Todos sabemos que as técnicas de SEO são implementadas para melhorar seu posicionamento nas ferramentas de busca, mas nem todo mundo sabe como e onde elas podem ser aplicadas. E é aí que surgem dúvidas como essa. Mas será que palavras-chaves no domínio do site importam? No vídeo abaixo, nosso CEO, Fábio Ricotta, responde mais essa pergunta.

No início do SEO, quando as ferramentas de busca utilizavam o nome do domínio para classificar um site, ter a palavra-chave exata nesse campo era um importante diferencial, já que a análise concluía que se você possuísse a keyword já no seu domínio é porque, provavelmente, tivesse informações importantes e necessárias para quem realizava a busca.

Foi nesse momento que, na tentativa de ter um bom posicionamento, muitas empresas e pessoas passaram a usar as palavras chaves com símbolos, como o traço (-), para conseguirem aparecer entre os primeiros resultados. E parece que tudo fugiu um pouco do controle.

Além disso, as ocorrências parciais de palavras-chaves também poderiam dar benefícios para esses domínios. Por exemplo, se seu domínio fosse “Tudo sobre futebol”, era possível que os buscadores te beneficiassem quando alguém pesquisasse sobre “bolas de futebol”.

Como Funciona o Posicionamento no Google?

O que muita gente não sabia é que o Google usa a informação do texto âncora para classificar aquelas páginas. Por isso, não era apenas a palavra-chave que ajudava, mas sim a junção de alguns fatores que fazia com que o Google interpretasse sua relevância para determinada keyword.

A Atualização do Google

Em 2012, o Google realizou uma atualização, buscando diminuir o poder que o domínio exato possuía em seu buscador. Isso fez com que a importância do nome do domínio fosse menor, o que permitiu que as palavras-chaves não fossem necessariamente incluídas no nome do seu site. Foi nesse momento que as ferramentas sofreram um ajuste e os chamados domínios exatos não tiveram a mesma força que os primeiros que haviam sido criados.

Por esse motivo, a recomendação atual é que não se pense em keyword na hora de comprar ou criar um domínio. O ideal é que você tenha em mente que esse nome precisa ser facilmente lembrado pelo público. Sim, pense apenas no nome do negócio. Afinal, esse é o caminho da longevidade. Isso porque pode ser que daqui a 5 ou 10 anos o Google deixe de usar completamente o domínio exato ou os links para realizar o posicionamento na busca e isso pode prejudicar sua marca.

O Que Deve Ter no Domínio?

O nome de seu negócio deve fazer referência sim ao que você vende, mas também ter uma forte ligação com a história ou com sua marca, como é o caso da Starbucks, Facebook, Dropbox, entre outros.

Mesmo alguns profissionais ainda defendendo o uso das palavras-chaves no nome do seu domínio, com a nossa experiência, não recomendamos essa ação para nenhum planejamento de Marketing Digital. Por isso, pense na longevidade e reflita primeiro na sua marca e depois no SEO.