Seja bem-vindo a mais um episódio da Mestre TV! Desta vez nosso CEO, Fábio Ricotta, vai explicar como você pode fazer a avaliação de qualidade de lead de acordo com o canal que ele vem. Confira!

1º passo: divida o lead por origem

Para conseguir fazer a avaliação de forma eficiente, a primeira ação que você deve tomar é encontrar uma forma de dividir o lead por canal. Na ferramenta de BI da RD, por exemplo, é possível ter uma visão mais clara disso, já que os leads são organizados por fonte orgânica e paga.

Mas a grande sacada, que você pode usar em praticamente todas as ferramentas, é deixar uma landing page central, para receber o tráfego orgânico, e criar variações dela com identificações diferentes e com a canonical tag apontada para a origem, de modo que essas páginas não sejam indexadas pelo Google.

Assim, terá a distinção por landing pages e poderá divulgar cada uma delas em um canal diferente, o que possibilita a identificação da origem do lead.

2º passo: faça a avaliação de qualidade de lead e de quantidade

Com a identificação devidamente feita, para fazer a avaliação de qualidade de lead você deve olhar as informações que são obtidas, ou seja, buscar entender a pontuação de Lead Scoring através do perfil.

Pode acontecer, por exemplo, do Facebook te dar pessoas menos qualificadas em termos de dados, isto é: leads que não estão totalmente alinhados à sua persona ideal. Já no AdWords e LinkedIn, isso pode acontecer de forma mais certeira. Então, é com base nesses fatores que você deve avaliar qual desses canais merece mais investimento.

Além disso, considere também a taxa de conversão em vendas de cada uma dessas fontes. Notará que, apesar de pagar mais pelo LinkedIn, possivelmente o índice dele é maior do que o do Facebook e do AdWords.

3º passo: confira a interação do lead após a conversão

Depois de fazer a promoção da landing page no Facebook, no AdWords e no LinkedIn, também comece a reparar como o lead que já converteu se comporta perante aos seus e-mails.

Na RD Station, Leadlovers e HubSpot você consegue dar uma pontuação por interação do usuário, algo que pode aumentar ou diminuir de acordo com a abertura de e-mails ou conforme o número de cliques dados. Com isso, pode observar as taxas de cada canal e retirar muitos insights vantajosos para o seu negócio.

Essa é a melhor forma da fazer a avaliação de qualidade de lead. Agora, que tal descobrir como o Inbound Marketing pode gerar vendas? Nesse vídeo, o Fábio explica detalhadamente as etapas do funil e você pode conectar essas informações com tudo o que já foi dito aqui. Veja!