5 Tendências Para Desenvolvedores em 2019

Por Nadjine Terhoch


Quem trabalha com programação sabe bem que manter-se sempre atualizado das novidades do mercado é imprescindível. Novas possibilidades surgem a todo momento e, sem aprender e implementar rapidamente, ficaremos para trás. Ficar de olho nas tendências é fundamental para ter sucesso na área. Confira o que separamos para 2019:

1. Mobile first

De acordo com o IBGE, cerca de 70% dos brasileiros já têm acesso à internet por meio de telefones celular e esse número cresce a cada ano que passa. Nós vivemos um verdadeiro movimento de migração dos computadores de mesa para uma vida multi-screen e, portanto, estar preparado para lidar com esse tipo de cliente é essencial.

O mobile first nada mais é do que o desenvolvimento de conteúdos e experiências que foram pensados para veiculação em dispositivos móveis antes do desktop. Originalmente, sites eram desenvolvidos para computadores e apenas depois otimizados para serem responsivos. O processo era incrivelmente mais lento e trabalhoso e, hoje, o paradigma foi quebrado. Ignorar o fato de que o mobile é uma tendência pode minar o resultado de qualquer empresa.

2. Microinterações

As microinterações estão presentes nas mais diversas ações do nosso cotidiano. Toda que vez que tocamos na tela do celular, damos scroll em uma página ou clicamos em um box de informações, estamos interagindo com um determinado elemento virtual. A resposta dessa tarefa que realizamos é uma microinteração.

A concorrência na web está cada vez mais alta. Portanto, preocupar-se verdadeiramente com a experiência do usuário é primordial para fazer sucesso. As microinterações tornam essa experiência mais agradável e, apesar de parecerem até mesmo insignificantes, fazem daquele momento memorável.

O conceito está diretamente relacionado com UI e UX design, porque além de terem influência na experiência, também informam ao usuário o que está acontecendo ou o que vai acontecer naquele site ou app.

3. Internet das coisas

A internet das coisas bateu forte no ano de 2018, mas em 2019 vamos experienciar o seu verdadeiro potencial. Cada vez mais dispositivos conectados na internet estão fazendo parte de nosso dia a dia nos mais diversos âmbitos, otimizando inúmeros processos.

Atualmente, os dispositivos conectados na internet — como aqueles que são controlados por voz — são uma novidade. No próximo ano estarão consolidados, dando espaço para mais inovações na área, englobando cargas de trabalho na borda, novos modelos comerciais e até mesmo blockchains.

Hoje, o grande problema da IoT é a segurança de seus dispositivos. A tendência, hoje, é garantir que os dados de quem os utiliza estejam em um lugar verdadeiramente seguro, aplicando o leque para aqueles que ainda têm um pé atrás em relação à privacidade.

4. Single Page Application (SPA)

O termo de língua inglesa Single Page Application significa, em português, Aplicativo de Página Única. Em suma, SPA é quando todo o conteúdo é mostrado em apenas uma página, como acontece no Twitter ou no Gmail, por exemplo.

São inúmeras as vantagens que esse tipo de formato pode nos proporcionar. Além, é claro, da visão geral da página, ainda é possível:

  • diminuir a velocidade de carregamento e, consequentemente, evitar que o usuário feche a página devido a demora;
  • proporcionar uma navegação mais rápida e dinâmica;
  • eliminar o delay, pois basta dar um scroll para carregar a página;
  • gerar atratividade por conta da estética, agradável aos olhos do usuário.

5. JavaScript

As bibliotecas e os frameworks de JavaScript estão cada vez mais poderosas. Conhecer diversas opções é essencial para compreender o que é mais adequado para cada projeto. Hoje, o JavaScript é uma plataforma de desenvolvimento e criação para o mercado. Se envolva com a comunidade — que é bastante ativa e unida — para manter-se por dentro dos melhores e maiores.

O blog da Agência Mestre oferece conteúdos atualizados e relevantes para quem, assim como você, quer estar sempre à frente do mercado. Confira as novidades!

LEIA MAIS
Heat Map: Monitore Cliques e Ações dos Usuários em Seu Site

Heat Map: Monitore Cliques e Ações dos Usuários em Seu Site

Alguma vez você já ficou curioso para saber em quais lugares do seu site os visitantes mais clicam? Saiba que existem ferramentas que mostram o…

Google Website Optimizer – Como Funciona?

Google Website Optimizer – Como Funciona?

Sempre que é necessário alterar os elementos de uma página é importante realizar testes para verificar se as alterações foram convenientes. Em caso de páginas ligadas à conversão, esses testes são essenciais.
O Google Website Optimizer é uma ferramenta muito útil nesses casos, pois realiza testes A/B e multivariados nas páginas do site. Veja aqui como utilizar essa ferramenta.

7 Técnicas Para Aumentar a Taxa de Conversão em Sua Landing Page

7 Técnicas Para Aumentar a Taxa de Conversão em Sua Landing Page

Após todo o trabalho de aquisição de tráfego, você conseguiu um volume sólido de visitantes para suas páginas e o trabalho acabou? Não. Após conquistar um visitante e ele chegar a sua página, apenas metade do caminho foi percorrido. Agora é hora de conseguir que a visita se transforme em uma conversão: venda, assinatura, cadastro, pesquisa, enfim, o que você precisar. Neste artigo, 7 dicas para melhorar a conversão em landing pages.

Comentários
Deixe seu comentário abaixo