Disavow Links – Ferramenta para Desconsiderar Backlinks

Ferramenta do Google de Disavow Links

Olá leitores da Agência Mestre,

Ontem, o Google colocou a disposição dos usuários uma nova ferramenta chamada Disavow Links. Essa ferramenta dá ao usuário o poder de indicar ao Google quais links, que apontam para o seu site, ele não deseje ganhar relevância.

Essa ferramenta chega como uma grande ajuda os Webmasters a lidarem com o Google Penguim, a atualização do Google que pune sites que utilizam links provenientes de sites de baixa qualidade ou links pagos. Além disto, a ferramenta de Disavow Links pode ser usada em casos onde fontes duvidosas de links ou fontes hackeadas linkam para o seu site. Isto “acaba”, em teoria, com o tal temido problema de Negative SEO.

Como Funciona?

Disavow Links

Acessando a URL https://www.google.com/webmasters/tools/disavow-links-main, o usuário terá acesso aos sites cadastrados no GWT – Google Webmaster Tools. Ao clicar em Disavow Links, o responsável pelo site poderá subir um simples arquivo de texto indicando os backlinks que o Google deve ignorar.

Disavow Links no Google Webmaster Tools

É possível desabilitar links que apontam para o seu site de maneira individual ou desabilitar backlinks de um domínio inteiro. Tudo o que você precisa é fazer um upload de um arquivo txt contendo uma URL por linha.

Vamos ver alguns exemplos:

# Contacted owner of spamdomain1.com on 7/1/2012 to

# ask for link removal but got no response
domain:spamdomain1.com
# Owner of spamdomain2.com removed most links, but missed these
http://www.spamdomain2.com/contentA.html
http://www.spamdomain2.com/contentB.html
http://www.spamdomain2.com/contentC.html

Os exemplos acima foram retirados do artigo oficial sobre a ferramenta de Disavow Links, no Blog Google Webmaster Central.

É importante frisar que o Google ignora os comentários com #, considerando apenas os links no arquivo .txt. Veja abaixo a tradução do exemplo:

# Contactei o dono do domínio spamdomain1.com em 1/7/2012 para

# pedir remoção de links mas não obtive reposta
domain:spamdomain1.com
# Dono do spamdomain2.com removei a maioria dos links, mas #faltaram esses:
http://www.spamdomain2.com/contentA.html
http://www.spamdomain2.com/contentB.html
http://www.spamdomain2.com/contentC.html

O Google recomenda um único arquivo de texto por website. Caso precise atualizar o arquivo, você deve fazer o download do arquivo atual, atualizar e fazer o upload novamente.

Tenha muito CUIDADO!

O Google recomenda que só faça a remoção de backlinks APENAS se o site recebeu alguma notificação de detecção de links não naturais, se o site recebe links de site SPAM ou se site recebe links de sites que vendem links.

Em todo caso, todo cuidado é pouco. Você deve ser muito cauteloso ao fazer uma requisição para o Google repudiar os links que apontam para o seu site, pois uma vez que o Google receber este arquivo, aqueles links serão desconsiderados na próxima vez que o Google encontrá-lo.

Vale ainda ressaltar que, caso você se arrependa de algum domínio que você tenha rejeitado, você poderá editar o arquivo e remover a linha que desconsidera o domínio em questão. Em seguida, o Google irá ver esta modificação e, apenas quando ele visitar o novo domínio, encontrando links apontando para você, ele fará a reconsideração destes links.

Caso precise implementar esse recurso no seu site e não tenha conhecimento avançado em SEO, recomendamos contratar uma Consultoria de SEO.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

28 Comentários para “Disavow Links – Ferramenta para Desconsiderar Backlinks”

  1. SiD Menezes

    Muito boa ferramente, ja era hora do google liberar uma ferramente para remover os links indesejados.
    Cabe a nós avaliar, o que é ruim para nós, pode ser bom pro algoritmo do Google e vice-versa!

