Aloha All;
Desculpe pelo título. Só queria chamar sua atenção.

A alguns dias assisti o filme Jogos Mortais V e “Make your choice (faça sua escolha)” é uma frase que ficou em minha cabeça. Resolvi então fazer uma brincadeira com o título para este post.

O que mensurar? usuários ou page views? – Faça sua escolha.

Em 2005 eu afirmava; continuo afirmando

“.. Não há métrica 100% correta, métrica é métrica. A melhor métrica é aquela que possa afetar diretamente seu negócio’; sendo para o lado positivo ou negativo. Esta é a melhor!.

Se o seu site possui um conteúdo mais presencial, devemos então mensurar page views.

Abaixo cito algumas idéias sensatas de como você poderá mensurar melhor o tráfego gerado em seu site e/ou blog.

Meu site depende de publicidade para viver; Rumo aos usuários.

Eu sou um usuário comum!
Quando a questão em pauta é a publicidade, sua luta deverá ser em cima de quantos usuários conseguirá atrair. A pergunta que fica: Seu conteúdo é relevante para estes usuários?

Na prática, um exemplo é o ‘Camiseteria‘ e o ‘Threadless‘ ambos possuem usuários fieis, e números semelhantes de usuários únicos. Porém lutam pelo mesmo mercado de nicho. Caso seu anúncio seja veiculado neles, você provavelmente atingirá 80% de seus usuários-metas, tendo em vista de que os usuários que acessam o portal possuem um perfil de consumo já pre-estabelecido.

Você sabendo o perfil do consumidor destes sites, se torna irrelevante saber a quantidade de page views. Uma simples arquitetura poderá alterar a quantidade de page views de um dia para outro, mas não irá influenciar no perfil do usuário (consumidor) que participa com freqüência destes sites.

Uma comparação mais concreta:

“Como um anunciante e um site que exibe vários anúncios, a diferença está na forma com que as pessoas chegaram até o site-meta”.

Não gosto muito dos usuários, pessoas são complicadas. Há outro modo que eu possa mensurar tudo isto sem depender deles?

“.. para se viver em sociedade é necessário o convívio e a interação com pessoas. Já para mensurar dados eu consigo viver apenas com um acesso! – Sou modafoca! .. “

Oieee hi hi, eu não gosto de você. Internauta!

O melhor indicador para mensurar pageviews são as visualizações de páginas, sendo elas de entrada e saída. Isto é legal! você realmente fica por dentro do que está acontecendo com seu site/blog.

Você deverá sempre tomar medidas sensatas para melhorar isto. Além do mais, isto tudo é específico para cada site/projeto; e você sabe disto.

RSS (infelizmente) não são page views.

O lado bom de você possuir bastante usuários que assinam o conteúdo de seu site por RSS (sendo por intermédio de agregadores e/ou mail), é que você sempre terá usuários que optaram em receber o conteúdo de seu site, usuários fiéis e potenciais que já conhecem o perfil do site; logo sabendo o perfil do usuário de seu site você deverá colocar a cabeça para funcionar e analisar um modo para que faça a engrenagem da monetização funcionar.

Não quero lhe decepcionar, porém nem tudo são flores .. .

Os ‘medidores de estatísticas’ como o Google Analytics que inserem um código em seu site geralmente ignoram as visitas provenientes de RSS. Deste modo você acaba ignorando o que pode representar uma porcentagem significativa de tráfego em seu site. Se o seu site possuir um conteúdo referente à notícias e/ou um blog. Saiba que seus assinantes de RSS podem significar ‘absurdos’ 15% do tráfego geral de seu site. Não ignore estes números, apenas anote-os.

Não fique grudando apenas analisando estatísticas e números. Se concentre em tendências e porcentagens.

No momento em que você realizar o estudo sobre os dados mensurados, não se preocupa se o seu site possui 1 milhão de page views, ou então 500 mil usuários. O que realmente importa é a porcentagem que seu site cresceu em relação ao mês anterior. Analise a tendência, estipule metas! E a cada mes tente superá-las.

“Tenha um plano. Tenha metas. E cumpra TODAS.” – Como disse o meu amigo Rochester (Jaça)

Sobre as tendências, é super-importante realizar comparações lógicas.

Se necessário realize comparações semanais, mensais, compare o mês atual com o mesmo mês do ano passado.

A ‘natureza’ do usuário varia muito dependendo do ciclo.

Comparando março com fevereiro o resultado pode se tornar totalmente diferente. Lembre-se o usuário é o mesmo; seu comportamento mudou.

A taxa de rejeição é a inimiga do homem; e isto pode parecer um título com politicagem; mas não é.

Maurivan!, você quis dizer que os usuários não gostam de seu site? Só porque não passam da primeira página?

Calma, calma!.Não criemos pânico!

Uma métrica bastante ‘assustadora’ na hora de analisar estatísticas é a taxa de rejeição. Isto é basicamente dizer quantos usuários chegaram em seu site, visualizaram somente uma página, não expressaram sua opinião à respeito e desapareceram.

E nisto os usuários paraquedistas (aqueles que sempre chegam até voce, geralmente embalados por hypes) são experientes. Em plena era que se falam bastante de Search Engine Optmization (SEO) como ferramenta básica para captar tráfego à baixo e/ou nulo custo.

Passe à acompanhar os percentuais de rejeição de seu site e estabeleça metas graduais, e afim de reduzir significativamente a taxa de rejeito no mês seguinte.

[]’s
M!