Neste novo vídeo, Fábio Ricotta vai abordar um tema interessante para os profissionais que pretender crescer em suas carreiras. Afinal, o que é melhor? Jobs pontuais ou jobs recorrentes? Dê o play e fique ligado nas dicas do CEO da Agência Mestre. 

Fábio explica a diferença entre os jobs pontuais e jobs recorrentes e aborda como o profissional deve lidar com essas duas demandas.  O primeiro ponto que deve ser analisado: é ao realizar um trabalho, quais benefícios e desenvolvimento aquela atividade irá proporcionar? Agora pense, será que ao realizar jobs pontuais você conseguirá crescer? Você pode pensar que isso vai depender do tamanho do trabalho pontual contratado, mas é comum que esse tipo de serviço tenha um orçamento menor e seja mais focado em um ponto específico. 

O Que é Melhor? Jobs Pontuais ou Jobs Recorrentes? 

Alguns fatores sobre os dois tipos de trabalho devem ser levadas em conta. Primeiramente, quando tratamos de jobs recorrentes, existe uma previsibilidade, ou seja, ao assinar um“contrato” de serviço, o prestador irá receber durante todo o tempo de contratação que foi documentada. Ou seja, dessa forma, é possível fazer planos futuros relacionados às melhorias do próprio trabalho entregue, como por exemplo, compra de melhores matérias, contratação de mais pessoas na equipe de produção.

Quando falamos em jobs pontuais, Fábio fornece uma dica para profissionais que trabalham como freelancers. Existem duas possibilidades. A primeira delas é a necessidade de realizar trabalhos específicos com o objetivo de incrementar sua renda. Portanto, esse é seu foco: ganhar dinheiro com seus trabalhos.  Porém se caso você tiver a intenção de crescer por meio dos seus serviços prestados e, quem sabe, transformar o negócio maior, a recorrência dos seus jobs poderão ajudar e guiar seus planos de expansão.

Vantagens dos jobs recorrentes

Sem dúvidas, focar em jobs recorrentes é essencial para que o profissional tenha mais segurança para seguir com seu próprio negócio e possua capital para mantê-lo. Além disso, é preciso contratar pessoas, comprar equipamentos, pagar pelas despesas de sua pequena empresa.

Fábio Ricotta levanta que é possível criar uma recorrência a partir de um job inicialmente pontual. Para fazer essa conversão do cliente, após finalizar um trabalho de contração rápida, você pode oferecer um serviço que seja de interessante que demande certa frequência de manutenção. Por exemplo, após fazer um trabalho de SEO em um site, pense em oferecer a construção de artigos estratégicos focados no interesse de seu cliente.

Gostou do vídeo? Para mais dicas como essa, fique sempre ligado às novidades do blog da Agência Mestre!