No primeiro artigo desta série de SEO para blogs abordei mais as questões básicas e relativas a análise e escolha das keywords do seu blog, neste post falarei um pouco de como estas informações podem ser usadas.

Blogger e WordPress

Usando Corretamente as Suas Keywords

Agora que as keywords principais de trabalho foram definidas é a hora de usa-las no contexto do seu conteúdo. O ideal é de que a densidade de cada keyword em separado jamais passe de 5% do total das palavras do texto de cada página, isso é interessante para evitar que os crawlers identifiquem qualquer tipo de spam e também para garantir que o seu texto tenha um bom nexo e não soe estranho para quem o lê.

Mais locais para aproveitar as suas keywords

Além de obviamente utilizar as keywords no conteúdo de texto do seu blog existem outros lugares onde elas podem e devem ser aproveitadas:

  • Nome do domínio: um dos principais elementos levados em conta pelas search engines na indexação de um site com certeza é o nome do domínio, tenha sempre isso em mente ao registrar um nome para o seu blog.
  • Title Tags: Cada página ou post do seu blog deve ter uma title tag única. Title tag é o texto que vai aparecer na barra de titulo do browser e é bem importante também no contexto da indexação. Nunca se esqueça de usar pelo menos uma keyword em suas title tags.
  • Titulos dos posts: Softwares e sistemas tais como o WordPress geralmente formatam o título do seu post em uma heading tag H1, o que facilita bastante o trabalho do crawler em identificar o assunto principal daquela página. No entanto de nada adianta isso se o titulo do post estiver mau escrito e ou não tiver ocorrências das keywords.
  • Meta Descriptions: Assim como o titulo dos post cada página de cada post do seu blog deve ter uma meta description única. Meta descriptions são importantes por dois motivos: primeiro porque são mais uma fonte para o crawler identifcar o contexto principal daquela página e depois porque são as meta descriptions que vão aparecer na pagina do buscador logo abaixo do link clicável. Logo tenha isso sempre em mente e crie meta descriptions interessantes, chamativas e que tenham algumas ocorrencias de keyword.