Olá, Leitores da Mestre. Tudo certo com vocês? No episódio de hoje da Mestre TV, o Fabio Ricotta, nosso CEO, vai te mostrar como usar as funcionalidades do Google Meu Negócio para alavancar seu empreendimento. Ficou curioso? Então, dê o play e aprenda mais com esse episódio!

Estatísticas já mostram que 46% das buscas realizadas todos os dias são referentes às locais, seja procurando estabelecimento, endereço, ou alguma informação que te leve há algum lugar. Isso é quase a metade das buscas! Outra curiosidade é que 97% das pessoas procuram informações sobre este tipo de negócio.

Então se alguém deseja saber algo sobre um negócio que é local, quase 100% buscam antes de ir até o lugar e verificam os comentários, rating ou localização.

Por isso, vamos tratar de Google Meu Negócio, uma ferramenta diretamente ligada à este tipo de pesquisa. Confira!

Como funciona o Google Meu Negócio?

No início de seus trabalhos, o Google somente lia e indexava sites em seu banco de dados. Para qualquer pessoa que buscava alguma coisa, ele listava os resultados mais favoráveis. Com o advento do Google Maps, cada vez mais as pessoas tiveram acesso a mapas, e assim, começaram a explorar o que havia nos lugares próximos a elas.

Com o tempo, abriu-se a possibilidade de somente digitar o que você estava procurando, como “restaurante”, e os resultados mostravam os locais disponíveis naquela região baseados nos dados capturados de sites presentes na internet.

Algum tempo depois, o Google lançou uma plataforma que dava a possibilidade de você cadastrar seu negócio local. Assim, quando alguém fizesse uma busca, automaticamente recebia a informação do Google Maps. Porém, os dados também apareciam dentro dos resultados de busca do Google.

Foi assim que foi possível ver a integração entre os resultados do Google Maps e os de busca. Para o Fabio, essa foi uma das maiores interseções entre imagens, vídeos, mapas e shopping que conectava a necessidade do usuário ao acesso à informação.

Hoje, quando você busca por exemplo “Agência Mestre” ele lista os resultados orgânicos, patrocinados e aqueles que extrai do Google Meu Negócio que foram cadastrados em sua plataforma.

Como esta ferramenta pode ajudar sua empresa?

Confira como o Google Meu Negócio pode ser utilizado ao seu favor com as dicas imperdíveis do Fabio Ricotta:

1. É gratuito

Você não precisa pagar para poder cadastrar sua empresa na ferramenta. Então, se você representa algum negócio local que seja físico, que pode receber pessoas, é uma ótima vantagem para atrair pessoas.

2. Informações importantes que não podem faltar!

Quais informações são cruciais além do nome? São duas: o endereço e o telefone. Estas são as suas digitais no mundo dos negócios locais. Inclusive há um nome específico em inglês para estes três dados — NAP — que significa name, address and phone (nome, endereço e telefone).

Esta sigla representa o sistema que o Google usa para identificar que uma determinada empresa está em algum local, e associa todas as informações àquele endereço.

Se em um site normal, o link é o que determina a autoridade, na busca local, o NAP é a sua impressão digital. Toda vez que seu NAP é mencionado você ganha uma pontuação, ou seja, é a coisa mais forte que você tem em termos de relevância.

3. No que prestar atenção ao informar seus dados?

Confira quais são os primeiros pontos que você tem que prestar atenção ao fornecer suas informações para o Google Meu Negócio:

Cadastre o nome correto!

Por que isso é importante? Como o relato do Fabio, a Mestre já passou por uma mudança de nome. De Mestre SEO para Agência Mestre. E quando isso acontece é essencial atualizar o seu nome também no Google Meu Negócio.

Não esqueça de registrar mudanças de endereço

Muitas vezes negócios locais trocam de endereço. Não é sempre uma boa estratégia, mas pode acontecer. E você precisa deixar essa informação atualizada, se não, o usuário vai tentar ir até o local e não vai encontrar você.

Além disso, com o advento do street view os usuários buscam pela foto da fachada do negócio. E se a imagem não condiz com o nome da sua empresa, pode gerar dúvidas no usuário sobre sua existência.

Coloque números de telefone de confiança

Coloque um telefone que uma pessoa possa atender. Acontece com certa frequência nos próprios projetos da Mestre de encontrar clientes que colocam o número de celular e que depois perdem esse número. Ou mesmo, não sabem qual número está cadastrado lá.

