide links (links que se repetem em todas as páginas – footer, header, …) estejam desvalorizados. Duas razões a mais para se rever a linkagem do site embutir os melhores links, nos melhores conteúdos para garantir a sua relevância. Até a próxima!

LEIA MAIS
Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site?

O objetivo do Google é mesmo encontrar todo o conteúdo disponível na Internet, mas você precisa dar uma ajudinha. Veja como!

O que é SEO? Como Fazer Seu Site Crescer no Google!

O que é SEO? Como Fazer Seu Site Crescer no Google!

Quer entender o que é SEO? Aprender como esta técnica pode ajudar o seu negócio/website a crescer o número de visitas? Criamos este guia para ajudar você hoje mesmo! CLIQUE e confira os detalhes neste artigo!

Redirecionamento 301 em PHP, ASP, htaccess, Coldfusion e Ruby on Rails

Redirecionamento 301 em PHP, ASP, htaccess, Coldfusion e Ruby on Rails

Você quer saber como configurar o redirecionamento 301 no seu site? Veja como e mantenha sua relevância no Google!

Comentários
  1. Excenlente Artigo, isso serve pra mostrar os cuidados basicos que devemos ter em posicionar o conteudo dentro da pagina, escolher as palavras certas e isto ajudará no posicionamento no Searchs

  2. Existe alguma regra para ser aplicada no código do site, como ID’s de Div’s, tags especificas, justamento para separar essas áreas? Acredito que isso virá com mais intensidade com a ascenção do HTML 5.

  3. A ideia que eu tenho é que pelo menos o Google já identifica bem os diferentes tipos de links de uma página e que obviamente os links mais valorizados são os que estão no texto e em que o link vai para um site de conteúdo relacionado ao do post.

    Mas o post está muito bom e mereceu um RT.

  4. Olá Frank,

    Eu sempre defendi a idéia de que grande parte da otimizaçãop de um site dever ser dedicada ao conteúdo, desde a semântica do código fonte até uma boa arquitetura das tags para garantir uma segmentação mais eficiente.

    Na sua opinião, em que parte do projeto de SEO deve ser dedicado mais tempo, on-page ou off-page?
    Claro que pensando em um crescimento natural do site.

    Ótimo artigo,

    @oronaldosantos

  5. @Bruno: mostra também que cada vez mais o conteúdo, conteúdo mesmo, da página está sendo valorizado.

    @Caio: neste momento acredito que não. E não acredito muito que possa surgir, pois facilitaria a manipulação de links. Acho que as search engines vão continuar sem acreditar cegamente no que é feito com base em tags, divs, etc.

    @custodio: obrigado pelo RT! O Yahoo! também já afirmou que identifica template ano passado…

    @Ronaldo: acho que o Off-page funciona melhor com o on-page bem estruturado. No momento inicial, o mínimo é dar atenção igual, mas é interessante acelerar o On-page. Na sequência, acho que o processo segue naturalmente para o Off-page…

    @todos: valeu pelos comments!

  6. Se me permite Frank:

    @Caio e @Frank: Acho que com a implementação do HTML5 a segmentação do conteúdo será mais eficiente, bom pelo menos se for pensar bom boa fé e uma semântica correta. Mas acreditar cegamente como o Frank disse é muito improvável 🙂

  7. Interessante esse artigo, eu já tinha ouvido falar de algo assim por um amigo meu, agora tive uma visão melhor!

Deixe seu comentário abaixo