Todo profissional que trabalha o e-mail como um canal de comunicação sabe que, mais do que número de leads, o que importa são as taxas de abertura e de cliques. É justamente sobre isso, a chamada entregabilidade de e-mail, que o CEO da Agência Mestre, Fábio Ricotta, fala no vídeo abaixo. Quer garantir resultados melhores? Então confira!

Como Fazer o E-mail Chegar na Caixa de Entrada?

Desde quando começamos a trabalhar com o Inbound Marketing aqui na Agência Mestre, nosso CEO entendeu como é importante descobrir como chegar cada vez mais na inbox das pessoas, ou seja, na caixa de entrada. Isso porque, querendo ou não, são poucas as pessoas que checam a caixa de spam ou promocional com frequência. Então, caso seus e-mails caiam nessas abas, ele pode acabar não sendo visto pela sua audiência.

Existem alguns passos essenciais quando se fala em entregabilidade de e-mail. Para ter melhores taxas de abertura e de cliques, sempre se faça os seguintes questionamentos:

Estou Enviando o e-mail Para o Endereço Correto?

Será que a pessoa informou o e-mail correto? Essa é uma das perguntas mais importantes que você pode se fazer, pois só assim começará a saber se eu está conseguindo entregar a mensagem que deseja. Para ter maior controle sobre a resposta para essa questão, preste atenção em como você ativa o e-mail do seu lead. Aqui na Mestre, quando a pessoa baixa um e-book, ela vai parar em uma página de agradecimento onde avisamos que o material está no e-mail que ela forneceu. Por que fazer isso? Simples, para ter uma espécie de dupla verificação.

Se você não é familiarizado com esse conceito, dupla verificação é quando uma pessoa se inscreve em uma lista de e-mail e precisa confirmar a inscrição. Ou seja, ela precisa entrar no e-mail e clicar em um link para dar o “double opt-in”. O lead que faz isso pode ser considerado mais engajado do que aquele que faz apenas o “single opt-in”.

Será Que a Pessoa Está Abrindo o E-mail?

Se você manda um e-mail para 500 pessoas e nenhuma clica nele, de que importa o primeiro número? É a quantidade de pessoas que abrem a sua mensagem, ou seja, que consomem o seu conteúdo de fato. Isso é o que importa para saber se você tem ou não uma lista de e-mail eficiente.

Você Usa um Bom Software de E-mail?

Pensando nessas duas questões, o Fábio ressalta a importância de ter um bom software para gerenciar as suas campanhas de e-mail. Aqui na Agência Mestre, usamos o RD Station. Nosso CEO recomenda que você procure por softwares de alta confiança, como o próprio RD ou ainda o Mailchimp, Hubspot, Lead Lovers ou Active Campaign.

Você Avalia os Aspectos Técnicos e Visuais dos Seus E-mails?

Outro ponto muito importante para alcançar resultados melhores é configurar a plataforma para garantir uma entregabilidade de e-mail boa. Pode ser importante fazer um trabalho de white label para que o software possa enviar e-mails como você e de DKIM e SPF, pontos mais técnicos que faz as empresas de e-mail aceitarem bem o que você envia. Esses são alguns triggers de confiança relevantes.

Uma ferramenta que o nosso CEO usa para verificar se o seu e-mail que quer enviar está respeitando todas essas regras é o Mail-Tester. Essa ferramenta gratuita avalia o que está certo e o que está errado no seu e-mail, avaliando tanto aspectos técnicos quantos visuais, e avisa se há muito código, texto ou até mesmo imagens. O Mail-Tester dá uma nota de 0 a 10 para o e-mail e quanto maior a nota, maior a chance do e-mail cair na inbox.

Para quem trabalha com Inbound Marketing ou ainda depende que seus e-mails sejam abertos, não fazer essas otimizações não é uma opção. Lembre-se que não é sobre volume de leads, mas sobre quantos estão abrindo e clicando nos e-mails!

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários. Comente também se tiver algum tema que gostaria de ver em vídeos do Fábio!