Se você deseja agregar mais valor aos conteúdos da sua empresa, com produções que sejam relevantes para o público-alvo, precisa saber como criar uma newsletter de ótima qualidade.

Pensando nisso, desenvolvemos este guia que vai dar não apenas dicas, mas passos com instruções claras de como você pode criar uma newsletter rica e inovadora para sua empresa.

O que é newsletter?

Newsletter é um tipo de e-mail enviado para a sua base (lista de contatos), com o objetivo de informar e compartilhar conteúdo de forma recorrente. É um material preparado para entregar aos leitores informações de valor e com uma frequência definida. A newsletter pode abordar assuntos distintos, mas geralmente segue uma linha editorial de conteúdo que faça sentido ser periódica.

Dicas de Como Criar Uma Newsletter de Valor

Ou seja, não é um e-mail marketing comum, disparado para apresentar produtos ou com foco em algum tema específico, sem periodicidade certa. Isso porque o intuito de criar uma newsletter é fortalecer a relação com a audiência, compartilhando dados úteis para as pessoas. Essa ação é realizada com a finalidade de criar uma aproximação natural que abrirá portas para comunicações futuras mais estratégicas, bem como oferta de vendas para aumentar suas conversões por meio do e-mail.

Como criar uma newsletter?

Agora que você já conhece a definição, precisa entender na prática como criar uma newsletter. Para facilitar o processo, listamos alguns passos com instruções do que você pode fazer para desenvolver um conteúdo de valor e ganhar mais confiança da sua audiência. Acompanhe!

1. Conheça o público que vai receber o conteúdo

Em primeiro lugar, você precisa conhecer as pessoas que vão ler o conteúdo. Pense em como fica mais difícil escrever algo se você não sabe quem vai ler. Sem essas informações, você não consegue nem mesmo escolher os assuntos que precisa abordar. Afinal, se criar um escopo da newsletter sem base no público-alvo, você corre o sério risco de focar nos interesses próprios da empresa e não gerar identificação com a audiência.

Por isso, seu primeiro ponto de atenção será analisar as suas bases de leads (contatos das pessoas que você já possui) que receberão os e-mails periodicamente. Entenda quem são essas pessoas, o que elas fazem, o que elas gostam e porque acompanham sua marca. Assim, terá uma ideia de como poderá contribuir com elas, como entregará algo útil.

2. Entenda as dores do público e crie um conteúdo solucionador

Entendendo a importância de conhecer seu público, chegou a hora de analisá-lo com base em dados. Utilize todas as informações que você tem para traçar um perfil e compreender quais são “as dores” dessas pessoas.

Vamos dar um exemplo: suponha que você tem uma empresa do ramo de educação e viu que a maior parte das pessoas são tomadores de decisão de empresas que desejam desenvolver os profissionais do time.

Seu papel será criar conteúdos que vão dar dicas de melhoria contínua, informar sobre dados do mercado de educação e de como profissionais podem impulsionar organizações se estiverem bem preparados para os desafios do mercado, entre outros temas que:

  • demonstrem sua autoridade;
  • sejam úteis de fato para os leitores;
  • e os ajudem a solucionar questões que lidam diariamente.

3. Desenvolva um conteúdo de valor e não apenas tópicos rasos

Há quem pense que criar uma newsletter é fácil porque “é só criar tópicos e linkar para outros conteúdos que já estão feitos”. Bom, essa é uma possibilidade e, dependendo da forma que você fizer, pode ficar bom. Mas, se a criação se restringir a um conteúdo raso, que só cumpre o papel de oferecer links para os leitores, não será muito atrativo.

Uma das melhores dicas de como criar uma newsletter de valor é criar algo original, pensado especialmente para aquele disparo. A ideia é desenvolver um conteúdo rico para que a audiência se habitue a ter na caixa de entrada este e-mail da sua empresa, que ela realmente espere por isso para se informar.

4. Embase seus argumentos com dados relevantes

Durante a criação, você pode seguir por três caminhos:

  1. criar os tópicos que deseja abordar primeiro e depois pesquisar dados para embasar os assuntos;
  2. pesquisar novidades, dados recentes que sejam relevantes e, então, criar conteúdos com base nas pautas que forem mais interessantes no momento;
  3. misturar sua estratégia, ou seja, ter alguns assuntos que deseja tratar estrategicamente e pesquisar dados para fortalecer as informações, mas também criar novos tópicos com base nas novidades que você encontrou durante sua pesquisa.

Independentemente da forma que escolher, é essencial que você invista tempo em pesquisa e não só faça links com artigos do seu blog ou vídeos do seu canal. O público precisa receber dados ricos e vai entender que sua empresa preza pela excelência e desenvolve ótimos materiais para a audiência.