Por isso, é essencial colocar um telefone válido e verificar de tempos em tempos se está correto. Um exercício super simples é pesquisar o nome do negócio que você quer otimizar, clicar no número de telefone e discar para ver se realmente toca na empresa correspondente.

4. Informações descritivas

Quando você entra nas informações descritivas, você pode subir imagens, vídeos e outros. Descubra!

Imagens

Restaurantes utilizam muito bem o recurso de imagem, pois podem inserir fotos de cardápio, pratos do estabelecimento interno e etc.

O Google Meu Negócio tem uma série de categorias diferentes para empresas e esta opção é escolhida na hora do cadastro. Dentro da alternativa que escolher terá segmentos de fotos diferentes, como por exemplo, fotos da equipe, da fachada, e etc.

Vídeo

A linha de vídeo é uma parte muito pouco explorada por empresas. Hoje, você pode produzir um simples vídeo em qualquer celular.

Se você pode brincar no stories, fazer um vídeo e por no Instagram para ganhar seguidores, é interessante você inserir também na ferramenta do Google. Desta forma, dará uma visão diferenciada para quem for comparar sua empresa e outros lugares.

Outros

Em “outros” você pode ter um cadastro dos serviços prestados pela empresa. Se você faz inbound marketing, por exemplo, poderia descrever esta atividade e falar quanto custa.

Para quem é dono de restaurante, dá para escrever o cardápio inteiro dentro do Google Meu Negócio. Em termos de lojas, há também a possibilidade de cadastrar produtos.

Outras informações interessantes que você pode inserir são as formas de pagamento e horário de funcionamento, que é uma das coisas mais cruciais para negócios locais.

É importante lembrar que estas informações dentro da categoria de “outros” estará disponível dependendo muito do seu negócio. Mas, utilizar estes recursos descritivos vão te dar muitas vantagens na hora da busca. Pois, quanto mais detalhes fornecer, mais informações o usuário terá para conhecer você.

Posts

Um recurso do Google Meu Negócio que foi lançado há pouco tempo no Brasil, mas que já faz sucesso nos Estados Unidos, é os posts. Esta funcionalidade é basicamente uma forma de você publicar conteúdo dentro da ferramenta.

Assim, quando alguém digita, por exemplo, “Agência Mestre” irá aparecer textos no canto direito da tela, também conhecido como knowledge panel (painel do conhecimento).

Nos Estados Unidos, isso tem sido utilizado como forma de expor mais detalhes sobre uma empresa. Um exemplo seria postar promoções e descontos para deixar as pessoas atualizadas quando buscam você no Google.

5. Reviews

Os reviews são realmente fundamentais para que um negócio local cresça nas buscas tradicionais. Hoje, o Google usa o review como um critério de avaliação de seu negócio. Assim, quando mais positivo forem os seus feedbacks, mais chances você tem de aparecer no topo das buscas.

O detalhe é que com a publicidade paga, a busca orgânica foi lá para baixo. Mas quando você tem o seu negócio cadastrado como local, ele fica em uma “caixinha” que tem favorecimento nas buscas.

E como você deve fazer para trabalhar essa parte de reviews? Simplesmente fazendo um bom trabalho! Dentro do Google Meu Negócio há um link que você pode enviar a seus clientes pedindo para que enviem esse feedback.

Então, se você prestou ótimo serviço para alguém, simplesmente encaminhe um e-mail ou WhatsApp pedindo para ela avaliar sua empresa.

É importante reconhecer que esta plataforma do Google é muito poderosa. Afinal, a busca por informações locais é uma crescente realidade. Ainda mais com o advento da busca por voz, que aumenta o número de pessoas consultando onde ficam os negócios mais próximos a elas.

Por isso, se você não estiver bem colocado e avaliado nesta ferramenta, pode estar perdendo uma oportunidade muito grande.

Tratando de oportunidades, talvez você ainda não conheça, mas o CEO da Mestre, Fabio Ricotta possui um treinamento chamado “Buscador de Clientes”, que trata exatamente como utilizar estratégias de marketing digital para crescer seu negócio. Se quiser conhecer um pouco mais, acesse o site!

Não se esqueça, as pessoas estão há um clique de você. Por isso, é essencial causar uma boa impressão, seja na busca local, ou ao menos ao abrir o seu site.

Esperamos que esse conteúdo te ajude em suas estratégias! Para mais vídeos como este, aproveite e inscreva-se no canal do Mestre Academy. Qualquer dúvida é só deixar nos comentários!

Uma ótima semana!