    Responder
  2. Diego Isaac

    Olá Daniel. É um artigo que relata a existência da ferramenta, mas qual é a sua opinião sobre isso? Gostou da idéia? Como você usaria isso?

    Responder
    • Daniel Sayon

      Eu usaria com muita cautela. Mesmo após receber uma notificação do Google, eu primeiro faria um levantamento dos baclinks para analisar os âncoras e as fontes desses backlinks. Além disso, eu analisaria o impacto nos rankings e só usaria essa ferramenta como último recurso. Abraço.

      Responder
  3. Marcelo Custódio

    Parabéns pelo artigo! Vale ressaltar mais uma coisa, citada por Cutts no vídeo referenciado: o Google irá considerar os links sugeridos pelo webmaster como um sinal muito forte. Mas não necessariamente irá seguir a recomendação.

    Responder
  4. Marcos

    É impressionante como o Google comete falhas e erros consecutivos. Muitos irão me criticar, tenho certeza disso, pois a grande maioria enxerga o Google quase como uma instituição filantrópica, que fornece serviços gratuitos a todos.
    O que tenho notado, principalmente em blogs e sites brasileiros de SEO, (ao contrário de blogs de SEO internacionais) é o baixo nível crítico das pessoas em relação aos tópicos e notícias, principalmente sobre as últimas ações públicas do Google.
    Com o lançamento das últimas atualizações (Panda e Penguin), raramente vejo uma discussão mais aprofundada do tema, principalmente em comentários. Somente vejo elogios e mensagens vagas repetindo o mesmo mantra dito inúmeras vezes pelo porta-voz do Google, tão idolatrado por muitos, de que agora o Google está no caminho certo, eliminando os sites que estão tentando manipular os resultados das buscas orgânicas, com links não naturais, etc. Mas será mesmo?!
    Primeiramente o Google lança um “update” (conhecido como Penguin) que acaba for penalizar, ou filtrar sites que não possuem um portfólio de backlinks naturais (julgados pelo Google). Mas será mesmo que o Google está sendo eficiente nisso?! O que mais eu vejo são sites nas primeiras posições para termos altamente relevantes, como por exemplo “otimização de sites” com a grande maioria dos seus backlinks nos rodapés de sites de seus clientes, inseridos não por seus clientes mas pelos desenvolvedores e otimizadores dos sites, variando somente os textos âncoras para criar uma falsa naturalidade. Isso é manipulação, e não há quem possa contestar isso! No mundo ideal do Google, que ele tanto almeja lançando esses “updates”, os links devem ser realmente naturais, ou seja, um mundo sem SEO.
    Recentemente, mais um erro: Disavow Links. Apesar de muitos, logo após o lançamento do Google Penguin, negarem a existência do SEO Negativo (Negative SEO), ficou claro que este funciona e muito bem. Certamente poderia não funcionar para grandes marcas e sites, mas para sites médios, pequenos e até mesmo sites inciantes, a Negative SEO é extremamente eficaz e o Google sabe disto, pois foi ele mesmo quem criou o monstro. E para quem ainda tem dúvidas, pois bem, com a criação desta ferramenta (disavow links) o Google acabou de reconhecer/chancelar que o Negativo SEO funciona!! E pior ainda: deu esse trabalho de selecionar, ou definir os links de má qualidade aos próprios webmasters e donos de sites. Ou seja, deixou claro mais outro fato: de que o algoritmo do Google não é capaz de identificar os links bons dos ruins, pois se fosse capaz, certamente não haveria necessidade de que o próprio dono do site lhe dissesse quais links desconsiderar, pois tal tarefa seria feita algoritmicamente.