Esse tipo de impressão pode não gerar uma venda diretamente, mas vai agregar valor e nutrir o público-alvo com soluções que ele precisa, fortalecendo o vínculo e a confiança entre vocês para no futuro, quem sabe, fechar negócio.

5. Estabeleça a periodicidade e seja constante

Citamos no início a importância de garantir uma frequência, pois este não é um e-mail comum. Este conteúdo precisa ter data e horário marcado para disparo, assim, as pessoas vão esperar por ele.

Decida a periodicidade que for melhor para você, já que precisará se organizar em relação à criação deste material rico. Aqui na Mestre, por exemplo, nós enviamos uma newsletter semanal, às sextas-feiras pela manhã.

6. Incentive o feedback e compartilhamento

Uma ótima forma de gerar mais interação é incentivar o feedback e o compartilhamento no conteúdo da sua newsletter.

É interessante escrever de forma clara que você espera uma resposta das pessoas ao e-mail. Muitas vezes o público acredita ser algo tão automatizado a ponto de a empresa não ver as respostas. Por isso, quando você diz que quer um feedback, que quer saber o que os leitores acharam, as pessoas sentem uma proximidade maior e se sentem à vontade para enviar respostas.

Como Criar Uma Newsletter de Valor

Trecho da Newsletter da Agência Mestre em que estimulamos o feedback e o compartilhamento

No fim do e-mail você também pode incentivar o leitor a pensar em alguém que poderia gostar dessas informações para encaminhar o e-mail, tornando a sua newsletter ainda mais conhecida de forma orgânica.

7. Defina o visual do e-mail de acordo com o tom da mensagem

Agora que você já aprendeu sobre a criação do conteúdo e sabe exatamente o que deve escrever, precisa pensar também no visual.

Como Criar Uma Newsletter de Valor

Topo da Newsletter da Agência Mestre

No primeiro tópico deste artigo, você entendeu mais sobre seu público, certo? Então, com base no perfil da sua audiência, defina o padrão visual que vai seguir. Isso porque como é um e-mail periódico, é interessante que ele tenha “uma cara” própria. Com o passar do tempo, as pessoas já sabem o que podem esperar e vão criar familiaridade.

Defina se o tom vai ser mais formal ou descontraído e, a partir disso, escolha também as imagens que vão ilustrar o conteúdo. Uma boa dica é que você pode utilizar GIFs para tornar a newsletter mais dinâmica, já que ela pode ficar extensa.

Como Criar Uma Newsletter de Valor

Trecho da newsletter da Agência Mestre em que a imagem superior é um GIF

Não pense que os GIFs são apenas lúdicos. É possível inserir opções mais formais, caso seja o tom definido por sua empresa.

8. Agende o disparo para um horário estratégico

Depois de tudo concluído, agende o disparo para um horário estratégico. Analise se a sua concorrência também faz envios como este para que você não dispute o mesmo horário.

Também tenha o cuidado de estar online na hora do envio para que, ao começar a receber as respostas, você possa dar atenção e respondê-las, isso é essencial para aumentar ainda mais o engajamento com o tempo!

9. Utilize as respostas e feedbacks como termômetro

Esses feedbacks podem ser um ótimo termômetro para você entender se a criação está sendo efetiva e no que precisa ser melhorada.

As respostas do público podem gerar novas ideias sobre assuntos que podem ser abordados nos próximos e-mails. Fique atento e use a criatividade!

10. Divulgue os melhores feedbacks para atrair novos inscritos

Mais uma dica importante é que essas respostas podem se tornar outros tipos de conteúdo. Por exemplo, você pode criar um post no Instagram com os depoimentos para tornar a sua newsletter ainda mais conhecida.

Fizemos isso na Mestre e funcionou bastante!

Qual ferramenta usar para enviar newsletter?

Uma das dúvidas mais comuns é sobre a ferramenta para disparar e-mail marketing e newsletters.

Existem muitas opções no mercado para fazer disparos simples, mas se a sua empresa deseja algo mais completo para que, além destes conteúdos, também possa criar automações e desenvolver fluxos estratégicos, pense em contratar um pacote do RD Station e tenha à sua disposição uma ferramenta completa, bem como uma ótima assistência.

Você já faz parte da Lista VIP da Agência Mestre?

Gostou de saber mais sobre como criar uma newsletter? Aproveite e inscreva-se na nossa lista VIP para receber semanalmente nossa produção com:

  • novidades sobre marketing digital;
  • dados do mercado para você ficar de olho;
  • alerta de tendência;
  • e um conteúdo rico sempre de surpresa para você!

Inscreva-se e depois responda um dos nossos e-mails comentando o que achou!