No mundo de hoje, cada vez mais globalizado e com a larga utilização da internet para diversos fins, ficou fácil produzir e divulgar conteúdos. Mas será que as produções são qualificadas? Para saber mais sobre o tema, acompanhe as explicações do CEO da Agência Meste, Fábio Ricotta, neste vídeo do Mestre TV!

Todo conteúdo tem como principal utilidade resolver um problema do usuário, ou seja, devem ser fornecidas informações valiosas para que dúvidas sejam resolvidas e soluções sejam encontradas. Publicar o conteúdo com o intuito de fornecer boas referências, não deve ser visto como um processo automático, nem para ranquear uma palavra-chave no Google ou meramente para manter um blog.

Segundo Fábio, ter esse pensamento não auxilia no alcance de resultados com a produção de conteúdo. Ao analisar dessa forma, você não está pensando na necessidade e na experiência do usuário. Para alinhar às publicações com o que o público espera e procura, preste atenção em alguns fatores que podem te ajudar na sua estratégia de conteúdo.

Como estruturar uma estratégia de conteúdo eficiente

Para o desenvolvimento de uma estratégia eficaz, é importante criar um plano de conteúdo. Por meio do planejamento, devem ser definidos quais serão os temas tratados ao longo de determinado período de tempo. Além dos tópicos que serão abordados, é interessante também levantar qual será o problema que será resolvido por meio do conteúdo publicado.

Ou seja, qual dor da sua persona poderá ser solucionada? Faça esse alinhamento para conseguir produzir conteúdos relacionados com a necessidade da persona. Fábio Ricotta aborda ainda outros fatores primordiais, como:

Mensuração de resultados

No entanto, analisar a geração de leads e o aumento da base de cadastros são dados que devem ser analisados para que seja possível mensurar e estabelecer uma correlação com a qualidade que os conteúdos estão sendo apresentados.

Volume X Qualidade

Outra dúvida recorrente é a interação entre o volume e qualidade das publicações. Afinal, é melhor publicar conteúdos constantemente para atingir um bom volume ou é mais adequado estender o processo? Segundo Fábio Ricotta, existem momentos adequados para cada tipo de estratégia. Resumidamente, há situações que é mais importante concentrar em qualidade e circunstâncias que é necessário alargar a produção de conteúdo.

A dica do CEO da Agência Mestre é apostar na pulverização durante o primeiro ano. Nesse período, a estratégia de conteúdo envolve fazer postagens de duas ou mais publicações semanalmente. O importante aqui é resolver um problema e entregar uma solução viável para o usuário. Após um ano, a ideia é diminuir o ritmo e começar a pensar em melhorar os artigos que já foram publicados, fazendo uma reotimização.

Fábio explica que vai chegar um momento que não vai valer a pena você publicar um artigo diariamente de qualquer forma, a melhor escolha vai ser trabalhar individualmente, melhorando a profundidade e qualidade da produção.

Características de um bom conteúdo

Mas afinal, quais são os aspectos responsáveis pela estruturação de um bom conteúdo? Uma boa produção, primeiramente, deve ter um tema relevante, deve ser selecionada uma palavra-chave com boa intenção de busca e apresentada uma solução de problema para dor da persona envolvida.

Dentro do texto, é importante abordar boas práticas de SEO e não esquecer de criar um call to action eficiente, para que seja criada uma ação e uma continuidade do leitor.

Gostou do vídeo? Aproveitando o tema, Fábio recomenda o episódio 36 – Produção de conteúdo: 4 dicas Sensacionais. Dê o play e confira!