    Outra dúvida que ficou é se o Google irá usar as informações obtidas com essa ferramenta (disavow links) para qualificar os sites e a qualidade dos backlinks. Se afirmativo, parabéns Google! Mais uma ferramenta para SEO Negativo foi criada! Seria extremamente fácil prejudicar os concorrentes assim. Bastaria criar inúmeros (centenas) sites 2.0 com links para sites concorrentes, aguardar as indexações e posteriormente solicitar a remoção destes links através do Disavow Links do GWT. Isto serviria como base para o Google classificar os links provenientes destes sites concorrentes e, consequentemente, classificar esses sites concorrentes como desqualificados. Obviamente isso só teria efeito se o Google passar a utilizar as informações fornecidas pelos webmasters ao Disavow Links como referência na avaliação de sites e backlinks. Espero, sinceramente, que o Google não o faça pois seria mais uma forma perversa de prejudicar outros sites. Ou seja, mais uma nova forma de SEO Negativo.
    Enfim, não vejo todas essas novidades com bons olhos pois além dos inúmeros problemas que o Google tem criado e que não existiam, há uma série de outras observações que não passariam por uma observação crítica, como por exemplo, a eficácia real deste Disavow Links no caso de uma ataque de backlinks de má qualidade a um determinado site. Sabemos que existem programas (Xrumer, Scrapebox, GSA e outros) que são capazes de criar MILHARES de backlinks de má qualidade (como comentários em blogs, links em perfis de fóruns, gestbooks e outros) em apenas poucas horas! Agora quero ver um webmaster capaz de verificar todos esses links criados, depois organizá-los em um arquivo txt e solicitar ao Disavow Links sua remoção no mesmo tempo em que esses backlinks foram criados automaticamente. E vou além. Digamos que esse webmaster conseguiu reunir todos esses domínios com os backlinks de má qualidade que recebeu automaticamente e envie para o Disavow Links; o Google deixou claro que as desconsiderações destes links somente valeriam após algumas semanas, depois das re-indexações do Google nesses sites. E enquanto isso o programa do spammer está rodando criando mais milhares de backlinks!! Lamento, mas nessa situação o Disavow Links não acabaria com SEO Negativo e não teria eficiência nenhuma. E como disse bem o Daniel Syon, autor do post, “em teoria” o Disavow Links acabaria com o SEO Negativo, pois na prática acabei de mostrar uma forma de tornar esta nova ferramenta do Google totalmente inútil.
    Devemos ser mais críticos quanto ao que o Google vem fazendo recentemente. Sinceramente, só vejo os resultados das buscas piorarem com essas atualizações e o Google cada vez mais se perdendo e abrindo espaço para spammers, mal-intencionados e, principalmente, para sua concorrência.
    Só para finalizar: alguém aí ainda acha que o Google criou esse novo dispositivo (disavow links) para nos ajudar?! Por favor, não sejam tão ingênuos… eles sabem que não é eficaz. Já pensaram que poderia ser mais uma forma de obter mais informações a respeito de nossos sites, links, etc e transferindo o trabalho deles para webmasters e donos de sites? Acho que ser um pouco crítico de vez em quando faz muito bem. Boa sorte a todos!

    Responder
    • Paulo

      Realmente Marcos… o Google tem feito diversos testes que não estão tendo resultado esperado… eu mesmo estou em um nicho que perdi algumas posições para sites com keyword stuffing e outras tecnicas de black hat…

      Responder
      • Marcos

        Pois é Paulo, no meu segmento os três primeiros colocados nas buscas do Google só têm links de comentários em blogs. E o que eu percebi é que todos eles possuem a maioria de seus links com a tag “nofollow”. Ou seja “spamaram” vários blogs com comentários sem nenhum valor ao assunto e nem se preocuparam se os links dos comentários eram “dofollow”. Parece que o Google está utilizando a tag (nofollow) como um parâmetro de indicação de naturalidade dos links. Tentei utilizar o Bing, e em muitos casos me surpreendi com a superioridade da relevância dos resultados. Apesar dos prejuízos, torço para que o Google se mantenha nessa linha e traga cada vez mais fracos resultados; já estava na hora de termos um mercado de buscas menos monopolizado.

