Vamos resumir aqui um guia de SEO para URLs. Alguns cuidados devem ser tomados para que seu site tenha uma confiança maior, não se pareça com spam e que não tenha páginas interpretadas como conteúdo duplicado.

Tamanho da URL

Não use mais do que 3 a 5 palavras na sua URL. De acordo com Matt Cutts do Google, se houver mais de 5 palavras…

[Google] O algoritmo irá dar menos peso a cada keyword usada na URL e não o peso máximo.

Mais um ponto a favor das URLs curtas: de acordo com uma pesquisa recente, as URLs mais curtas são clicadas duas vezes mais do que as longas. Com isso você ganha mais clicks por pesquisa que o usuário realiza e seu ranking acaba por subir junto.

Hífen ou Underline?

Apesar do Google não ter uma preferência sobre hífens ou underlines, pois consegue identificar keywords até mesmo juntas. Se você tem uma URL com keyword1_keyword2 o Google só retornará a página para uma pesquisa de keyword1_keyword2? Isso quase nunca acontece, mas por uma boa prática dê preferência aos hífens.

Maiúscula ou minúscula?

Nomes de domínios não são case sensitive porém as URLs sim. Então se por algum motivo você decidiu que suas URLs vão ser maiúsculas lembre-se que o usuário não está acostumado a digitar deste modo. Fique atento se você não tem links para uma mesma página com URLs em letras maiúsculas e minúsculas. O Google irá interpretar isso como páginas duplicadas.

Minha URL parece spam?

Se você tem duvidas que sua URL tem cara de spam use a ferramenta de detecção de spam do SEOmoz. Esta ferramenta se baseia em : palavras comuns em spams, quantidade de hífens, profundidade do subdomínio, comprimento do domínio, número de dígitos.

Lembre-se de nunca utilizar ULRs terminadas em .exe, elas não serão indexadas.

Leia sobre keywords nas urls e em nomes de domínios e aprenda a otimizá-las mais ainda.

Assine nosso feed e abraços.

Mais em: Search Engine Journal