Olá mais uma vez! Hoje vou falar um pouco sobre como tratar o AJAX, uma tecnologia recente, dentro do contexto de Otimização para Motores de Busca.

AJAX

AJAX, Asynchronous Javascript And XML, é um novo modelo de programação para web que utiliza tecnologias de javascript e XML para criar conteúdo online com um maior grau de interação com o usuário. Blá blá blá? Não… O AJAX realmente trouxe uma nova possibilidade de interação online muito mais dinâmica e amigável com o internauta.

SEO x AJAX

Um dos principais requisitos de SEO é exatamente o que o ajax oferece: Facilidade para o usuário. Conteúdo dinâmico associado a uma interface intuitiva e de fácil interação.

O problema do ajax fica por conta dos detalhes técnicos, pois o que ele faz é carregar um conteúdo para o usuário sem que seja necessário recarregar a página (o que é bom!) e ainda sem trocar de URL. Ora, como então o motor de busca vai achar esse conteúdo? Isso mesmo! Ele não acha.

Os motores de busca não são capazes de ler, nem interagir com esse tipo de página, ou seja, vai derrubar o ranking de um site escrito em ajax.

Solução?

Calma! Nem tudo está perdido. Aliás, um site em ajax é uma ótima forma de comunicação com o usuário. Pena que não com os motores de busca. Mas tem solução!

O melhor a se fazer para que um site ajax não seja jogado fora é fornecer um sistema alternativo para os motores de busca. Construa uma estrutura de links e diretórios as quais os motores de busca possam navegar. Isso resolve duas situações: a própria navegação do motor de busca; e a navegação do usuário, que, para fins de agilidade possa querer acessar diretamente um conteúdo específico do site, através do link, coisa que o ajax por si só não permite, uma vez que ele não muda a URL enquanto se usa o site.

Por fim

Por enquanto os motores de busca não navegam em sites ajax (eu não tive nenhuma notícia a respeito!), aliás, eles também não vêem imagens ou assistem videos. Mídia em geral. Mas isso já é assunto pra um outro post. Até lá!