        Responder
        • Paulo

          Não acredito que deixem de usar o Google para migrar ao Bing… um motivo te explico rapidamente, brasileiro é acomodado… quantas pessoas você conhece que usam a internet para: Google x Facebook/Orkut x Youtube? A realidade é essa as pessoas não vão a fundo na web, e se vão se limitam a pesquisar no Google e “aceitar” o primeiro resultado… por exemplo: O cara vai e digita no google “como fazer café” e cai num tutorial que diz q ele deve colocar sal… informação errada mas que para o Google é certa… com isso o cara vai passar a crer que o café sempre levou sal… e quem não usa que está errado.. é conformismo..

          Responder
  5. Luiz Eduardo

    Bem observado Marcelo, e outro ponto.. se quiser voltar atrás depois, pode demorar mais ainda!

    Parabens pelo artigo, abração pro povo ai na Mestre!

    Responder
  6. Tiago Martins

    A ferramenta apenas deve ser utilizada para casos específicos, onde sempre que seja possível, o link deverá ser removido manualmente.

    É uma ferramenta muito boa e realmente uma excelente aposta, mas penso que nenhum de nós vai necessitar de a usar tão frequentemente.

    Responder
  7. Marcos

    Concordo com você, Paulo (acima)! O usuário comum (grande maioria da população brasileira) é de fato acomodada e preguiçosa e certamente continuará fazendo suas pesquisas no Google. Mas que o Bing está trazendo melhores resultados, isto está evidente. Até há pouco tempo o Bing não chegava perto da qualidade dos resultados do Google, mas hoje a qualidade do Bing está superior em muitas buscas. Quer ver um exemplo? Digite “SEO” no Bing e no Google e compare os resultados. Estão bem parecidos, inclusive considero os resultados do Bing um pouco melhor, pois o Google está trazendo páginas da Wikipedia demais, inclusive uma em inglês, sendo que a busca foi feita no Google Brasil. Sem contar que o Bing traz o site da Brasil SEO, muito mais relevante e com muito mais conteúdo do que, por exemplo, o SEO de Saia, trazido pelo Google. Nada contra este ultimo site, apenas acho que o Brasil SEO tem muito mais conteúdo e mais qualidade. Outro fator: o Google traz apenas uma página da Agência Mestre (de artigos), já o Bing também traz a index da Agência Mestre, extremamente relevante em SEO. E este tipo de comparação pode ser feito para diversos termos de pesquisa e a constatação é a mesma, a qualidade dos resultados do Bing é praticamente a mesma e, em muitos casos, superior ao do Google. Mas não acredito que apenas o Bing venha melhorando seus algoritmos, acredito também que o Google está piorando, dada a excessiva quantidade de filtros que vem criando, e muitos bons sites estão sendo eliminados de seus primeiros resultados.

    Responder
  8. Leo

    Não é nem que o Bing ficou bom, mas sim o Google que se nivelou por baixo, ficando uma completa porcaria sem absolutamente nenhum critério. Entretanto, acho que essa bagunça toda foi proposicional, pois sem critérios as pessoas não vão mais querer perder tempo ou dinheiro com SEO, indo assim direto para o AdWords.
    Na minha opinião o Google nunca se viu ameaçado pelo Bing, e ao meu ver nunca será, mas se viu de longe ameaçado pelo Facebook, sendo este o único que poderia bater de frente com o Google no momento, mas de qualquer forma não vejo o Facebook espandindo seus horizontes fora da rede social, deixando assim o Google ainda em uma situação bastante confortável para continuar com seus joguinhos de poder.

    Responder
  9. Juan

    Fala Daniel,

    Tira uma duvida.

    como eu sei que o link nao e bom ?

    por exemplo um site punido como eu sei que determinado link que esta fazendo que ele esteja punido ?

