SEO é um conjunto de técnicas que permitem melhorar o posicionamento de um site nos mecanismos de busca. Algumas dessas técnicas são simples e outras requerem um pouco mais de conhecimento técnico e estratégia.

O interessante é que o site já saia de fábrica com esses quesitos básicos, com isso melhora a indexação e o resultados de outras estratégias de SEO. Otimizando títulos, descrições, URLs e sitemaps você dá o primeiro passo pra ser encontrado pelos buscadores.

Títulos

Qualquer programa no seu computador exibe um título na janela em que está aberto. No caso de uma página web, é possível definir o título que aparecerá na janela do browser.

imagem browser titles mestreSEO
Aqui no Agência Mestre, o título do site aparece em todos os navegadores.

Esse título é inserido no código-fonte da página através de uma tag chamada title.

imagem title tag mestreSEO

Além de setar o título na janela, a tag title serve pra informar qual o assunto da página em questão. Os buscadores usam esse atributo pra definir o título dos resultados de uma busca.

imagem search result mestreSEO
Lembra do título que aparecia na janela lá em cima? Olha ele aí.

Por se tratar de uma tag utilizada pra informar o assunto da página, os mecanismos de busca dão extrema importância pra esse atributo. Além disso, o valor definido no título de uma página pode ajudar na taxa de cliques de um resultado. Por exemplo, vamos fazer uma pesquisa por “enviar torpedo”:

imagem search result enviar torpedo

O título do primeiro resultado é apenas “Mundo Oi”, já os demais apresentam as palavras-chave no título da busca. Por mais que o Mundo Oi esteja na primeira posição, perdem-se cliques pelo fato do usuário não identificar o termo pesquisado no resultado.

A indexação das páginas sempre é melhor se houver um título informando qual o assunto . Uma boa prática é manter o seguinte padrão:

Página Inicial

Nome do Site – Slogan ( ou keywords)

Exemplos:

  • Agência Mestre: blog de SEO com dicas e tutoriais de SEO e SEM
  • Globo.com – Absolutamente tudo sobre esportes, notícias, entretenimento e vídeos
  • Nagüeva – Web, tecnologia e afins. Goela abaixo.

Página de Categorias(ou Canais)

Nome da Categoria – Nome do Site

Exemplos:

  • Links Patrocinados | Agência Mestre
  • Teste Psicotécnico | Bobagento
  • Educação e ensino » Webinsider

Páginas Internas

Título da Página – Nome do Canal – Nome do Site ou Título da Página – Nome do Site

Exemplos:

  • Bovespa opera em alta – Economia – UOL
  • Como Aumentar As Visitas De Um Site | Agência Mestre

Otimizando seus títulos, você consegue uma melhora na indexação do conteúdo, aumento do tráfego orgânico nas páginas internas e maior taxa de cliques no resultados de busca.

Meta Tag Description

Além do conteúdo propriamente dito, uma página web possui meta informações em seu código. Essas meta informações complementam dados relevantes a mecanismos de busca, browsers, webservices e padrões para organização de dados. Mesmo não estando acessíveis diretamente, essas informações ajudam a melhorar a experiência do usuário no site.

Algumas dessas informações adicionais são passadas no código-fonte através de uma tag denominada meta.

imagem exemplo meta tags
Meta Tags passam informações sobre o assunto, o autor e até mesmo o idioma de uma página.

A meta tag Description é responsável por fornecer uma descrição rápida sobre a página. A principal utilização desse atributo é nos resultados de um mecanismo de busca.

imagem exemplo description search result
A meta tag Description é que fornece o conteúdo do texto em destaque.

Se a meta tag Description não existir, o sistema de busca irá exibir um trecho do conteúdo que ele achar mais relevante. Assim, o uso da meta tag Description pode ser utilizado pra incentivar o usuário a clicar em um resultado, pois é ela que fornece o resumo do assunto pesquisado. Para isso basta ter uma descrição bem redigida para cada uma das páginas.

Os mecanismos de busca limitam a exibição dessa descrição a 155 caracteres incluindo os espaços. Não existe problema se a descrição for maior que esse valor, entretanto uma descrição demasiada longa não é sinônimo de que o conteúdo será melhor indexado. O interessante é que a descrição tenha entre 50 e 300 caracteres e não pareça um texto gerado automaticamente, quanto mais pessoal for o texto melhores são os resultados.

A meta tag Description por si só não possui uma importância tão grande pra melhorar o posicionamento nos resultados de busca. Mas ela contribui (e muito) na quantidade de cliques que o resultado recebe. E aí sim, mais cliques = mais relevância = melhor posicionamento.

URLs Amigáveis

URL é o endereço de um site na internet. O ideal (e o que quase sempre ocorre) é existir um URL pra cada página do site. Por exemplo, o URL da página inicial aqui do blog é:

http://mestreseo.com.br/blog/

Já para a página de contato temos:

http://mestreseo.com.br/contato/

Os mecanismos de busca interpretam, e muito bem, esse conceito. E conseguem dar maior relevância a URLs bem redigidos.

imagem exemplo search result
Não é raro encontrar resultados bem posicionados devido ao uso de URLs bem estruturados.

Tendo em vista que um URL bem redigido (também conhecido como URL amigável) é um dos fatores mais importantes pra melhorar o posicionamento nos mecanismos de busca, o recomendável é ter URLs da seguinte maneira:

http://seudominio.com/nome-da-pagina/

ou ainda:

http://seudominio.com/categoria/nome-da-pagina/

Essa otimização contribui no aumento de acessos orgânicos e facilita a vida do intenauta, já que é muito mais fácil decorar o URL acima do que algo parecido com:

http://seudominio.com/index.php?page=5556767&subid=893489348

Tá esperando o quê? Otimize seus URLs.

Sitemaps

Sitemaps são uma forma de informar aos mecanismos de pesquisa quais páginas do site devem ser indexadas. É basicamente uma lista contendo todas as páginas de um site. Essa lista é informada num arquivo XML.

Em geral, os indexadores descobrem páginas com base em links internos e externos. Os Sitemaps complementam essa informação fornecendo uma orientação para o indexador conhecer todas as demais páginas.

O Sitemap não vai garantir que todas as páginas sejam indexadas, mas vai fornecer um atalho para que os mecanismos de busca sejam mais eficientes na indexação.

Uma boa prática é informar o Google quando o sitemap for atualizado através de uma requisição HTTP.

Emita a solicitação para o seguinte URL: www.google.com/webmasters/tools/ping?sitemap=sitemap_url

Por exemplo, se o Sitemap for colocado em http://www.example.com/sitemap.gz, o URL será: www.google.com/webmaster/tools/ping?Sitemap=http://www.example com/Sitemap.gz

O URL codifica tudo após o /ping?sitemap=:
www.google.com/webmasters/tools/ping?sitemap=http%3A%2F%2Fwww.seusite.com.br%2Fsitemap.gz

Se a requisição for enviada corretamente você receberá um código HTTP 200 como resposta, qualquer outra resposta significa que a requisição não foi bem sucedida. É recomendável que o Sitemap seja reenviado no máximo uma vez por hora.

Finalizando…

É óbvio que existem mais uma infinidade de técnicas pra melhorar a indexação. Mas costumo dizer que essas quatro técnicas são o básico, sem elas qualquer outra técnica não vai dar tanto resultado quanto deveria.

Com estas 4 técnicas já consegui ótimos resultados, a seguir é interessante utilizar estratégias de keywords e link building.

SEO é simples. Basta ir aos poucos, escolhendo técnicas que facilitem a indexação do seu conteúdo.

Gostou? Então avalie e deixe sua opnião!