Compare Resultados entre Bing e Google

Olá leitores da Agência Mestre!

Desde o lançamento do Bing no dia 2 deste mês, vimos um crescente uso do serviço, além de é claro, uma série de críticas ao sistema. Muito se falou de um novo “Google Killer”, ou ainda um sistema que é muito fraco e parecido com o Live, antigo sistema de busca da Microsoft. A questão é que é inevitável comparar os dois sistemas, fazendo consultas em cada um e assim observando cada um dos mecanismos de busca.

Alguns programadores aproveitaram a oportunidade e criaram páginas que podem fazer consultas nos dois mecanismos de busca simultaneamente. Aproveite estes sistemas e teste você também:

Bing And Google

Um meio fácil de fazer consulta nos dois mecanismos de busca. Coloque a palavra e clique em “Bing! and Google!” para ter as duas telas dos mecanismos de busca. O bom é que você pode Twittar diretamente o seu resultado.

Bing And Google

Bingle

Uma junção de Bing + Google = Bingle. É muito interessante poder alternar entre cada um dos serviços através dos links “all bing”, “bingle” e “all google”.

Bingle

Compare Google and Bing

Com alguns ads no sistema, mas possui um modo de alternar em várias versões do Bing ao redor do mundo. É bem interessante mas acaba por ser meio poluído.

Compare Google and Bing

Blind Search

Por fim, um dos sistemas que está mais gerando buzz é o Blind Search, onde você digita uma busca e o sistema de mostra 3 colunas com 8 resultados. Você deve eleger a melhor coluna para saber qual é o search engine (Google, Bing ou Yahoo!) utilizado.

Compare Google and Bing

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

19 Comentários para “Compare Resultados entre Bing e Google”

  1. Frank Marcel

    O Blind Search é o mais desafiador. Com certeza, daqui há um tempo eles lançam a estatística “A Search Engine X foi a que teve mais vezes seu resultado escolhido como melhor”.

    Se eles não tiverem coletando essas informações… #fail

    Responder
  2. Kleber Anderson

    Muito interessante o Blind Search. Para pesquisas mais especificas, só deu Google.

    Mas desconfio que tenha algo muito estranho neste comparador. Fazendo uma pesquisa especifica, ele apontou um resultado para o Yahoo. Refazendo a mesma busca no próprio site do Yahoo, o resultado foi outro! Não sei se ele tenha uma configuração especifica para pesquisas em inglês, pois os resultados apresentados eram muito fracos, mas na busca real pelo Yahoo não eram.

    Não vou colocar em xeque a veracidade do site, mas que tem algo errado, isso tem!

    Abraço.

    Responder
  3. Jackson

    Realmente interessante…o mais esgraçado é que todas as buscas que fiz, sempre escolhi a coluna com os resultados da Google…hehehe.

    Abraço

    Responder
  4. Henrique

    Obrigado pela dica achei bem útil este comparativo.

    Porem ainda não achei as diretrizes para web máster do Bing, nem dados como, por exemplo, qual a % do mercado de busca está com o bling.Comparei os sites que administro e para eles o bling já está com 5% a 22% do trafego vindo de buscador.estes dados seria muito útil para entendermos qual é a real importância do blig para conseguirmos focar mais ou menos tempo nele.

    Responder
  5. Carlos H Junior

    Dificilmente os usuários vao trocar o google pelo Bing, o buscador está tendo grande utilização graças aos blogueiros que estão testando o sistema, que na minha opnião ainda não bate o do google.

    Responder
  6. Will

    Excelente ferramenta. Eu fiz alguns testes no Blind Search.
    Entre dez pesquisas, o Google foi mais relevante em 8, o Yahoo em 2 e o Bing em nenhuma.

    Responder
  7. Bala Salgada

    O bom é que somos nós que saímos ganhando.
    Acho bom ter uma competição para o Google, todos que ficam no topo relaxam, essa é uma forma dele continuar melhorando.

    Responder
  8. Ri Souza

    A expectativa positiva da equipe Radiodelicatessen com o Bing é muito grande. Ainda não pudemos testar o produto plenamente porque foi disponibilizado parcialmente para os usuáris brasileiros. Mas sabemos de suas potencialidades, conhecemos sua robustez e temos certeza de que se trata de um excelente produto.

    Radiodelicatessen

    Responder
  9. Vinicius Escano

    É, realmente o Google foi mais relevante em vários testes que fiz aqui, menos quando procurava pelo meu site, no Bing apareceu e no Google não, então… vai lá Bing, detona esse Google, hahahahhaha

    Valeu, abração

    Responder
  10. Carlos Muniz

    Muito curioso e interessante…

    Mais ainda é analisar essa situação por um outro lado ainda. Como anda ágil a produção de novas ferramentas na Internet. Em pouquinho tempo, já criaram diversas possibilidades para nosso desfrute!

    Responder
  11. Fábio Ricotta

    É importante ressaltar que o Bing ainda está em testes mesmo nos EUA. Aqui no Brasil pelo que tenho visto ele se parece muito ou é igual aos resultados já oferecidos pelo Live. A questão é que quando expandirem o algoritmo ou as bases de busca com melhores resultados, isto possa criar uma maior adesão ao sistema de busca.

    Responder
  12. Daniel Sayon

    Legal p/ ver a velocidade de indexação de cada um e fazer um comparativo de modo geral.

    Responder
  13. Marcia

    O BING está dando um resultado muito diferente em relação a posicionamento.
    Utilizei o http://www.bing.com/webmaster/ e cadastrei o sitemap. Mas se tiver mais de um sitemap? Também não fornece nenhum feedback do sitemap.
    A ferramenta webmaster do BING é bem pobre em relação ao GOOGLE. Já existe alguma diretriz de otimização para o BING?

    Responder
  14. Thiago

    Legal ter mais uma ferramenta de buscas com força para fazer frente ao Google, concorrência é sempre bom.
    Gostaria de saber se existe alguma projeção para o trabalho de links patrocinados no Bing, suas políticas e tudo mais…

    Responder
  15. BingeGoogle.com.br

    Conheça o primeiro buscador híbrido do Brasil: BingeGoogle.com.br Compare os resultados das buscas no Bing e no Google ao mesmo tempo e na mesma página.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>