    Obrigado!

    Responder
    • Daniel Sayon

      Olá Juan,

      Utilizando a ferramenta Google Webmaster Tools, você pode verificar os links que apontam para o seu site. Links de má procedência, geralmente, são links provenientes de sites que tem SPAM no conteúdo, ou diretórios e blogs que vendem links. É preciso ter cautela ao utilizar a ferramenta Disavow Links, o ideal é enviar um e-mail para o dono do site e pedir a remoção do link, caso desconfie que alguns links sejam responsáveis por seu site ter sido punido. Procure sempre ganhar links de forma natural ou em sites que sejam relevantes para o seu negócio.

      Responder
  10. Marcos

    Concordo com você, Leo, quando mencionou que o Google está perdendo sua qualidade e se nivelando por baixo. E o que mais me impressiona é a qualidade dos sites que o Google está lançando na primeira página dos seus resultados. Certamente, o Google sabe que seu nome já está sedimentado na cabeça das pessoas e estas não irão substituí-lo (por comodismo, preguiça, etc); por isso optou por reduzir sua qualidade e, assim, conseguir tornar SEO mais confusa e sem o menor sentido. Vejo sites sem backlinks de qualidade ou relevantes, e o pior sem pelo menos um bom conteúdo ostentando os primeiros lugares, e me parece que estão lá simplesmente pelo fato de não apresentarem qualquer indício de SEO. A verdade é que o Google se cansou de tentativas de manipulação dos resultados orgânicos, mesmo feito por white hat SEOs que seguem as diretrizes impostas pelo Google, pois isso está prejudicando seus lucros. A prova disso é que muitos sites bons foram prejudicados com esses updates e perderam lugar para sites sofríveis em conteúdo e usabilidade. E ainda continuam alimentando o velho mantra de sempre de que fornecendo bom conteúdo, os resultados nas buscas serão retomados. Bom, se os melhores conteúdos e sites não estão nas primeiras posições das buscas então todo esse discurso não passa de uma mentira. Exemplos não faltam: a própria busca pelo termo “otimização de sites” retorna no primeiro lugar uma agência, cujo conteúdo restringe-se em informações de auto-promoção; ou seja, pouco conteúdo de qualidade, apenas propaganda e divulgação. Uma análise um pouco maior e o que vemos é que o site em questão possui muitos backlinks inseridos nos rodapés dos sites de seus clientes. Posso estar enganado, mas isso não vai contra ao que o Google tanto prega (conteúdo de qualidade, relevante e backlinks naturais) ?

    Responder
  11. Anderson Batista

    01. Tenho um site X que tem sua URL em varios sites que “capturam” o domínio, como o tal do URLPULSO.com.br por exemplo. Pretendo “avisar” ao Google que estes sites não são bons Bklinks, mas o GWT não me mostrou nenhuma mensagem, então, será que devo enviar o arquivo pedindo desconsideração desses sites?

    02. Este mesmo site X que tenho, tem varios bklinks apontando para ele, inclusive no meu portfólio, mas de algum tempo pra cá o GWT diz que só tem um site apontando para ele. Alguém pode me diz o por que disso?

    Abraço!

    Responder
  12. Mauricio

    Oi … tenho uma loja onde o reclame aqui está atrapalhando por trazer algumas reclamações na primeira pagina . Se eu abrir a reclamação e copiar a url da mesma e colocar a url no Disavow , essa reclamação irá sair da busca quando alguém procurar informação do meu site ?

    Att

    Responder
    • Fábio Ricotta

      Olá Mauricio,

      A Disavow não tem qualquer relação com o Reclame Aqui. São empresas diferentes neste caso. Você deve procurar o Reclame Aqui e o consumidor para resolver o seu caso.

      Responder
  13. enio

    ola ótimo post, mas como saberei que um link é não natural, desculpe minha falta de conhecimento

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>