Facebook e sua linguagem própria

Olá, amigos da Agência Mestre!

A customização de uma página do Facebook passa por diversos pontos. Desde descrições, imagens, eventos, é preciso alimentar o novo fã com um conteúdo de qualidade. Um dos pontos atraentes nas Fan Pages é a possibilidade do uso de uma linguagem própria da rede social, capaz de substituir o tradicional HTML. Com ela, abre-se a oportunidade de criar uma landing page dentro de sua página.

Chamada de FBML, ou Facebook Markup Language, a linguagem tem como principal característica a adição de uma aba na sua página de marca. Dentro das configurações, é possível inserir uma codificação. Tal código pode vir de um design de landing page, uma simples imagem de boas vindas, um formulário de envio de contato… Enfim, tudo que já usamos atualmente nas páginas fora da rede social.

Trabalhar com FBML não é complicado. Para começar, é preciso ser administrador de uma página. Para adicionar o aplicativo a ela, visite o site oficial do FBML dentro do Facebook e clique no link no menu “Adicionar à minha página”.

A partir daí, volte às configurações de sua fan page (através do link “editar”). Ali, você verá as configurações básicas e os aplicativos instalados. Encontre a aba da FBML e clique em editar.

Clique para inserir o FBML na fan page

Você será direcionado à uma página simples, de apenas dois campos: “título da caixa” e “FBML”. O primeiro é responsável pela nomenclatura da aba na página principal. Já o segundo, é o local para inserção do código propriamente dito.

Para jogar a aba da FBML na home de sua fan page, basta ir no segundo link da imagem acima – “configurações de aplicativos”.

Como qualquer outra linguagem de programação, a FBML possui seus termos e códigos próprios. Para utilizá-los e trabalhar corretamente com eles, recomendo acessar a página oficial de desenvolvedores do aplicativo no Facebook, ou entrar no grupo Learn FBML, que oferece um tutorial completo sobre as tags e como trabalhar com elas.

Colocando em Prática

As aplicações com o aplicativo de FBML podem ser simples ou complexas. Independente de qual for o objetivo, primeiro é preciso definir a linguagem do trabalho. Como já dissemos, é possível inserir a codificação HTML já conhecida, como também utilizar as tags próprias da Facebook Markup Language.

Para ilustrar a primeira opção, pegamos uma imagem simples, fazendo a linkagem para a home da Agência Mestre. Como se fosse uma tela de boas vindas, a imagem serviria como um atrativo para nossa página, mostrando a descrição de nosso trabalho. Na tela de edição, inserimos o conhecido código:


Agência Mestre Home

Colocando o “Título da Caixa” como Bem vindo!, o resultado foi o seguinte:

Home do Facebook com a imagem

Utilizando a FBML, veja o seguinte exemplo. Escolhemos a tag fb:swf, responsável por inserir arquivos em flash dentro de sua Fan Page. Imagine que você desenvolva, ou já tenha em parceria, um jogo para compartilhar com seus fãs.

A tag padrão para inserir o flash, através do FBML é a seguinte:

  • bgcolor = a cor de fundo
  • swfsrc = o endereço do arquivo flash
  • imgsrc = uma imagem estática que servirá para acesso a animação

Adaptando para o nosso exemplo, preenchendo os parâmetros swfsrc e imgsrc, eis o resultado:

Flash através do FBML

São dois exemplos simples, mas que servem como pontapé inicial para você trabalhar tanto com HTML como FBML dentro do Facebook. Incremente, aplique seu conhecimento destas linguagens. O resultado pode ser bastante positivo, como estas grandes empresas:

Grandes marcas usam FBML no Facebook

Nas próximas semanas, traremos mais dicas de como trabalhar com essa linguagem e outros meios interessantes de incrementar sua página. Até lá!