Olá leitores da Agência Mestre,

Conforme reportamos no dia 5 de Outubro deste ano, um dos engenheiros do Google havia anunciado no SMX East que o Google daria suporte a Canonical Tag entre Domínios. Pois bem, ontem, em um artigo oficial no Google Webmaster Blog, foi anunciada uma das grandes necessidades dos profissionais de SEO: a cross-domain canonical link element.

Mas Como Funciona a Canonical Tag entre Domínios?

O funcionamento da canonical tag entre domínios é basicamente o mesmo que a canonical tag que já conhecemos, onde você possui uma página A e existe uma página B que possui o mesmo conteúdo que esta página A. Antigamente, se estas páginas fossem do mesmo domínio, bastaria executar um 301 (redirecionamento permanente) da página B para a página A ou então utilizar a canonical tag na página B indicando a página A, conforme exibido abaixo:

<link rel="canonical" href="paginaA.html" />

Mas o grande problema era quando você tinha um cenário como o ilustrado abaixo:
Cross Domain Canonical Tag

Onde você poderia ter alguém com o mesmo conteúdo que você mas em outro website. Até ontem, o Google não suportava, além do 301, uma forma de indicar que aquele conteúdo era duplicado de outro website.

A partir de hoje você pode utilizar a canonical tag entre domínios, indicando qual página na internet possui o conteúdo original.

Algumas Perguntas e Respostas sobre a Cross-Domain Canonical Tag

P: As páginas devem ser idênticas?
R: Não, elas devem ser similares, ou seja, pode existir uma variação de layout e blocos(pequenos) de conteúdo.

P: Eu faço distribuição da descrição dos meus produtos, os meus anunciantes devem usar a rel=”canonical”?
R: Isto depende de você e dos seus anunciantes, mas a sugestão do Google é que se o conteúdo for similar o suficiente e ambas as partes concordarem, vale apena utilizar a rel=”canonical”.

P: O meu servidor não consegue realizar um redirecionamento 301(permanente). Posso utilizar a rel=”canonical” para mover o meu site?
R: O Google recomenda fortemente utilizar o 301, mas caso não seja possível, você pode utilizar a canonical tag. Um dado importante é que o Google entende a canonical tag como uma dica e não como uma regra. Já no caso do 301, ele é forçado a seguir o que você determina.

P: Eu não consigo, por algum motivo, fazer a rel=”canonical” de cada URL antiga para cada URL nova no processo de mudança do meu domínio. Eu posso fazer uma rel=”canonical” indicando somente o endereço da minha página inicial?
R: Não, pois isto pode lhe causar sérios problemas com o Google. Se você for utilizar a rel=”canonical”, sempre faça da URL antiga para a URL nova (1 para 1).

P: Posso distribuir o conteúdo do meu site em diversos parceiros utilizando a canonical tag entre domínios?
R: Desde que ambas as partes entrem em um acordo, você pode utilizar a rel=”canonical” para indicar ao Google que aquele conteúdo é uma cópia de outro local.