Rich Snippets – Mais Informação na Snippet do Google

Rich snippets é a última novidade do Google na apresentação dos resultados de busca. Ontem (12.05.2009) no Webmaster Central Blog, o Google anunciou a mudança, que tem por objetivo oferecer mais informações sobre uma página diretamente na sua listagem de resultados.

barbq

Na imagem acima, o resultado é do Yelp, um site de reviews sobre restaurantes, que com o uso de markup formats possibilitou a exibição das estrelas, da quantidade de reviews e da faixa de preço (que acabou ficando sem informação porque o site não tem a informação). Com essas informações extras, é possível conquistar o clique do visitante no seu resultado, pois essa Rich Snippet o torna mais atraente. Mas…

Como Criar Rich Snippets?

Como eu disse anteriormente, a informação extra exibida na snippet é obtida através do uso de markup formats (microformats e RDFa) no código das páginas de um site. O Google, ao acessar uma página, busca esse tipo de codificação para capturar as informações e poder exibir na snippet para a página.

No caso do Yelp, o uso de microformats, implica no seguinte código:

yelp-microformats

E o uso de RDFa, implica no seguinte código:

yelp-rdfa

Utilizando markup formats em um site, o webmaster define a estrutura de dados do seu site, que é o que o Google utiliza para criar as Rich Snippets. Por enquanto, o Google somente atende aos markups referentes à pessoas e reviews de produtos ou serviços, mas pretende expandir para outras áreas e outros padrões de markup formats.

Também, o Google não está capturando markup formats para todo e qualquer site, mas aos poucos pretende aumentar a quantidade de sites participantes e, naturalmente, ficará de olho em quem tentar abusar da alternativa e, provavelmente, punir o site.

Para quem quiser participar, o Google disponibilizou um formulário para o webmaster manifestar o seu interesse em ter Rich Snippets para o seu site: Interested in Rich Snippets?

Markup Formats e Estrutura de Dados na Web

Os Markup Formats (microformats e RDFa – suportados pelo Google) são identificadores que os webmasters podem usar em seus sites para definir a estrutura de dados do site. Isso serve para que o Google (ou outro serviço que se apoie em markup formats) entenda melhor o site, pois as classes usadas em div’s e span’s referentes aos microformats (hreview, fn, org, vcard, etc.) e identificações RDFa (v:organization, v:name, v:rating, etc.) indicam o que significa cada informação (dentro deste span está um endereço; dentro desta div, um nome de uma pessoa), o que possibilita a exibição de Rich Snippets para o Google.

Isso rende assunto para um novo artigo. Eu vou parar por aí e recomendar a leitura da documentação do Google Marking up structured data.

E o SEO com Rich Snippets?

Agora, cabe aos SEO’s identificarem a melhor informação para disponibilizar na composição de Rich Snippets. Para sites baseados em perfis ou reviews de produtos, serviços, negócios, etc., a porta já está aberta para adequação à markup formats e formação de Rich Snippets. Para sites de outros tópicos, resta estudar as possibilidades de estrutura de dados na web, identificar uma alternativa e aguardar o próximo passo do Google no uso de markup formats.

Com snippets de maior qualidade sendo exibidas, a chance de uma pessoa escolher este resultado mais recheado para clicar aumenta. É bom já ficar por dentro para não ter que correr atrás depois. Aguardamos agora o próximo lançamento do Google em suas SERPs. Até a próxima!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

13 Comentários para “Rich Snippets – Mais Informação na Snippet do Google”

  1. João

    Olá,

    eu queria saber da onde sai esses reviews. Porque se esse review sair da página da empresa, será facilmente manipulado. Ele deve vir de alguma ferramenta do Google, como o Google Checkout, não?

    Outra pergunta: microformats não é o que vem escrito na tag rel=”” e não na tag class=””?

    Responder
  2. Frank Marcel

    @João: quem oferece a informação é o webmaster. Informação ruim acabará sendo filtrada ou rejeitada pelos próprios usuários, não se é o caso de ficar preocupado.

    @Alexandre: o exemplo que eu usei no post é real. Se você pesquisar Drooling dog (ou parecido) no google.com, você vai ver este resultado com review e tudo o mais. Acho que por enquanto poucos sites aplicam markup formats e participam do programa do Google.

    @Bruno: Está na lista de posts! Vou chegar lá. =)

    Valeu pelos comments pessoal!

    Responder
  3. Giresse

    Olá Frank,

    Tenho uma dúvida sobre o microformat de telefone.
    Existe algum problema de eu utilizar mais de uma vez o “span class tel” quando uma página tiver mais de um telefone (no caso, uns 3 ou mais)?

    (51) 3241-4856
    (51) 3241-4857
    (51) 3241-4858

    Outra dúvida seria no caso de eu ter um ramal junto com o telefone.
    Eu deveria utilizar o span class tel da seguinte forma?
    (51) 3241-4856 | Ramal: 4441

    …ou tem uma forma mais correta?

    Responder
    • Fábio Ricotta

      Olá Giresse,

      Acho que você deveria consultar a documentação dos Microformats mesmo. Confere lá no http://microformats.org/ e pesquisa pelo tipo que você está usando.

      Normalmente eles colocam vários exemplos. Você ainda pode ir na Wikipedia e pesquisar pelo tipo do Microformat que eles também possuem vários exemplos.

      Responder
    • Ronaldo Bitencourt

      Giresse, tem como sim, é só vc ir aninhando dentro do “tel” os telefones com o respectivo “type” “value”, ficando mais ou menos assim:

      Work
      XXXX

      Home
      XXXX

      Fax
      XXXX

      Note que existe um pattern para a especificação TEL :)

      Espero ter ajudado,
      Abraço

      Responder
  4. Leo MarCos

    Olá pessoal,

    Tenho duas perguntas sobre rich snippets:

    – Vale a pena colocar na home page (parece que não funciona), ou somente em páginas secundárias?

    – Funciona para sites adutos, como por exemplo sexy shop online, etc? Se não funcionar, vale a pena colocar mesmo assim?

    Um abraço.

    Responder
    • Frank Marcel

      Leo, o Google não garante que sempre que você utilizar uma marcação especial, ele vai refleti-la imediatamente nos resultados de busca, mas ele disponibiliza uma ferramenta que permite a verificação de que ele consiga ou não identificar a marcação especial que você colocou no seu site:

      Rich Snippets Test Tool

      Responder
    • Frank Marcel

      Depende do que você considera “resultados de pesquisa:”

      – Via de regra, não melhora rankings.
      – Porém, deixa o seu resultado mais vistoso nos resultados de pesquisa, o que tende a atrair mais cliques, que pode culminar em mais vendas, melhorando portanto o desempenho do site…

      Responder
  5. Elias da Rosa

    Olá,

    primeiramente meus parabéns pelo o artigo!

    Eu gostaria de saber qual é o tamanho ideal para as imagens no rich snippet?
    Seria o mesmo tamanho para produtos, artigos, pessoas?

    Muito obrigado!

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>