Olá, leitores da Agência Mestre!

O nosso CEO, Fábio Ricotta, pensou em uma forma de produzir mais conteúdo utilizando os grupos de Facebook. Ficou interessado? Então, confira o vídeo abaixo e continue lendo este artigo.

Fique de Olho nos Grupos de Facebook

Se você tem um grupo de Facebook com pessoas que gostam da sua marca ou está em grupos que tenham a ver com o ramo da sua empresa, fique de olho nos interesses dos usuários que estão neles. Os grupos abrem espaço para discussões profundas e muitas vezes alguém publica uma pergunta, que você pode responder por meio de um conteúdo, ou faz um comentário que pode te inspirar a criar novos artigos.

Essas publicações devem ser levadas em conta por você com muita atenção. Afinal, se aquele usuário está em um grupo sobre determinado assunto, é sinal de que ele tem interesse pelo tema. E, caso ele ainda não seja seu consumidor, é um potencial cliente.

Por isso, nossa dica é que você separe um tempo da sua semana para monitorar esses comentários e perguntas. Depois, faça pautas, produza um texto com a sua visão sobre o assunto para o seu blog ou um vídeo para o seu canal do YouTube. Assim, você alimenta cada vez mais o acervo da sua empresa com dúvidas recorrentes entre os usuários.

Além do mais, é muito provável que aquela dúvida, antes de ser postada no grupo, foi pesquisada no Google, mas o usuário não deve ter achado nenhum resultado razoável. Então, a chance de você produzir um conteúdo inédito é grande.

As Comunidades do LinkedIn

Vale ressaltar que você também pode monitorar as comunidades do LinkedIn. Elas também possuem espaço para discussões, ideias e debates, mas, na maioria das vezes, os temas são relacionados a trabalho. Mesmo assim, é possível observar quais assuntos geram mais engajamento entre os usuários.

Agora, caso os usuários, tanto do Facebook quanto do LinkedIn, estejam com dúvidas ou comecem uma discussão sobre um assunto que você já tratou no seu blog ou no seu canal, compartilhe com eles o seu conteúdo. Porém, tenha bom senso e não fique postando muitos links para que as pessoas não te vejam como um chato.

Você está em algum grupo de Facebook relacionado com a área de atuação da sua empresa? Conte nos comentários! Comente também quais assuntos você gostaria que o Fábio Ricotta tratasse em um dos seus próximos vídeos.