Google aprende a indexar conteúdo em Flash

Logo Flash Player Ontem o Google anunciou, assim como a Adobe, uma das notícias mais esperadas pelos desenvolvedores Flash: o Google lançou o seu algoritmo de indexação de conteúdo textual de arquivos Flash.

O novo algoritmo, aborda arquivos Flash de todos os tipos: Flash gadgets, menus, botões e banners, até sites completamente feitos em Flash.

Um dos marcos recentes, foi a melhoria na indexação de arquivos Flash, no momento em que o Google integrou ao seu algoritmo de indexação a Adobe Flash Player Technology, facilitando, e muito a possibilidade de indexação dos arquivos SWF.

Esta realmente é uma inovação fantástica, onde antigamente, sem ela, muitos profissionais de SEO pediam aos seus clientes que deixassem o Flash de lado e migrassem para a versão em HTML.

Um ponto é certo, não podemos dizer que o Flash vai ter o mesmo peso em relação ao HTML, mas já é um bom começo ele ser devidamente indexado pelo Google. Tenho certeza que ajudará muitos sites desenvolvidos nesta tecnologia.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

12 Comentários para “Google aprende a indexar conteúdo em Flash”

  1. Frank Marcel

    Interessante essa notícia!
    E realmente nasce a dúvida: será que os elementos flash, ou sites em flash, serão devidamente indexados? Se não agora, com certeza no futuro serão praticamente iguais, pois o passo inicial está dado.

    Responder
  2. Nicolas

    Assim como flash, ele já conseguia ler PDF, DOC e PPT, o flash é muito bom sim… começa assim a enchurrada de sites em flash, será?

    Responder
  3. Terramel

    Fantástica? Isso é horrível. Atestado de óbito da web O.o A merda está feita. Agora vai encher de site feito por picareta que só faz site totalmente em flash. Aqueles sites chatos pra kct, que demoram pra carregar, que vem com musiquinha, videozinho pra tudo qto é lado etc. Flash é um lixo, mas ainda assim o povo parece querer insistir em fazer sites inteiros em flash… Usar vídeos do Youtube, fazer um joguinho, esse tipo de coisa tudo bem… É agradável! O problema são os imbecis que adoram fazer sites inteiros em flash ¬¬ É agora que a noobaiada vai fazer a festa ;////

    Só lamento! ;////

    Responder
  4. Nicolas

    Concordo com o Terramel. Site inteiro em flash é um saco… Usar partes do site, em flash tudo bem, mas site completo não dá…

    Responder
  5. Fábio Ricotta

    Olá Pessoal,

    Não acredito que este seja um fator para piorar a qualidade dos sites em flash na web. Esta cultura já está no mercado com ou sem o Google e a Adobe melhorarem o sistema de indexação. O que eu acho é que os clientes de agências que desenvolvem websites em Flash estarão de olho nas aplicações criadas, a fim de conseguir um melhor rankeamento.

    Produzir websites com musicas, “firulas” e outras coisas, já é uma cultura atual, assim como foi no início da web com os sites cheios de GIFs animados e cores chamativas.

    Abraços

    Responder
  6. Caruso

    Acho bacana esse “ínicio do posicionamento” do Google, mas concordo que ainda é muito complicado trabalhar um SEO em flash. Sem muito cuidado e você estará na Black Hat List!!!

    Responder
  7. Jordaniel

    Estou começãndo agora na área de otimização de website. Fiquei impressionado com a quantidade de artigos no Agência Mestre, parabéns a todos. O flash realmente sempre foi uma barreira para os desenvolvedores de site, agora com esse novo algoritmo do google, esperamos que nosso conteúdo seja realmente indexado.
    Agora está vindo o html5… Será o fim do flash?

    Responder
  8. leonardo

    Eu quando era pequeno comprei 1 CD cheio de Monster Template e sinceramente a primeira vista foi maravilhoso, pois eram efeitos lindos, com o passar do tempo cansei daquilo e hoje por experiência própria vindas dos meus clientes posso afirmar que ELES ODEIAM FLASH, o mercado está voltado para sites objetivos e que tenham conteúdos interessantes, atualizados e principalmente que a pessoa for acessar não precise esperar nada carregar, querem informação instantânea principalmente se tratando que a grande maioria hoje possui um smartphone e quanto mais leve o site (que não for adaptado para mobile) melhor.

    Resumindo: Não gostei dessa idéia do conteúdo Flash ser indexado.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>