Você sabe como espionar o trabalho que o seu concorrente está fazendo? Ou seja, sabe como fazer benchmarking em SEO? Essa é uma dúvida muito recorrente na área e, por isso, nosso CEO, Fábio Ricotta, esclareceu tudo sobre o assunto neste episódio da Mestre TV. Confira!

Benefícios de fazer benchmarking em SEO

Basicamente existem três benefícios de fazer benchmarking nos projetos de SEO. O primeiro deles é que você passa a ter uma noção mais clara das estratégias dos seus concorrentes, ou seja, como ele está posicionado para atacar.

Outra vantagem é que o benchmarking o permite ver como a sua empresa está perante as outras, ou seja, o que o coloca à frente da concorrência? Sabendo isso você pode dedicar seus esforços para o que realmente precisa.

Já o terceiro benefícios diz respeito à velocidade, tanto da sua empresa quanto daquelas que estão disputando o primeiro lugar do mercado com você. Quem avança mais rápido? Com essa estratégia você conseguirá descobrir.

Faça análises de palavras-chave

O primeiro passo para fazer benchmarking em SEO é realizar análises de palavras-chave, algo que pode ser feito no SEMrush.

Nesse site existem uma ferramenta na qual você informa alguns dos seus concorrentes e ela faz um comparativo gráfico das palavras-chaves que estão sendo trabalhadas, tanto por você quanto pelas outras empresas identificadas.

Esse comparativo é feito de forma bem dinâmica, com o uso de esferas. Com isso, você pode olhar o tamanho da vantagem que tem e também as oportunidades de crescimento, que estão justamente nos campos que não se sobrepõem.

Identifique as palavras-chaves não trabalhadas

Para buscar crescimento, você pode identificar no SEMrush as palavras-chaves que os seus concorrentes estão aparecendo, mas que você ainda não tem resultados, que correspondem justamente às áreas não sobrepostas das esferas, mencionadas no tópico anterior.

Defina as prioridades

Ao fazer benchmarking em SEO, tenha em mente que a sua prioridade sempre deve estar onde o seu concorrente está. Portanto, comece a trabalhar as palavras-chaves, usadas por eles, que mais fazem sentido para o seu negócio, mas que, até então, não eram o seu foco.

Além disso, identifique qual concorrente representa mais risco para você e foque nas palavras deles. É a partir da descoberta desses “pontos fracos” que poderá melhorar suas estratégias.

Gostou das dicas? Continue navegando no blog da Agência Mestre e confira o episódio 102 da Mestre TV, que cita justamente o conhecimento que você pode ganhar ao observar a concorrência.