Olá, leitores da Mestre, tudo bem? Aproveitando a sequência de dias de descanso que tivemos nas últimas semanas, o Fábio resolveu gravar um vídeo para falar sobre como os feriados impactam nas lojas virtuais. Ficou curioso? Dê o play e confira!

Uma dúvida muito frequente de quem trabalha com marketing digital é saber se os feriados ajudam ou atrapalham as lojas virtuais. É sobre isso que vamos falar no artigo de hoje.

Feriados positivos e negativos

Os feriados que caem no meio da semana afetam de uma forma muito mais pesada as vendas do que os que acontecem aos finais de semana. Isso porque é natural que o número de acessos durante essas datas sejam menores, mesmo quando são datas positivos para o mercado. Ainda assim, podemos dizer que existem feriados que ajudam e feriados que atrapalham o comércio eletrônico.

O Dia do Trabalho, por exemplo, é um feriado que, caindo em uma segunda-feira, como acontece este ano, acaba atrapalhando, pois ele não condiciona uma escassez, uma urgência, uma necessidade de compra no seu cliente. É o oposto do que acontece com feriados como o Natal e Dia dos Namorados, que mesmo quando acontecem durante a semana, são datas comemorativas com apelo comercial. É claro que isso não é uma regra e vai depender muito do seu segmento e quais feriados se relacionam com o seu mercado.

Prepare-se para os feriados

Não importa se um feriado é positivo ou negativo para o seu negócio. A única maneira de não sentir tanto o impacto ou até mesmo potencializar o seu retorno nessas datas, é ter um planejamento prévio. Por isso, é de extrema importância já começar um ano com o calendário de ações, marcando as datas especiais e já desenhando o que vai fazer de ação em cada uma delas.

Para os feriados positivos para o seu segmento, faça uma estratégia que não se limite a ações que aconteçam no dia, mas que criem uma necessidade de compra com antecedência. Pense em estratégias de desconto, de copy, em como vai distribuir sua verba para ações de “alerta” ao consumidor. É normal as empresas destinarem uma parte da sua verba de mídia para investirem em campanhas de percepção sobre o feriado para os potenciais clientes. Só depois é que acontecem as ações de compra, focando na antecipação do presente, oferecendo descontos especiais para que o consumidor comece a gastar até 30 ou 20 dias antes da data.

Com a aproximação do dia, você pode começar a investir em estratégias de proximidades, aumentando a verba, durante a semana, nas campanhas de mídia. Só não se esqueça de pensar na capacidade do seu servidor e de atendimento. Não adianta trazer um número de clientes para o Black Friday no seu site, por exemplo, se o seu servidor ou seu atendimento não conseguem atender essa demanda. Isso sem falar em questões de estoque, logística e tudo que precisa ser previsto para um “boom” de vendas saudável.

Feriados Neutros

No caso de feriados neutros ou até negativos, que podem funcionar para outras empresas mas que não estão relacionados ao seu negócio, a recomendação é que você pause ou diminua seus esforços em mídia. Isso porque vai ter muito e-commerce investindo pesado nessas datas, o que pode inflacionar o mercado e fazer com que você perca dinheiro nesse momento.

 

Gostou do artigo? Então, aproveite para consumir mais conteúdo sobre estratégias de e-commerce e leia o post sobre “O poder do Carrinho Abandonado“.