Facebook ganha espaço na Internet

Olá leitores da Agência Mestre!

Dentre as diversas redes sociais que a Internet disponibiliza, o Facebook é uma das que mais chama a atenção em termos de uso. Fundado em 2004, por Mark Zuckerberg, a rede tem semelhanças com as tradicionais que já conhecemos.

Tudo começou dentro da Universidade de Harvard, onde Mark estudava. O Facebook era limitado aos estudantes e, em pouco tempo, foi expandido a outras instituições de ensino dos Estados Unidos.

Em 2005, a coisa ficou séria. Mark e os co-fundadores Dustin Moskovitz, Chris Hughes e Eduardo Saverin levantaram US$ 12.7 milhões de uma empresa como apoio para erguer a empresa. Popular no país, Zuckerberg decidiu interagir com as universidades do mundo todo. Através do endereço de e-mail (.edu, .ac e outros), os acessos eram liberados.

Os usuários ganharam divisão por grupos. Tal medida pode ser considerada como o primeiro upgrade da rede social.

A partir de 2006, o Facebook abriu suas portas para o mundo, deixando de focar apenas no público acadêmico. Internautas acima de 13 anos de idade poderiam fazer seu cadastro e montar seu perfil na rede.

As atualizações eram freqüentes: versão Mobile, opções de Mural, Share, Ads, traduções oficiais em diversas línguas, o botão Like, integração com empresas e investimentos constantes são alguns dos exemplos de avanços.

Atualmente, o Facebook é um site bastante completo. Oferece integração com blogs e sites que, sem a necessidade de acessar a página, transmitem o conteúdo desejado pelo usuário, seja via aplicativo ou uma recomendação de conteúdo lido na Internet. Essa é uma das grandes vantagens que fizeram o Facebook avançar no mercado.

Os aplicativos desenvolvidos para a rede social também se destacam. Jogos, interatividade e complementos úteis são oferecidos para quem está online.

O Facebook tem a estatística atual de mais de 500 milhões de usuários ativos, metade deste número comparece diariamente ao site para efetuar atualizações em seus perfis. Os objetos de interação (páginas, grupos, eventos e outros) já somam 900 milhões.

Facebook no Brasil

De acordo com o site Facebakers.com, especialista na rede social, o Brasil tem hoje 7.346.980 usuários. A divisão por sexo é equilibrada, pendendo para o público feminino. São 54% mulheres para 46% homens.

Cerca de 9,7% da população online (com acesso diário à Internet) está em contato com o Facebook no país.

O público jovem/adulto é predominante. 30% dos usuários têm entre 18-24 anos, de 25-34 representam 33%. A faixa de 13 a 17 anos tem 10%. De 35 a 44 – 15% e os mais velhos somando 45 até 65 ou mais têm 13%.

Como posso usar o Facebook?

Claro que empresas não entrarão no Facebook para fazerem amizades. Mas assim como qualquer preceito de rede social, a interação com consumidores e futuros clientes é essencial e pode ser atingida na página.

O Facebook traz duas maneiras de trabalho: grupos e páginas próprias. Através delas, é possível criar uma relação mais próxima com os fãs, compartilhando conteúdo, divulgando eventos, fotos, vídeos e mais.

Assim como vemos no Google, com seus links patrocinados, o Facebook oferece uma oportunidade de anunciar. Os Ads possuem configuração parecida com a do Adwords, mas têm atrativos a mais. São mais customizáveis em termos de segmentação.

Atualmente, o Brasil é o 15º país em valores de investimento nos Ads da rede social. O Custo Por Clique vale, em média, US$ 0,38.

Nesta nova categoria de artigos da Agência Mestre, aprofundaremos todas as áreas do Facebook já citadas nessa introdução. A intenção é levar até vocês, leitores do site, mais informações para que o Facebook seja uma nova alternativa para divulgar sua marca, trabalhar seus produtos e potencializar novas oportunidades.

Se você já possui conta, entre na página da Agência Mestre no Facebook e torne-se um fã de nosso conteúdo!